segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Coronel critica leis e diz que PM dá resposta ao crime: "Se vier com bala, terá bala"

Euller Chaves

O coronel da Polícia Militar da Paraíba, Euller Chaves, lamentou pela morte do policial Ulysses Costa, em entrevista ao Correio debate, da Rede Correio Sat, nesta sexta (5) e prestou solidariedade à família da vítima. Ele fez críticas às leis do País e foi taxativo ao afirmar sobre as ações da PM no combate à criminalidade no estado: “Se vier com bala, terá bala!”, exclamou. Veja vídeo abaixo.

Euller espera que sejam mantidas as prisões dos suspeitos, mas lamentou por fatos semelhantes terem ocorrido em anos anteriores e os envolvidos já estarem em liberdade. O coronel criticou as leis brasileiras: “É preciso que a gente acorde para a legislação criminal brasileira; amanhã é meu filho, seu filho; as pessoas pensam que isso não pode acontecer com alguém ao seu lado”, falou, ao mencionar que todos podem ser alvo da criminalidade.

O coronel explicou que a postura da PM se mantém forte contra a violência, sempre dentro do que determina a lei. “A PM tem que ser forte, enérgica, mas se pauta no que é legal e constitucional; [a PM] é feita de homens bravos e valentes”.

Ele também opinou sobre crimes contra policiais serem legalmente hediondos, desde julho de 2015. Assista abaixo.



Portal Correio 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário