segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Paraíba teve o menor percentual de faltosos no Enem e Roraima, o maior


A Paraíba foi o estado com o menor percentual de candidatos que faltaram ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste fim de semana. De acordo com dados divulgados hoje (26) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 20,7% não fizeram a prova no estado. Roraima teve o maior índice de faltosos: 34,9% dos inscritos.

O Enem deste ano registrou o menor índice de abstenção desde 2009: 25,5%, de acordo com o balanço apresentado ontem (25) pelo ministro da Educação Aloizio Mercadante. Na edição do ano passado, o índice de faltas ficou em 28,9%.

Na divulgação de hoje, o Inep destacou o baixo índice de abstenção em Santa Catarina (22,4%), menor do que a média nacional. Apesar dos problemas que o estado enfrenta com as chuvas, 77,6% dos inscritos no Enem conseguiram fazer as provas.

Os estudantes que conseguiram isenção da taxa de inscrição este ano, mas não justificarem a ausência na prova só farão o Enem em 2016 mediante pagamento.

Os participantes inscritos dos municípios catarinenses de Rio do Sul e Taió, que tiveram as provas suspensas por conta das fortes chuvas na região, terão oportunidade de fazer o exame nos dias 1º e 2 de dezembro. No Pará, 661 alunos da escola Nossa Senhora do Rosário, no município de Marituba, farão as provas do segundo dia também em 2 de dezembro. As provas na escola paraense foram interrompidas devido a problemas na rede elétrica.

Os gabaritos oficiais do Enem serão divulgados até quarta-feira (28). As provas do exame, em formato digital, estarão disponíveis a partir de sexta-feira (30), na página do Inep. A expectativa do Ministério da Educação é divulgar as notas na primeira semana de janeiro, quando também deverá sair o edital com as vagas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

A porcentagem de faltosos por estado foi a seguinte:

Estado Abstenção (%)

Acre 26
Alagoas 23,3
Amazonas 31,9
Amapá 24,7
Bahia 26,1
Ceará 23,8
Distrito Federal 29,4
Espírito Santo 25,3
Goiás 26,2
Maranhão 23,2
Minas Gerais 26,1
Mato Grosso do Sul 30,7
Mato Grosso 29,2
Pará 23,4
Paraíba 20,7
Pernambuco 23,8
Piauí 21,2
Paraná 24,7
Rio de Janeiro 25,4
Rio Grande do Norte 22,1
Rondônia 26,3
Roraima 34,9
Rio Grande do Sul 26,5
Santa Catarina 22,4
Sergipe 23,2
São Paulo 27,2
Tocantins 26,2

Total 25,5
Edição: Nádia Franco

Mariana Tokarnia - Repórter da Agência Brasil



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário