Vídeo mostra suposta ação truculenta da PM na Zona Sul de JP; Corporação apura

terça-feira, 22 de dezembro de 20150 comentários

Reprodução/Facebook
Uma suposta ação truculenta e sem autorização judicial, executada por policiais militares da Paraíba, vai ser alvo de investigação interna após um vídeo, que mostra policiais quebrando um portão para entrar em uma casa e deter um homem, ter se espalhado pela internet. O caso ocorreu no bairro de Mangabeira, na Zona Sul de João Pessoa, e o vídeo com o registro feito por moradores foi postado no Facebook no dia 19 deste mês. Assista abaixo. A Polícia Militar informou nesta segunda-feira (21) que está investigando.


Nas imagens, gravadas por vizinhos, é possível ver os policiais chutando a grade da casa para tentar entrar no local e deter a vítima. Pelo áudio, é possível ouvir os policiais pedindo para que o homem saia da residência pois, caso ele não obedeça, “seria pior”.

Algum tempo depois, o dono do imóvel aparece na entrada da casa e diz: "Vocês estão quebrando a minha casa”. Os policiais mandam a vítima sair e continuam chutando a grade.

Ao ver que os PMs haviam quebrado a grade, a vítima resolve tentar abrir o portão, mas é abordada e agredida pelos policiais com golpes de cassetete e outros objetos.


Ainda durante o vídeo, é possível ouvir os policiais dizendo: “Você chamou a polícia de vagabundo” (sic). Também é possível ouvir um dos policiais falando com testemunhas e dizendo: “Pessoal, ninguém se envolve não”.

Assista:



Na rede social, houve questionamentos e opiniões diferentes acerca do caso. Um dos internautas classificou a ação como “abuso de autoridade”, na qual os PMs pareciam estar invadindo o local para resolver um assunto particular, já que não alegavam motivo para prenderem a vítima. Além disso, outro internauta pede punição administrativa e exclusão dos policiais envolvidos na ocorrência.




Foto: Internautas questionaram ação dos policiais
Créditos: Reprodução/Facebook



Foto: Internautas classificaram a ação como "vergonhosa"
Créditos: Reprodução/FacebookAlguns internautas também defenderam a ação dos policiais, alegando que a vítima teria praticado agressão e era detida em flagrante.




Foto: Houve quem defendesse a ação dos policiais
Créditos: Reprodução/Facebook

O comandante do 5º Batalhão da PM, responsável pela Zona Sul, coronel Sena, disse à TV Correio HD nesta segunda (21) que a polícia havia sido solicitada para comparecer ao local por conta de uma ocorrência de agressão física e que o caso foi levado para a delegacia.

Sobre as imagens e a ação dos policiais, o coronel falou que a PM está apurando se houve excesso na abordagem e que a Corporação não concorda com arbitrariedades e age dentro da legalidade.

Ainda segundo o coronel, os policiais que aparecem no vídeo foram identificados e estão prestando informações. Se forem constatados excessos, os PMs envolvidos serão punidos.

Por fim, coronel Sena informou que o homem detido foi ouvido na delegacia e havia sido autuado por lesão corporal, desacato e resistência à prisão. Segundo ele, a apuração desse caso deve ser concluída em até 20 dias.

Portal Correio
Compartilhe esta notícia :

Postar um comentário

ÚLTIMAS VISITAS

WHATSAPP CZAGORA

WHATSAPP CZAGORA

Seguidores

TV DIÁRIO DO SERTÃO

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Cz Agora - Todos os Direitos Reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger