Menina é estuprada por parente e transmite suicídio, ao vivo, no Facebook

sexta-feira, 13 de janeiro de 20170 comentários

Jovem transmite suicídio no Facebook - Imagem/Internet

Crimes de abuso sexual, infelizmente, são muito comuns. A maior parte deles acontece por um conhecido da vítima, seja parente ou amigo. Foi isso o que aconteceu com Katelyn Nicoles Davis, uma menina de apenas doze anos e que morava em uma pequena cidade da Geórgia, nos Estados Unidos. Ela decidiu transmitir, ao vivo, através do Facebook, um vídeo em que conta que foi abusada sexualmente por um familiar. Na transmissão, que durou cerca de vinte minutos, a menina comete o suicídio. Ela utiliza uma corda para a ação. Antes de se matar, a garota dá detalhes sobre como o estupro foi realizado. O vídeo termina com a menina agonizando.

"Perdão por não ser tão bonita, perdão por entrar e sair tão rapidamente da vida de vocês", diz a menina vítima de um #Crime bárbaro. Ela chega a se desculpar até mesmo por supostamente ser parecida com uma prostituta. O vídeo com o suicídio acabou sendo divulgado em forma de viral no Facebook. No entanto, as autoridades americanas pedem que a plataforma retire as imagens do ar. De acordo com informações do canal de TV 'Fox', o medo é que o conteúdo possa de alguma maneira incentivar outros jovens a fazerem o mesmo.

O vídeo que chocou muitas pessoas ainda tem um voz de mulher gritando ao fundo. Mais tarde, descobriu-se que era mãe da criança. Após ver a menina enforcada, ela ainda conseguiu levá-la para uma emergência hospital, mas ao chegar ao local, a garota foi constatada como morta. A polícia local diz que, além do Facebook, já solicitou a diversos sites de notícia que publiquem a notícia sem o vídeo aterrorizante. Kenny Dodd, que é o chefe da polícia na região, lembra que a lei do estado da Geórgia não obriga que os sites retirem o vídeo, mas apela para o bom senso dos editores.

A morte da menina, apesar de apenas agora ser divulgada no Brasil, aconteceu no dia 30 de dezembro. A menina tinha um blog pessoal, no qual já havia falado que sofria de depressão e que pensou em cometer o suicídio.

Previna-se contra o suicídio! No Brasil, o Centro de Valorização da Vida (CVV) ajuda quem tem pensamentos contra a própria vida, ou familiares e amigos destas pessoas. O telefone para entrar em contato é o 141. A ligação é gratuita.
Compartilhe esta notícia :

Postar um comentário

ÚLTIMAS VISITAS

WHATSAPP CZAGORA

WHATSAPP CZAGORA

Seguidores

TV DIÁRIO DO SERTÃO

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Cz Agora - Todos os Direitos Reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger