sábado, 17 de outubro de 2015

Mãe diz que filho foi cortado e teve órgãos retirados para ritual que teria sido R$ 10 mil

Reprodução/TV Correio HD
A mãe da criança de cinco anos de idade que teve o corpo mutilado para um ritual de magia negra confessou a participação no crime e contou detalhes em um novo depoimento, nesta sexta-feira (16). Ela disse que o menino sofreu golpes de faca no pescoço para que sangrasse e teve o fígado partido. Segundo a polícia, o ritual pode ter ocorrido por encomenda e teria custado cerca de R$ 10 mil. Antes de sofrer o golpe no pescoço, o menino teria pedido para não morrer.

O corpo da criança foi encontrado na terça-feira (13), no município de Sumé, no Cariri paraibano, a 265 km de João Pessoa. Os detalhes do crime foram contados pelo delgado Paulo Ênio, que falou no Cidade Alerta Paraíba, da TV Correio HD.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário