segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Índia mata filho na Baia da Traição por causa da divisão de carne de siri



Uma índia foi presa na tarde desta segunda-feira (19) acusada de ter matado o filho de criação ontem na Aldeia Tramateia, no município de Marcação, Litoral Norte da Paraíba. De acordo com policiais da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), além da mulher, um filho dela e a nora também foram acusados e confessaram o crime.

Entenda

Após um jovem ter sido esfaqueado neste domingo (18), alguns índios socorreram a vítima até o hospital. De acordo com relatos dos vizinhos, a mãe teria falado que durante uma discussão devido à divisão de carne de siri para venda, os dois jovens, que são filhos dela, brigaram e um terminou esfaqueado o outro.

Entretanto, na tarde de hoje, logo em seguida que o rapaz morreu, o caso tomou um rumo diferente. É que as mesmas pessoas que levaram o rapaz ao hospital descreveram à polícia que no crime teria outras pessoas envolvidas.

“Diante destas informações, a PM foi até o local, realizou uma revista e encontrou objetos usados na ação criminosa, como faca e enxada. Além disso, os três suspeitos do assassinato assumiram a autoria do crime”, falou o comandante da 2ª CIPM, capitão Alberto Filho.

Após a prisão, o trio foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil de Mamanguape.













Tambau247
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário