quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Policia prende mãe e padrasto de menino encontrado morto após ritual na Paraíba


Depois de quase 12 horas de muita investigação, a Polícia Civil da cidade de Sumé acaba de prender quatro suspeitos de terem matado e quase partido ao meio o corpo do menino de 05 anos, Everton Siqueira, em um possível ritual de magia negra.

Após confirmadas as informações, a polícia civil prendeu quatro suspeitos envolvidos no crime bárbaro: a mãe (Laudenice), o padrasto (Daniel), o homem conhecido por “Paulistinha” e um senhor chamado de Batista. Até o momento nenhum assumiu a autoria do crime.



A população se concetra na frente da delegacia e tentam linchar os acusados

O corpo da criança foi encontrado na manhã desta terça-feira (13), com lesões na cabeça, com o corpo aberto do pescoço até a altura da virilha e com o pênis decepado.

O garoto estava desaparecido desde o último domingo (11) e foi encontrado em um matagal próximo à cidade de Sumé, no Cariri paraibano, na manhã desta terça-feira (13). De acordo com a polícia, o padrasto do menino informou que saiu de casa cedo para procurar o garoto e, ao perguntar a uma pessoa conhecida se ela havia visto o garoto, foi informado que uma criança teria sido encontrada no matagal. Ao chegar ao local, ele teria se deparado com o enteado morto em uma vala e com o corpo totalmente aberto.


Portal do Litoral
Com Cariri em Ação
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário