segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Temer promete entregar eixo norte da transposição do 'Velho Chico' em 2017

Anúncio foi feito durante inauguração da estação de bombeamento em PE.
Presidente ainda assinou ordem de serviço para o projeto Ramal do Agreste.

Presidente Michel Temer fez o anúncio na manhã desta segunda-feira (30), em Floresta, no Sertão de Pernambuco (Foto: Reprodução/Twitter/Michel Temer)

O presidente da República, Michel Temer (PMDB), e o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, inauguraram nesta segunda-feira (30) a terceira estação de bombeamento (EBV-3) que faz parte do Eixo Leste do projeto de Integração do Rio São Francisco em Floresta, no Sertão de Pernambuco. "Ainda este ano, nós vamos inaugurar o Eixo Norte. Fora, tantas outras obras complementares que visam a trazer água para região do Nordeste", ressaltou o presidente.

A nova estação vai impulsionar as águas do "Velho Chico" por mais 60,9 quilômetros para os estados de Pernambuco e Paraíba, conforme informou o ministério da Integração Nacional. Além disso, Temer e Barbalho assinaram duas ordens de serviço no valor de R$ 40,4 milhões para o início do Ramal do Agreste - obra que receberá as águas do São Francisco e será utilizada para aumentar o abastecimento de 72 cidades pernambucanas.

Com investimentos da União de R$ 87 milhões, a EBV-3 receberá a água vinda do reservatório de Mandantes e elevará a uma altura de 63,5 metros. Depois, as águas do ‘Velho Chico’ seguirão pelos canais até chegar à quarta estação elevatória (EBV-4), em Custódia, no Sertão pernambucano.

No percurso das estações de bombeamento, a água passará por três reservatórios de Pernambuco - Salgueiro, Muquém e Cacimba Nova - e um aqueduto (Jacaré), completando 97 quilômetros dos 217 que formam o Eixo Leste. O equipamento acionado tem capacidade de bombear até 14 m³ por segundo.

Com esta obra, já será possível ofertar água para o município de Floresta. De acordo com a Integração Nacional, na prática, cerca de 30 mil pessoas da cidade serão beneficiadas. Ainda no primeiro trimestre, as águas do rio deverão chegar à população de Monteiro e Campina Grande, na Paraíba.

Ramal do Agreste
O início das obras deste projeto está previsto para o segundo semestre deste ano. O Ramal vai garantir água para consumo humano em toda a região Agreste de Pernambuco. Serão beneficiados mais de dois milhões de habitantes em 72 municípios do estado - após a interligação à Adutora do Agreste.

O empreendimento vai captar a água no reservatório Barro Branco, do Projeto São Francisco, localizado no km 182 do Eixo Leste, em Sertânia. De lá, as águas do "Velho Chico" atravessarão a serra Pau do Arco e chegarão ao açude de Ipojuca, em Arcoverde.
Temer aciona dispositivo remoto que dá início ao processo de bombeamento da EBV-3 (Foto: Reprodução/Twitter/Michel Temer)

Do G1 Caruaru

Nasa nega boato de que asteroide irá dizimar vida na Terra


Reprodução/NasaCorpo celeste de um quilômetro de diâmetro, o 2016 WF9

Boatos de que um cientista russo chamado Dyomin Damir Zakharovich teria afirmado que um corpo celeste de um quilômetro de diâmetro, o 2016 WF9, estaria em rota de colisão com o planeta e poderia dizimar a vida no planeta no dia 16 de fevereiro, levaram a Nasa a negar as especulação.

A agência especial dos Estados Unidos nega que exista motivo para temer o fim do mundo. “Estudamos a fundo a trajetória do WF9. O corpo celeste não representa ameaça no futuro próximo”, afirmou em nota, detalhando que ele irá passar a 51 milhões de quilômetros da Terra.

Em setembro, o asteroide 2016 RB1, do tamanho de um ônibus passou a 40 mil quilômetros da Terra, um décimo da distância até a Lua. Sites publicaram declarações alarmistas do suposto astrônomo, que segundo o The Sun aparentemente não existe.

OPERAÇÃO ANDAIME; Prisões de empreiteiros, mestre de obras e engenheiro marcam quarta fase da Operação Andaime


Ex-prefeitos foram conduzidos coercitivamente e tiveram bens e ativos financeiros sequestrados pela Justiça
Imagem: Ascom MPF/PB

Com o levantamento do sigilo, após o cumprimento de todas as medidas deferidas pela 8ª Vara da Justiça Federal em Sousa (PB), vem à tona os nomes dos acusados presos na quarta fase da Operação Andaime, deflagrada na última sexta-feira, 27 de janeiro.

Os empresários Mário Messias Filho (Marinho – ex-candidato a prefeito de Cajazeiras) e Afrânio Gondim Júnior, além do mestre de obras José Hélio Farias e do engenheiro fiscal da Prefeitura Municipal de Cajazeiras (PB), Márcio Braga de Oliveira, continuam presos preventivamente no presídio regional de Cajazeiras.

Até o fechamento desta matéria, Severino Pereira da Silva, engenheiro fiscal da Caixa Econômica Federal, permanecia foragido. Ele teve pedido de prisão temporária decretado pela Justiça Federal.

Ex-prefeitos – Foram conduzidos coercitivamente para prestar depoimentos na última sexta-feira na Polícia Federal (PF) em Patos e tiveram bens e ativos financeiros sequestrados pela Justiça, além mandados de buscas deferidos contra eles, os ex-prefeitos de Cajazeiras, Leonid Souza de Abreu (Léo Abreu) e Carlos Rafael Medeiros de Souza. O mesmo aconteceu com Luci Fernandes Dutra Pereira, esposa do foragido Severino Pereira da Silva. Já o ex-prefeito Carlos Antônio de Araújo Oliveira, que também teve mandados de condução coercitiva, buscas e sequestro de bens contra ele deferidos, se apresentou à PF em Patos nesta segunda-feira, 30 de janeiro. Carlos Antônio, inclusive, teve prisão temporária pedida pelo MPF, mas indeferida pela Justiça.

Servidores municipais e empresários “fantasmas” – O MPF pediu as prisões temporárias de funcionários do Município de Cajazeiras e de empresários “fantasmas”, indeferidas pela Justiça, mas convertidas em conduções coercitivas, cumpridas na Paraíba e no Ceará. São eles: Josefa Vanóbria Ferreira Nóbrega de Souza, Leandro Ferreira de Morais, Elmatan Peixto do Nascimento, Maria Nayana da Silva Bezerra, Eliane Matias da Silva, João Batista da Silva, Francisco de Assis Gonçalves Santana, Jeane Gonçalves Santana e Moacir Viana Sobreira.

Sequestro de bens – Além dos ex-prefeitos Léo Abreu, Carlos Rafael e Carlos Antônio, e Luci Fernandes, também tiveram bens e ativos financeiros sequestrados pela Justiça as seguintes pessoas: Mario Messias Filho, José Hélio Farias, Afrânio Gondim Júnior, Márcio Braga de Oliveira, Josefa Vanóbia Ferreira Nóbrega de Sousa, Leandro Ferreira de Morais, Elmatan Peixoto do Nascimento, Eliane Matias da Silva, João Batista da Silva, Francisco de Assis Gonçalves Santana, Jeane Gonçalves Santana, Moacir Viana Sobreira e Severino Pereira da Silva.

A organização criminosa - As dezenas de investigações instauradas a partir do material apreendido na Operação Andaime indicam que somente havia sido desmantelado o esquema ilícito em que o “Núcleo Cajazeiras” se valia das empresas Servcon e Tec Nova, de Francisco Justino do Nascimento, restando um amplo espectro de atividades ilícitas que se valiam de outras empresas fantasmas para operar o desvio de recursos públicos.

No caso da presente investigação sobre o esquema ilícito para obras de pavimentação, o “Núcleo Cajazeiras” teria se valido das empresas fictícias EPN Comércio e Construção LTDA, Limpe Mais Construções LTDA, Maxitrate Construções e Serviços LTDA, Construtora Fiel e Serviços LTDA e Concretex Comércio Construções e Serviços LTDA, além de usar da estrutura de fachada das empresas Gondim & Rego LTDA e AGF Construções e Serviços LTDA – ME, tudo conforme a ilustração a seguir:



De acordo com o MPF/PB, em ação cautelar penal, no gráfico se recortou os ilícitos relacionados a fraudes licitatórias, desvios de recursos públicos, corrupção ativa e passiva, uso de empresas fantasma e de fachada para ocultação da origem e do destino dos recursos, fraudes fiscais e falsificação de documentos públicos relacionados a pavimentação de ruas no Município de Cajazeiras entre os anos de 2008 a 2016 – em condutas delituosas que persistiram mesmo após deflagração da Operação Andaime, em junho de 2015.

As licitações - As investigações se concentram em licitações irregulares, cujos valores ultrapassam os R$ 15 milhões e, atualizados, R$ 27 milhões.

Confira os números: Contrato de Repasse n. 237.007-79 (SIAFI n. 607254), relacionado à Tomada de Preços n. 02/2008; Contrato de Repasse n. 245.156-50 (SIAFI n. 608163), relacionado à Tomada de Preços n. 03/2008; Contrato de Repasse n. 242.411-72 (SIAFI n. 609987), relacionado à Tomada de Preços n. 04/2008; Contrato de Repasse n. 245.458-09/2007 (SIAFI n. 608195), relacionado à Tomada de Preços n. 05/2008; Convênio n. 062/2008, firmado entre o Município de Cajazeiras e o Fundo de Desenvolvimento do Estado da Paraíba – FDE, relacionado à Concorrência n. 03/2008; Contrato de Repasse n. 265.186-33/2008 (SIAFI n. 637968), relacionado à Concorrência n. 04/2008; Contrato de Repasse n. 260.305-69/2008 (SIAFI n. 634850), relacionado à Tomada de Preços n. 02/2010; Convite n. 03/2013; Tomada de Preços n. 01/2014; Convite n. 17/2009; Convite n. 27/2009; Convite n. 38/2009; Concorrência nº 003/2012 e execução direta das obras do CR n. 0188926-42 (SIAFI n. 549877).

Ação Cautelar Penal - Medidas Pessoais - FASE 4
Ação Cautelar Penal - Medidas Pessoais - FASE 4 - Pedido Complementar

Outras matérias da Operação Andaime

Processo nº 0000797-70.2016.4.05.8202
Processo nº 0000798-55.2016.4.05.8202
Processo nº 0000799-40.2016.4.05.8202


Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República na Paraíba
Fone Fixo: (83)3044-6258
Celular: (83) 9.9132-6751
No twitter: @MPF_PB

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Polícia Federal deflagra IV fase da Operação Andaime


A Polícia Federal, o Ministério Público Federal e a Controladoria-Geral da União (CGU), em ação conjunta, deflagraram na manhã desta sexta-feira (27) a Operação Andaime IV com o objetivo de apurar irregularidades em licitações e desvio de recursos públicos destinados à execução de serviço de pavimentação.

Estão sendo cumpridos 22 (vinte e dois) mandados de busca e apreensão, 5 (cinco) mandados de prisão, 12 (doze) mandados de condução coercitiva e 6 (seis) mandados de sequestro de bens, todos expedidos pela 8ª Vara Federal da Seção Judiciária da Paraíba. Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Cajazeiras/PB, João Pessoa/PB, Bayeux/PB e no Estado do Ceará, em residências e escritórios de empresários, engenheiros e agentes públicos.

O inquérito apura a prática de crimes de fraude à licitação, desvio de recursos públicos, associação e organização criminosa, e lavagem de dinheiro. A operação foi denominada Andaime em razão das fraudes terem sido perpetradas no âmbito de empresas do ramo da construção civil, com a participação de diversos engenheiros e fiscais de obras das prefeituras. Participam da Operação Especial 101 (cento e um) Policiais Federais e 12 (doze) Auditores da Controladoria Geral da União.

/

PGR

O procurador-geral da República em exercício, José Bonifácio Borges de Andrada, designou os procuradores da República Djalma Gusmão Feitosa, Eliabe Soares da Silva, Felipe Torres Vasconcelos, Marcos Alexandre Wanderley Bezerra de Queiroga e Sérgio Rodrigo Pimentel de Castro Pinto para atuarem em conjunto com o também procurador na Paraíba Tiago Misael de Jesus Martins.

/

Histórico da operação

26/06/2015: deflagrada a Operação Andaime, com o mesmo objeto referenciado inicialmente, tendo por ponto focal o cumprimento de 18 mandados de busca e apreensão, 10 mandados de prisão, sendo 7 temporárias e 3 preventivas, 4 mandados de condução coercitiva e 15 mandados de sequestro de bens nos municípios de Cajazeiras, Bernardino Batista e Joca Claudino, na Paraíba.

16/12/2015: deflagrada a segunda fase da operação, que teve por objeto colher provas contra agentes executores vinculados à administração municipal identificados na primeira fase, bem como garantir a ordem pública, uma vez que envolvidos na investigação inicial teriam voltado a praticar condutas delituosas motivadoras daquela operação. Na oportunidade, foram deferidos 5 mandados de busca e apreensão, 2 mandados de condução coercitiva e 2 mandados de prisão preventiva.

18/02/2016: deflagrada a Operação Andaime fase III, decorrente de informações colhidas nas investigações anteriores e que teve por alvo a Prefeitura Municipal de Monte Horebe (PB). Na oportunidade, foram deferidos 23 mandados de busca e apreensão, 7 de prisão preventiva e 5 de condução coercitiva.

20/07/2016: Desdobramento com busca cível, etapa teve por objetivo a identificação de novos participantes do esquema investigado nas outras fases. Foram cumpridos 7 mandados de busca e apreensão nos municípios de Sousa, Joca Claudino, Uiraúna e Bernardino Batista, todos no Sertão da Paraíba.

Informações da Assessoria do PF/MPF/MPE/CGU

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Morre mãe do presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras

Faleceu hoje na UTI do Hospital Regional de Cajazeiras, a senhora Maria de Lourdes Barros, conhecida como dona Tutú, genitora do vereador e presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras Marcos Barros.

Maria de Lourdes Barros ( Tutú) contava com a idade de 79 anos e teve 6 filhos; Marcos Barros, Sônia Barros, Fábiana Barros, Verônica Barros, Francisco Barros e Francinilson Barros em memória.

O anuncio do falecimento de dona Tutú foi feito pelo próprio vereador Marcos Barros nas redes sociais. O seu corpo está sendo velado no Memorial Esperança, ao lado do HRC. O sepultamento ocorrerá às 16hs no cemitério Nossa Senhora Aparecida.

CzAgora









Confira a programação oficial do carnaval 2017 de Cajazeiras


Foi divulgada ontem(24) em clima de festa pelo prefeito José Aldemir, a programação oficial do Carnaval 2017 de Cajazeiras. O anuncio aconteceu na sede da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) que recebeu um grande número de pessoas.

Este ano o quartel general da folia retorna a Avenida Juvêncio Carneiro,

Confira:

SEX- 24

Aternativo – Bloco OS IMPRENSADOS

/

SÁB – 25
Gabriel Diniz

Edson Cantor

Chicletear e,

Romário Freitas

Tenda Mix

/

Alternativo – Bloco AS VIRGENS

/

DOM – 26
Jonas Esticado

Flávio e Pisada Quente

Bom de Mexer e,

Forró da Barka Elétrico

Tenda Mix

/

Alternativo – Bloco Dindin de Cajá

/

SEG – 27
Marcia Felipe

Luan Pakerô

Wallas Arraes e,

Ramon Schinyder

Tenda Mix

/

Alternativo – Bloco CAFUÇU

/

TER – 28
Saia Rodada

Os Ocupados

Rekebrança e,

Gilson e Mania

Tenda Mix


Além das Praças do Frevo com as orquestras; Santa Cecília, Frevuna de Uiraúna e Clarins de São João do Rio Peixe. E a Praça do Rock com atrações locais e da região.


CzAgora

Como as novas mídias ocuparão o espaço deixado pelo fim da rádio FM















Reprodução/ONUMais


É isso mesmo o que você leu. As rádios FM, como você conhece podem estar com os dias contados. Em 11 de janeiro de 2017 a Noruega inicia o processo de extinção das transmissões voa rádio FM. A data para o encerramento total no país também já está marcada. As últimas ondas eletromagnéticas serão transmitidas no dia 13 de dezembro do mesmo ano. Aí sim, o rádio FM fará parte do passado na Noruega. Mas quais serão as novas possibilidades para a lacuna deixada pela rádio FM?

A popularização de aparelhos como os smartphones nos últimos dez anos é um fator tecnológico determinante para os novos rumos da comunicação de massa. Afinal, com eles é possível acessar todo tipo de conteúdo, seja áudio, vídeo, redes sociais ou todas as coisas juntas, na palma da mão.

“Essa evolução foi importante e tem feito com que as indústrias ligadas a esse tipo de plataforma cresçam em função disso. Um dos transformadores dessa geração é o “mobile”, que entre outras coisas, permite a portabilidade e transferência de dados com aplicativos como o VOIP, Skype, Spotify, Whatsapp e Messenger, entre outros”, explica Fábio Lopes, professor da faculdade de computação e informática da Universidade Mackenzie, em São Paulo.

Aplicativos de streaming de música, como o Spotify e o Deezer já são uma realidade há alguns anos. Em relação possuem um consumo de dados relativamente baixo quando comparado com a média de banda utilizada em programas de transmissão de vídeo, como o Netflix e o Youtube.

Entretanto, essas plataformas ainda não conseguem competir em um quesito em que o rádio é um eterno campeão. O calor humano. Mesmo com o surgimento da TV, o rádio não morreu, pois seu maior trunfo é ser a companhia do ouvinte. Como um interlocutor ou alguém que fala com o ouvinte durante todo o dia. “O gostoso da rádio é a surpresa, a companhia. Quantas vezes você já não se pegou pensando ‘Nossa, há quanto tempo não ouço essa música?!’. Até as notícias são mais rápidas no rádio. Afinal falar ainda é nosso principal meio de comunicação”, reflete Luciano Maluly, professor de radiojornalismo da Escola de Comunicação e Artes, da Universidade de São Paulo.

Programas transmitidos pela internet como podcasts, transmissões ao vivo via Facebook e Youtube já são alternativas consolidadas capazes de preencher a lacuna de espontaneidade eventualmente deixada pelo rádio. Não é incomum conhecer pessoas que deixam as transmissões nesses meios ligadas enquanto trabalham, estudam ou praticam esportes. Semelhanças com o rádio não são mera coincidência, são evolução!

Outra tendência é que os ouvintes façam sua própria programação, como já ocorre nas playlists dos aplicativos de música e vídeo. “A rádio 89FM, de São Paulo, fez isso durante certo tempo e deu muito certo!” celebra o especialista em radiojornalismo. A diferença é que esse novo conteúdo seria administrado pelos ouvintes, como em uma rede social. “Certa vez conversando com alunos, fizemos a seguinte pergunta: Porque não ser dono de sua própria rádio? A tecnologia permite que isso seja feito de maneira barata! Algumas emissoras já cadastram ouvintes que funcionam como uma espécie de moderadores da programação. Na Europa já tem. No Brasil também pode acontecer”, define.

Por mais que as tecnologias evoluam, o fator humano continuará sendo essencial para que as novas tecnologias sejam exploradas em seu potencial máximo. “Essa questão da Noruega é importante em termos de meio, mas precisamos pensar na mensagem, no conteúdo. Talvez voltemos às raízes dos programas de palco. Nesse caso, precisaremos de uma pessoa muito bem preparada. Como em um programa de TV ao vivo. Qual a pergunta a ser feita? Tem que se reinventar!”, conclui Luciano Maluly.

A medida anunciada em 2015 chamou a atenção da indústria radiofônica mundial. Muito do futuro do rádio vai depender do sucesso ou fracasso da transição. Afinal, outros países podem ter receio de desligar seus canais FM ao ver que audiência foi prejudicada pela mudança na Noruega.

Por Vitor Valencio.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Relator da Lava Jato no STF, Teori Zavascki morre aos 68 anos após queda de avião em Paraty

Relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Teori Zavascki morreu na tarde desta quinta-feira (19), aos 68 anos, após a queda de um avião em Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro. A morte de Teori foi confirmada pelo filho do magistrado Francisco Zavascki em uma rede social, às 18h05.


A tragédia gerou consternação no meio jurídico, político e empresarial. Tão logo a informação foi confirmada, autoridades, entidades e empresas passaram a repercutir a morte.


No início da noite, presidente da República, Michel Temer, fez um pronunciamento no Palácio do Planalto no qual lamentou a morte do ministro do STF e anunciou ter decretado luto oficial de três dias. Na rápida fala, Temer disse que o magistrado era um "homem de bem" e um "orgulho para todos os brasileiros".

"O ministro Teori era um homem de bem e era orgulho para todos os brasileiros. Nós estamos decretando luto oficial por um período de três dias, uma modesta homenagem a quem tanto serviu à classe jurídica, aos tribunais e ao povo brasileiro", declarou o peemedebista no pronunciamento.


Um dos três filhos do ministro do STF, Francisco Prehn Zavascki, comunicou a morte do pai no Facebook: "Caros amigos, acabamos de receber a confirmação de que o pai faleceu! Muito obrigado a todos pela força!".


Às 17h22, Francisco já havia publicado: "Amigos, infelizmente, o pai estava no avião que caiu! Por favor, rezem por um milagre".



Às 18h04, o filho de Teori confirmou em uma rede social a morte do ministro do STF (Foto: Reprodução / Facebook)



Às 17h22, o filho de Teori Zavascki publicou texto confirmando que ministro estava no avião que caiu em Paraty (RJ) (Foto: Reprodução/Facebook/Francisco Prehn Zavascki)



Os rumores sobre a morte de Teori chegaram ao STF no meio da tarde desta quinta. O tribunal foi informado de que o nome do ministro estava na lista de passageiros da aeronave que caiu no litoral fluminense. A lista foi entregue para a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, e também para o presidente da República.


A Infraero informou que a aeronave prefixo PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90, decolou às 13h01 do Campo de Marte, na capital paulista. O avião é de pequeno porte e tem capacidade para oito pessoas.


A Anac informou que a documentação da aeronave estava em dia, com o certificado válido até abril de 2022 e inspeção da manutenção (anual) válida até abril de 2017.


O dono e operador da aeronave é o Hotel Emiliano, segundo informações de abril de 2016 disponíveis no Registro Aeronáutico Brasileiro, documento divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que reúne uma relação de todas as aeronaves brasileiras certificadas pela Anac.

Carlos Alberto Filgueiras, dono do Grupo Emiliano, que morreu em acidente de avião em Paraty com o ministro do STF Teori Zavascki (Foto: Divulgação)


Carlos Alberto Filgueiras, que era proprietário do avião e dono do Grupo Emiliano, também estava na aeronave. Em nota, o grupo confirmou que o empresário e o piloto do avião também morreram no acidente. Segundo o texto, Filgueiras e Teori Zavascki eram amigos próximo.


"O Grupo Emiliano, lamentavelmente, confirma a morte Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, 69 anos, e do piloto Osmar Rodrigues, 56, no acidente aéreo ocorrido hoje em Paraty. Carlos Alberto e o ministro Teori Zavaski eram amigos próximos. A empresa registra seus sentimentos e condolências para a família e amigos do ministro e do piloto. A empresa informa ainda que está à disposição das autoridades colaborando com as investigações em curso", diz a nota.


Por Renan Ramalho, G1, Brasília

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Com filho especial e desempregada mãe de família pede ajuda para alimentar os filhos: Assista!

Desempregada, Maria do Socorro está passando por dificuldades, ela é mãe de 8 filhos e não tem dinheiro para comprar alimentos, nem pagar água e luz, um de seus filhos é especial, ela disse estar desesperada, já procurou o INSS mas até agora nada.

A vida de Maria está muito complicada, ela disse estar acordando às 5 da manhã pedir ajuda, sendo que uns dão, outros não e assim ela vai levando.

Maria também falou um pouco da história do seu filho especial, ela contou que faltou oxigênio quando ele nasceu e tem uma mancha de sangue no cérebro, o garotinho toma remédio controlado.

Maria conta que seu sonho é voltar a ser Gari novamente, ela que já trabalhou de Gari durante 2 anos e 6 meses, atualmente está desempregada e pede ajuda da população. Ela mora na rua Monsenhor Sabino Coelho no bairro São Francisco numa casa sem número num bequinho, próximo a oficina de Doge.

Você pode entrar em contato para ajudá-la no número (83) 9 9303-9779 (falar com Chaliane)



CzAgora com Sertão da Paraíba/ Raquel Vianna

domingo, 15 de janeiro de 2017

Rebelião mais violenta da história do RN tem 27 mortos, diz governo

Polícia faz revista de presos (Foto: Adriano Abreu/Tribuna do Norte)


Vinte e sete presos morreram na rebelião da Penitenciária de Alcaçuz que já é a mais violenta da história do Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada pelo Governo do Estado. O motim começou na tarde de sábado (14) e terminou 14h depois já na manhã deste domingo (15).

Os corpos foram levados para o Instituto de Técnico-Científico de Polícia (Itep) para que seja feita a identificação. Um caminhão frigorífico foi alugado para armazenar os corpos enquanto não acontece a liberação para os sepultamentos. Além disso, legistas do Ceará e da Paraíba foram deslocados para ajudar no trabalho de identificação. Alguns presos foram decapitados e outros esquartejados.

Corpos foram levados para o Instituto de Técnico-Científico de Polícia (Itep) (Foto: Emmily Virgílio/Inter TV)

Nove presos que estavam com ferimentos graves foram transferidos para o Pronto-socorro Clóvis Sarinho, em Natal. De acordo com a direção do hospital, nenhum deles corre risco de morte, mas não há previsão de alta.

Em entrevista coletiva realizada na manhã deste domingo (15) o Governo do Estado informou que identificou pelo menos seis líderes da rebelião. De acordo com a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), o governo vai pedir a transferências dos líderes para presídios federais. Outros detentos devem ser transferidos ainda neste domingo (15) para outras unidades prisionais do estado.

O titular da Sejuc, Wallber Virgolino, confirmou que os presos do pavilhão 5 invadiram o pavilhão 4. Segundo ele, um trabalho de contenção realizado por agentes penitenciários com o uso de bombas de efeito moral evitou a entrada dos rebelados no pavilhão 1. "Em termos de número de mortes essa é a maior rebelião da história do Rio Grande do Norte", disse.

Ainda de acordo com o secretário, a rebelião no Rio Grande do Norte não tem relação confirmada com os motins no Amazonas e em Roraima. "Não há confirmação de relação, mas com certeza as rebeliões naqueles presídios incentivaram o que aconteceu aqui", disse Virgolino.

Três equipes de delegados da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e 15 homens estão responsáveis pela perícia dos locais de crime.

A Penitenciária de Alcaçuz, segundo o governo, ficou parcialmente destruída e não há previsão para reconstrução. Ainda na tarde de sábado (14) um detento fugiu da penitenciária, mas foi recapturado em seguida.


Presos amanheceram telhado de pavilhões (Foto: Fred Carvalho/G1)

Sobre a rebelião

A rebelião começou com uma briga entre presos dos pavilhões 4 e 5 por volta das 17h de sábado (14). De acordo com a presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Vilma Batista, homens em um carro se aproximaram do presídio antes da rebelião e jogaram armas por sobre o muro.

Segundo o governo, a briga estava restrita aos dois pavilhões. O pavilhão 5 é o presídio Rogério Coutinho Madruga, que fica anexo a Alcaçuz. Há separação entre presos de facções criminosas entre os dois presídios.

De acordo com a Sejuc, os próprios presos desligaram a energia do local e, com isso, os bloqueadores de celulares da unidade prisional deixaram de funcionar. Durante a madrugada foram ouvidos tiros dentro da unidade prisional e muita fumaça era vista no local.

Blindado da Tropa de Choque da PM entra na Penitenciária Estadual de Alcaçuz (Foto: Fred Carvalho/G1)

Na manhã deste domingo (15) policiais militares entraram na unidade prisional com veículo blindado, vans e carros para tentar acabar com rebelião. A rebelião foi controlada por volta das 7h20 com a entrada do Bope e do Choque, além do Grupo de Operações Especiais formado por agentes penitenciários.

Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal, e é o maior presídio do estado. A penitenciária possui capacidade para 620 detentos, mas abriga cerca de 1.150 presos, segundo a Sejuc, órgão responsável pelo sistema prisional do RN.

Rebeliões e fugas

A última rebelião em Alcaçuz foi registrada em novembro de 2015. Houve quebra-quebra após a descoberta de um túnel escavado a partir do pavilhão 2. “Assim que acabou a visita social, por volta das 15h, os presos se amotinaram”, disse o secretário de Justiça da época, Cristiano Feitosa.

Mais de 100 presos conseguiram escapar do presídio no ano passado, em 14 fugas. A maioria deixou o presídio por meio de túneis escavados a partir dos pavilhões ou por buracos abertos no pé do muro, sempre sob uma guarita desativada ou sem vigilância.

Força Nacional

Na segunda-feira (9), o Ministério da Justiça prorrogou por mais 60 dias a presença da Força Nacional de Segurança no Rio Grande do Norte. Os policiais enviados pelo governo federal estão atuando no patrulhamento das ruas e podem atuar na segurança do perímetro externo das unidades prisionais localizadas na Grande Natal.

A Força Nacional chegou ao estado em março de 2015, durante a série de motins no sistema prisional do estado, e o prazo de apoio poderá ser novamente prorrogado, caso haja necessidade.


Calamidade pública

O sistema penitenciário potiguar entrou em calamidade pública no mesmo mês, em março de 2015. Na ocasião, foram gastos mais de R$ 7 milhões para recuperar 14 presídios depredados durante motins, mas as melhorias foram novamente destruídas. Atualmente, em várias unidades as celas não possuem grades e os presos circulam livremente dentro dos pavilhões.




Segundo a Secretaria de Justiça e da Cidadania (Sejuc), órgão responsável pelo sistema prisional do estado, o Rio Grande do Norte possui 33 unidades prisionais, que oferecem 3,5 mil vagas, mas a população carcerária é de 8 mil presos - ou seja, o déficit é de 4,5 mil vagas.


Acre e Amazonas

Na quinta-feira (12), presos apontados pelos setores de inteligência do Acre e do Amazonas como líderes de facções criminosas chegaram à penitenciária federal de Mossoró, na região oeste do Rio Grande do Norte. Ao todo, foram 19 detentos que foram trazidos em uma operação especial para o presídio potiguar - 14 do Acre e 5 do Amazonas.


Fernanda Zauli e Fred CarvalhoDo G1 RN

sábado, 14 de janeiro de 2017

Filho de cabo da PM lotado ao 6º BPM comete suicídio em mata fechada na tarde deste sábado em Cajazeiras

O jovem Victor Miranda de aproximadamente 16 anos, cometeu suicídio por meio de enforcamento na tarde deste sábado.

O jovem que era morador do Jardim Soledade zona leste de Cajazeiras, onde morava com os pais.

Segundo informações durante a tarde, o jovem saiu de casa adentrou uma mata fechada onde cometeu suicídio usando uma corda pendurando-a numa árvore.

O corpo foi encontrado por populares que acionaram a PM, que isolou a área até a chegada de peritos do IPC. O corpo deverá ser encaminhado para a Cidade de Patos para realizaçção da Perícia.

O jovem é filho do Casal Cabo Jodiel lotado ao 6º BPM e Luciana.

A noticia chocou familiares e amigos do jovem que nesta noite iria a uma excursão com amigos. 

FONTE: ÂNGELO LIMA


sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

PROFECIA DO FIM DO MUNDO: Neva em cidade italiana, conforme defendeu há 500 anos profecia apocalíptica

Há cerca de 500 anos, Matteo Tafuri, mais lembrado como o Nostradamus italiano, fez uma profecia apocalíptica que se cumpriu, em parte, esta semana. De acordo com previsão, o mundo acabaria quando nevasse dois dias seguidos na cidade de Salento, na Itália.

Para o médico, astrólogo e filósofo, a neve na praia seria o sinal de que o fim dos tempos teria chegado. "Salento, de palmeiras e vento sul moderado. Dois dias de neve, dois relâmpagos no céu. Sei que o mundo acaba, mas não sentirei saudade", diz o prenúncio.

Também conhecida como o "Caribe italiano", Salento tem um clima quente e, pela primeira vez, a cidade mediterrânea esteve sob neve.

Segundo o tabloide britânico "Daily Mail", a nevada pegou de surpresa algumas províncias do sul da Itália que não estão acostumadas com baixas temperaturas. Escolas tiveram que fechar suas portas, serviços de transporte público foram interrompidos e pelo menos oito pessoas morreram.

Fotos da cidade e da praia cobertas por flocos de neve se espalharam pela internet:



Dívidas da Copa de 2014 podem atingir R$ 1 bilhão

Disputada em 2014, a Copa do Mundo no Brasil ainda não acabou fora de campo. Pendências financeiras e nos tribunais referentes ao Mundial podem chegar a R$ 1 bilhão e, por causa disso, o Comitê Organizador Local (COL) ainda está funcionando. O órgão, presidido por Marco Polo Del Nero, também presidente da CBF, deveria ter sido dissolvido 18 meses após o fim da Copa – ou seja, em 13 de janeiro do ano passado.

No entanto, um ano após a data-limite o comitê continua em atividade, de acordo com a Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja), onde está registrado. A última reunião da diretoria do COL aconteceu em 8 de agosto, mas a ata entrou nos arquivos da junta comercial apenas no mês do passado.

Naquela ocasião, a assembleia de sócios tratou das contas relativas a 2015. Del Nero não compareceu à reunião realizada na sede atual da entidade – duas salas em um suntuoso prédio de escritórios na Barra da Tijuca, a dois quilômetros da sede da CBF. Ele foi representado por Rogério Caboclo, diretor executivo de Gestão da CBF.

A entidade, que também consta como sócia do comitê que organizou a Copa, teve como representante o seu diretor jurídico, Carlos Eugênio Lopes. No encontro, as contas do COL foram aprovadas “integralmente e sem quaisquer emendas ou ressalvas”.

O curioso é que são justamente questões financeiras que impedem que o COL encerre as atividades, passados 30 meses do término da Copa do Mundo. Ao Estado, um membro do alto escalão da CBF confirmou que, entre pendências e demandas da Justiça, o valor atinge R$ 1 bilhão. Advogados que trabalham nas dezenas de casos, porém, dizem esperar ser preciso desembolsar “apenas” entre R$ 10 milhões e R$ 20 milhões. A CBF confia que a Fifa irá assumir esses encargos.

REFORMA

Questionada sobre as atividades do COL, a Fifa evitou polemizar. Em nota, declarou que “o escopo da operação da Copa do Mundo é imenso e inclui um intenso trabalho após a competição”. A entidade confirmou ainda ser a responsável por financiar o comitê, mas que os valores desembolsados atualmente são mínimos se comparados ao período pré-Copa.

O discurso oficial, porém, contradiz o que vem sendo colocado em prática. Na Fifa, a proposta de reforma das Copas do Mundo também prevê o fim dos comitês organizadores locais. Pelo novo formato, a organização será centralizada em Zurique. Ao Estado, fontes na Suíça confirmaram que foi o “caos” do COL no Brasil que levou a entidade a pensar no fim desse modelo.

Há dois anos e meio, esse organismo criado no Brasil recebeu US$ 440 milhões (R$ 1,405 bilhão) da Fifa. Mas parte do dinheiro foi destinada a pagar salários de cartolas como os ex-presidentes da CBF Ricardo Teixeira e José Maria Marin e do atual, Marco Polo Del Nero. Internamente, a Fifa também avaliou que, ao dar poder a um grupo local, perdeu o controle sobre o uso político do Mundial.

O resultado foi uma pressão de dirigentes brasileiros para inchar o evento. O grupo que comandava a CBF colocou o torneio em 12 estádios – e não oito como pedia a Fifa. A estrutura da Copa chegou a passar até por consultas com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em escolhas que envolviam também critérios políticos.

A atividade do COL passou a ser alvo de investigações – de CPI no Brasil e pelo FBI nos EUA, que apura as relações entre Teixeira e o ex-secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke.


Jamil Chade, correspondente em Zurique, e Marcio Dolzan, Rio de Janeiro ,
O Estado de S.Paulo

Menina é estuprada por parente e transmite suicídio, ao vivo, no Facebook

Jovem transmite suicídio no Facebook - Imagem/Internet

Crimes de abuso sexual, infelizmente, são muito comuns. A maior parte deles acontece por um conhecido da vítima, seja parente ou amigo. Foi isso o que aconteceu com Katelyn Nicoles Davis, uma menina de apenas doze anos e que morava em uma pequena cidade da Geórgia, nos Estados Unidos. Ela decidiu transmitir, ao vivo, através do Facebook, um vídeo em que conta que foi abusada sexualmente por um familiar. Na transmissão, que durou cerca de vinte minutos, a menina comete o suicídio. Ela utiliza uma corda para a ação. Antes de se matar, a garota dá detalhes sobre como o estupro foi realizado. O vídeo termina com a menina agonizando.

"Perdão por não ser tão bonita, perdão por entrar e sair tão rapidamente da vida de vocês", diz a menina vítima de um #Crime bárbaro. Ela chega a se desculpar até mesmo por supostamente ser parecida com uma prostituta. O vídeo com o suicídio acabou sendo divulgado em forma de viral no Facebook. No entanto, as autoridades americanas pedem que a plataforma retire as imagens do ar. De acordo com informações do canal de TV 'Fox', o medo é que o conteúdo possa de alguma maneira incentivar outros jovens a fazerem o mesmo.

O vídeo que chocou muitas pessoas ainda tem um voz de mulher gritando ao fundo. Mais tarde, descobriu-se que era mãe da criança. Após ver a menina enforcada, ela ainda conseguiu levá-la para uma emergência hospital, mas ao chegar ao local, a garota foi constatada como morta. A polícia local diz que, além do Facebook, já solicitou a diversos sites de notícia que publiquem a notícia sem o vídeo aterrorizante. Kenny Dodd, que é o chefe da polícia na região, lembra que a lei do estado da Geórgia não obriga que os sites retirem o vídeo, mas apela para o bom senso dos editores.

A morte da menina, apesar de apenas agora ser divulgada no Brasil, aconteceu no dia 30 de dezembro. A menina tinha um blog pessoal, no qual já havia falado que sofria de depressão e que pensou em cometer o suicídio.

Previna-se contra o suicídio! No Brasil, o Centro de Valorização da Vida (CVV) ajuda quem tem pensamentos contra a própria vida, ou familiares e amigos destas pessoas. O telefone para entrar em contato é o 141. A ligação é gratuita.

Prefeito Zé Aldemir doa terreno para construção de unidade do SEST/SENAT em Cajazeiras cujo investimento será de R$ 20 milhões


A cidade de Cajazeiras ganhará uma unidade do SEST/SENAT (Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), entidade voltada para a valorização de transportadores, autônomos e trabalhadores do Setor de Transporte.

O prefeito Zé Aldemir recebeu na tarde dessa quinta-feira (12), no seu gabinete, o presidente do Conselho Regional do SEST/SENAT Eudo Laranjeiras que solicitou a parceria da Prefeitura de Cajazeiras para a realização de uma magnifica obra, cujo investimento é de R$ 20 milhões de reais.

O SEST/SENAT entidade civil sem fins lucrativos tem como visão ser referência no setor de transporte pelos serviços prestados nas áreas de desenvolvimento profissional e de promoção social e sua missão é promover a melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento profissional dos trabalhadores do setor de transporte e seus dependentes, com responsabilidade socioambiental.

Diante do grande benefício que a cidade de Cajazeiras receberá com a construção dessa unidade do SEST/SENAT que só existe em Campina Grande e João Pessoa, o prefeito Zé Aldemir fará a doação de um terreno localizado ao lado da Escola Técnica Estadual na BR 230, para a concretização dessa obra que também beneficiará a população cajazeirense.

Bastante satisfeito com o investimento que será feito em Cajazeiras, o prefeito Zé Aldemir enalteceu o empenho do empresário Arlan Rodrigues que segundo ele foi o grande protagonista dessa ideia de conquistar a implantação do SEST/SENAT no município de Cajazeiras. “Essa ideia espetacular, magnifica, tem como maior protagonista nosso estimado cajazeirense que ama sua terra Arlan Rodrigue, e por essa razão em meu nome pessoal, como seu conterrâneo, como seu amigo irmão, quero agradecer em nome dessa instituição a prefeitura, e do povo cajazeirense, esse presente que ganhamos ainda na primeira quinzena do nosso Governo”, destacou.




SECOM - CZ

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

CASAS Á VENDA NO CENTRO DE CAJAZEIRAS



CASAS Á VENDA NA MELHOR LOCALIZAÇÃO DE CAJAZEIRAS, NO CENTRO DA CIDADE,PERTO DE TUDO, COM PREÇOS DE TERRENO. EXCELENTE OPORTUNIDADE PARA VOCÊ QUE SONHA COM SUA CASA PRÓPRIA.

AS CASAS ESTÃO LOCALIZADAS NAS RUAS:
CEL. PEBA, 651 e 757
SAMUEL DUARTE, 638 E 965
E VICENTE BEZERRA, 62
INFORMAÇÕES: EDVAL ROLIM CORRETOR DE IMÓVEIS
FONES: 99331-1333 / 9 9865- 1100












domingo, 8 de janeiro de 2017

Líder da Igreja Mundial do Poder de Deus leva facada durante culto em SP

Apóstolo Valdemiro Santiago postou vídeo sobre ataque em culto (Foto: Reprodução)


O apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, levou uma uma facada no pescoço durante um culto por volta das 8h deste domingo (8) em um templo da igreja no Brás, Centro de São Paulo.

Ele postou um vídeo nas redes sociais, direto do hospital, contando o que ocorreu. O homem que o atacou foi preso em flagrante, segundo informações do 8º Distrito Policial (Brás), com um facão. O agressor, que está desempregado, disse que teve uma discussão com o pastor há algumas semanas.


“Eu estava impondo as mãos, acabando de ouvir um milagre, um testemunho, e entrou alguém por trás, não sei, não vi quem era, e deu uma facada no pescoço, ou uma navalha, não sei”, explicou o pastor em vídeo.


O apóstolo afirmou que voltará a pregar. “Orem por mim”, pediu Valdemiro. “Eu perdoo a pessoa que fez isso”, afirmou.


Ocorrência

Segundo o boletim de ocorrência, o pastor foi atacado por um homem com uma faca por volta das 7h30, dentro da igreja localizada na Rua Carneiro Leão, no Brás.

O segurança do pastor contou à Polícia Civil que Jonhatan Gomes Higino, de 20 anos, encontrava-se na fila para receber oração, quando sacou uma faca e esfaqueou o pastor, sendo duas vezes nas costas e uma no pescoço. Ainda de acordo com a policia, o pastor foi conduzida ao Hospital Sírio-Libanês, na Zona Sul, onde foi atendido e liberado.

Jonhatan foi preso em flagrante. Aos policiais, ele afirmou ter esfaqueado o pastor por se sentir ameaçado. Ele disse que há cinco meses, estava na igreja e ouvi o pastor dizer que ele seria crucificado. A faca foi encaminhada para perícia e o caso registrado como tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil.

Por Cristina Boeckel e Tahiane Stochero, G1 Rio de Janeiro e G1 São Paulo
Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial