sábado, 31 de outubro de 2015

Empregada é detida após roubar aliança de R$ 2,5 mil para pagar dívida de drogas do filho


Uma empregada doméstica foi detida, no final da tarde desta sexta-feira (30), após roubar dos patrões e vender para um comerciante uma aliança de ouro que valeria cerca de R$ 2,5 mil. A peça foi vendida por R$ 320 e, segundo a suspeita, ela roubou a aliança para utilizar o dinheiro da venda para pagar dívidas de drogas do filho.

De acordo com a Polícia Civil, o sumiço da aliança foi percebido pelos patrões da suspeita após eles voltarem para casa por volta das 18h. Segundo as vítimas, a aliança teria sido deixada dentro de um guarda-roupa, mas teria sumido.

“Eles alegaram que a única pessoa que passou o dia na casa foi a empregada. Em depoimento, ela confessou o roubo e disse que vendeu a aliança por cerca de R$ 320 para um comerciante do Centro de João Pessoa. O dinheiro apurado, segundo ela, seria para saldar dívida de drogas feitas pelo seu filho”, disse a Polícia Civil.

O comerciante que comprou a aliança foi identificado e preso. Apreendida, a aliança foi devolvida para os donos.




Portal Correio

Crise agrava situação do Napoleão Laureano; déficit mensal chega a R$ 700 mil

Reprodução
Responsável por 100% do tratamento dos pacientes com câncer de útero e de 73% dos pacientes com qualquer outro tipo dessa doença na Paraíba, o Hospital Napoleão Laureano pena com os efeitos da crise financeira. O déficit mensal é de R$ 700 mil. Nesse ritmo, em um ano, a despesa desse hospital que é referência em todo o Nordeste, será de R$ 8,4 milhões acima das receitas.

A diretoria do Laureano tem um olho nas planilhas e outro na fila de espera, que aumenta a cada mês. De 2013 para 2014, os casos confirmados de câncer na Paraíba aumentaram 33%. Do ano passado até agosto deste ano, foram 32% a mais de diagnóstico da doença pelo Laureano.

Do Ministério da Saúde, o Hospital Napoleão Laureano recebe cerca de R$ 4,2 milhões, mensalmente. O mesmo valor que recebia em 2013. O repasse equivale a 94% das receitas. Os outros 6% dependem de convênios e doações de empresas e particulares.

Radioterapia, quimioterapia e cirurgia. Cada um dos procedimentos tem um teto financeiro que o Ministério da Saúde banca. "Só que o câncer não tem um teto. O tratamento é pra ontem. Temos 140 leitos e se fossem 250, o que nós lutamos para conseguir, o hospital ainda estaria lotado", relatou o diretor clínico e técnico do Laureano, o médico Fernando Carvalho, em entrevista ao programa '27 Segundos', na RCTV (canal por assinatura do Sistema Correio de Comunicação), na noite desta sexta-feira (30).

O hospital está ampliando o atendimento infantil. Dos casos atendidos, 15% são de crianças. Serão mais 9 leitos, seis em novas Unidades de Terapia de Intensiva (UTIs). Mas ainda são insuficientes para a demanda. Hoje, são 21 apartamentos da ala infantil, que vivem permanentemente lotados.

A fila cresce e não anda. "Quando chega o dia 20 de cada mês o hospital já não tem mais teto para quimioterapia ou radioterapia. Temos que mandar pacientes pra casa. Tem paciente que tem que esperar de dois a três meses. Às vezes, ele chega no estágio 1 e volta com o estágio 2 ou 3 da doença. É uma situação que se agrava e não temos como atender todo mundo", contou Fernando Carvalho.

As despesas com insumos, medicamentos e custeio da unidade também aumentaram. Por mês, o hospital pagava de energia R$ 70 mil. Com o reajuste subiu para R$ 114 mil, por mês. "O convênio que temos com a Energisa, que repassa doações de seus clientes descontadas na fatura, pela primeira vez não cobriu a nossa despesa com energia", disse o médico.

O Hospital Napoleão Laureano tem um moderno parque tecnológico. Boa parte dos equipamentos é adquirida com recursos de emendas da bancada federal da Paraíba. Quem reforça esse caixa é a paraibana Luíza Erundina (PSB), que é paraibana, mas foi eleita e tem base eleitoral em São Paulo. Todos os anos ela destina uma emenda impositiva para o hospital em João Pessoa.

Com equipamentos de primeira, a motivação do pessoal é maior. "Nossa equipe é da melhor qualidade. Mesmo com todos esse problemas, são de 30 a 40 cirurgias de alta complexidade que realizamos. Por dia, o hospital atende de 400 a 500. É um número muito alto de pacientes para qualquer unidade de tratamento de câncer no país", destaca o diretor clínico.

Segundo Fernando Carvalho, a diretoria já trabalha com alguns ajustes e o atendimento terá que ser reduzido. "O hospital está enfrentando a crise no olho do furacão. Temos que diminuir o volume de atendimento. Se não fizemos isso o hospital fatalmente irá fechar", pondera. "Todos os recursos são insuficiente para atender a demanda de um hospital que tem um valor social imenso na Paraíba", arremata.



Portal Correio

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Marido flagra esposa traindo no quintal, mata o amante e foge com a mulher e os filhos


Após flagrar a esposa o traindo no quintal de casa, na madrugada desta quinta-feira, José Lafaiete da Silva, de 56 anos, é suspeito de matar o amante, que era seu vizinho. Em seguida, acompanhado da esposa, teria fugido da residência levando os filhos. A linha de investigação foi apontada pela delegada Vilaneida Aguiar, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

De acordo com a polícia, o casal estaria dormindo em casa, na Rua Maranata, Vila Sotave, Jaboatão dos Guararapes, quando Maria Isabel do Nascimento, 39, teria recebido uma mensagem do metalúrgico Anderson Miranda, 35, pedindo para que se encontrassem. Quando o marido acordou e não a encontrou, saiu para procurar. Os amantes foram flagrados despidos e mantendo relações sexuais no quintal da casa.

Anderson Miranda foi assassinado com tiros no tórax, cabeça e costas. Segundo testemunhas, foram desferidos seis disparos. Durante a madrugada, além dos tiros, também foi ouvido choro das crianças.

A polícia segue em busca do paradeiro da família.

Com informações da TV Clube/Record

Jovem é morto depois marcar encontro com mulher pelo WhatsApp na Grande João Pessoa

Reprodução/ Facebook
Um jovem de 22 anos identificado como sendo como Péricles Thyago Targino dos Santos foi assassinado em frente de uma escola estadual no bairro do Tibiri II, na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa. De acordo com o delegado plantonista de Homicídios da Capital, Canrrobert Rodrigues, a vítima foi morta após marcar encontro com uma mulher pelo WhatsApp, que é um aplicativo de troca de mensagens pelo celular.

Segundo o delegado, o jovem conheceu uma garota e os dois estavam trocando mensagens pelo aplicativo. Nesta quinta, eles marcaram um encontro e o rapaz foi até o local conhecer a mulher. O celular da vítima foi apreendido pela Polícia Civil e será periciado pelo Instituto de Polícia Científica (IPC) de João Pessoa.

“Quando ele estava em frente de uma escola estadual, o rapaz foi surpreendido por dois homens em uma moto – que efetuaram tiros contra ele. O jovem morreu na hora. Os suspeitos fugiram sem deixar pistas”, falou o delegado.

Rodrigues disse que o jovem era funcionário de uma indústria de água mineral e era classificado como funcionário exemplar. “Péricles Thyago era um jovem trabalhador, funcionário exemplar e não tinha nenhum tipo de envolvimento com crimes e drogas. A morte dele estar relacionada como o que podemos chamar de ‘Cheiro do Queijo’, disse.

O corpo do jovem foi levado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, na Capital, para ser periciado e liberado para velório e sepultamento.


Portal Correio

Ministério da Saúde vai criar grupo de trabalho sobre fosfoetanolamina


O Ministério da Saúde anunciou, nesta quinta-feira (29), que vai criar um grupo de trabalho para estudar a questão da fosfoetanolamina e apoiar a realização dos estudos necessários para avaliar a eficácia da substância contra o câncer.

Distribuída pela USP de São Carlos por causa de decisões judiciais, a fosfoetanolamina é alardeada como cura para diversos tipos de câncer, mas não passou por esses testes em humanos, por isso não é considerada um remédio. Ela não tem registro na Anvisa e seus efeitos nos pacientes são desconhecidos.

Uma portaria que deve ser publicada pelo Ministério da Saúde no Diário Oficial da União desta sexta-feira (30) estabelece um prazo de 60 dias para o grupo apresentar um plano de trabalho para desenvolvimento do projeto.

Colaboração para estudos
O objetivo é que a substância passe por testes pré-clínicos e clínicos com a colaboração da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Instituto Nacional de Câncer (Inca) e da Fiocruz.




"Estamos colocando à disposição do professor responsável pela síntese dessa molécula a possibilidade de submeter à fosfoetanolamina a todos os protocolos para verificar se a substância é ou não eficaz e por fim a essa celeuma", afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Castro, em nota divulgada pela pasta.

Até o momento, o grupo de pesquisadores que desenvolveu a síntese da fosfoetanolaminaalegava que os testes clínicos não tinham sido concluídos pois havia má vontade por parte da Anvisa.

Ministério recomenda não usar
A recomendação do Ministério da Saúde é que as pessoas não façam uso da substância até que os estudos sejam concluídos. Castro afirmou ainda que a preocupação do Ministério a Saúde é que as pessoas deixem de lado os tratamentos já estabelecidos para aderir à substância, que ainda não tem eficácia comprovada.

A existência de relatos de cura entre pacientes que recorreram à fosfoetanolamina não comprova a eficácia da substância contra o câncer. Estudos com seres humanos necessários para que uma substância seja considerada um medicamento, chamados testes clínicos, têm planejamento e controle rigorosos, além de um acompanhamento contínuo dos pacientes.

Audiência no Senado
Também nesta quinta-feira, uma audiência pública promovida por duas comissões do Senado - de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) e de Assuntos Sociais (CAS) - debateu a questão da fosfoetanolamina com pesquisadores e autoridades.

Entre os participantes da audiênncia estava o pesquisador Gilberto Orivaldo Chierice, professor aposentado do Instituto de Química de São Carlos da Universidade de São Paulo (IQSC-USP). Chierice, que desenvolveu o método de síntese da fosfoetanolamina, defendeu o potencial anticancerígeno da substância.

Também foi ouvido o pesquisador da USP Salvador Claro Neto, que afirmou que a universidade não tem condições de produzir a quantidade de cápsulas que a justiça determina que o instituto produza.

Do G1, em São Paulo

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

LICENCIAMENTO DE CINQUENTINHAS COM CHASSI FINAL 1, 2 E 3 DEVE SER FEITO ATÉ 6ª

Termina nesta sexta-feira (30) o prazo para os proprietários de ciclomotores 50 cilindradas, conhecidos como “cinquentinhas”, com numeração final do chassi 1, 2 e 3, realizarem o emplacamento dos seus veículos com tarifas reduzidas. Os proprietários que não se adequarem dentre do prazo estabelecido serão multados e terão seus veículos aprendidos. O registro e o licenciamento podem ser feitos na sede do Detran, no bairro de Mangabeira; nos postos de atendimento do Valentina, dos Shoppings do Automóvel e Carro Legal, na BR-230, e nas Circunscrições Regionais de Trânsito da Paraíba (Ciretrans).

De acordo com a portaria de nº 251/15 do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB), os proprietários de motocicletas adquiridas antes de 31 de julho de 2015 têm até 31 de dezembro deste ano para realizarem o registro e o licenciamento, no entanto, devem seguir um calendário de emplacamento. As “cinquentinhas” com final 1, 2 e 3 deverão ser emplacadas durante este mês de outubro; já com final 4, 5 e 6, o emplacamento deve ser realizado em novembro. E no mês de dezembro, deverão ser emplacadas as motocicletas com numeração final 7, 8, 9 e 0.

Conforme tabela de valores estabelecida pelo Detran-PB referente ao UFR-PB do mês de outubro, o primeiro emplacamento para o ciclomotor custa R$ 42,08, a Taxa de Prevenção contra Incêndio e Salvamento é de R$ 10,52; o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT), proporcional a 3/12 avos, R$ 73,00; e o custo para a aquisição da placa é de R$ 50,00. Portanto, o valor total do emplacamento e licenciamento é R$ 175,60. O ciclomotor será submetido à vistoria veicular eletrônica, que tem o pagamento isento de taxas.

O superintendente do Detran-PB, Aristeu Chaves, alerta aos proprietários dos ciclomotores que antes de procurar o Detran eles devem observar na nota fiscal se o ciclomotor tem cadastro na Base de Índice Nacional (BIN). “Caso não tenha, ele deverá procurar a revenda correspondente e solicitar o cadastro, e se a revenda não estiver mais ativa, deverá procurar outra revenda da mesma bandeira ou fabricante”, explicou Aristeu.

Para emplacar o veículo é necessário apresentar original e cópia da nota fiscal do ciclomotor ou de documento que comprove a transferência, ou seja, cópia e original do recibo de compra e venda devidamente assinado e com firma reconhecida do RG, CPF e comprovante de residência. Se pessoa jurídica, cópia autenticada do Contrato Social e CNPJ.

Secom PB

Operação apreende mais de 70 kg de maconha que eram distribuídos em cidade da PB

Mais de 70 kg de maconha foram apreendidos, no fim da manhã desta quinta-feira (29), dentro da casa de um homem suspeito de promover o tráfico de drogas nos bairros de José Pinheiro e Catolé, em Campina Grande.

A prisão foi realizada por equipes da Polícia Civil e com o suspeito ainda foram encontradas duas balanças de precisão e embalagens plásticas para o condicionamento da droga.

Segundo o delegado Cristiano Santana, o suspeito confessou ser o dono da droga e disse que o material era distribuído para boa parte da cidade.

“Ele foi preso dentro da própria casa, onde também estava a droga. Pesado, o material tem mais de 70 kg. Ele confessou, disse que a maconha era vendida e distribuída em diversos bairros de Campina Grande”, contou o delegado.

Preso, o suspeito permaneceu, até o início da tarde, na Central de Polícia e deve ser encaminhado para algum presídio.


Portal Correio

Meyrielle Abrantes, capa da ‘Playboy’, é apontada como amante de Chimbinha

A polêmica separação de Chimbinha e Joelma, da banda Calypso, ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira, quando começaram a circular boatos de que o cantor teria tido um envolvimento com a modelo Meyrielle Abrantes, que já foi capa da “Playboy” (onde posou nua) e é ex-namorada do político pernambucano Jarbas Vasconcelos. A Retratos da vida conversou com Meyrielle, que garantiu que nem conhece o ex-marido de Joelma.

“Não tenho nada pra falar sobre isso. É tudo mentira! Não vou pagar por uma coisa que não tenho nada a ver. Não conheço o Chimbinha, não sei de onde tiraram isso”, desabafou a morena.
Boatos dão conta de que Meyrelle teria sido citada numa gravação em que Chimbinha afirma que teve um caso amoroso com ela.

“Em nenhum momento ele fala o meu nome na gravação. Isso tudo é armação. Estou chateada. Nada a ver essa história”, revolta-se a modelo pernambucana, que está namorando o piauiense Rodrigo Soares há quase um ano.

Meyrielle e o ex-senador Jarbas ficaram juntos por dez anos. A exposição do relacionamento acabou rendendo a ela uma um ensaio nu para a "Playboy" de novembro de 2013.

SOBRE O ÁUDIO

Um novo áudio, que supostamente seria de Chimbinha, anda circulando na internet. Na gravação, o músico nega que tenha uma amante, mas confessa que traiu Joelma com a ex-mulher do ex-governador de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos.

A mulher em questão seria Meyrielle Abrantes, capa da Playboy de novembro de 2013. Alguns blogs apontavam a moça como pivô da separação do casal.

Ainda segundo o áudio, o músico diz, entre outras coisas, que Joelma sabia da traição, que contou tudo para ela, mas que Meyrielle não foi sua amante, somente um affair passageiro.

FONTE: http://www.novasonline.com.br/

Após vídeo íntimo sair no WhatsApp, piauiense anuncia morte pelo Twitter

A morte de uma adolescente piauiense em Parnaíba tem comovido toda a população na cidade no norte do Piauí e acende alerta para os pais em todo o estado. Foi pelas redes sociais, que a jovem Julia Rebeca anunciou o dia da própria morte. Tudo aconteceu depois que um vídeo de sexo entre ela, um rapaz e outra adolescente, filmado pela própria jovem, vazou para as redes sociais através do WhatsApp.

Júlia Rebeca foi encontrada morta dentro do quarto, enrolada no fio da própria chapinha no último dia 10 de novembro, domingo passado. A data foi postada em uma mensagem através do Instagram e do Twitter da jovem, que dizia: "Eu te amo, desculpa eu n ser a filha perfeita mas eu tentei... desculpa desculpa eu te amo muito mãezinha.. desculpa desculpa...!! Guarda esse dia 10.11.13 [sic]".

O caso levantou polêmica, justamente pelo dano que as redes sociais vem causando aos jovens, que não aprenderam ainda a lidar com a ferramenta e acabam caindo em armadilhas. É cada vez mais comum notícias sobre o vazamento de vídeos íntimos, que mudam a vida dos protagonistas por completo, e alguns acabam chegando ao extremo, como o caso da adolescente de Parnaíba.

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Acidente na Camilo de Holanda envolvendo duas motos deixa um ferido

Um acidente tipo colisão envolvendo duas motos, foi registrado na noite desta quarta-feira(28), por volta das 20:30, na Av. Eng. Carlos Pires de Sá, em frente a Praça Camilo de Holanda.

De acordo com informações colhidas no local, as duas motos seguiam no mesmo sentido, em dado momento uma das motos fez uma conversão para virar à esquerda, acontecendo a colisão. No acidente ficou ferido o senhor Carlos Alberto Torres Silva, conhecido por Carlinhos da Caçamba, que foi socorrido por uma equipe do Serviço Móvel de Urgência (SAMU), sendo encaminhado ao Hospital Regional de Cajazeiras.

Redação CZAGORA

PF e MPF deflagram operação para combater fraudes no Minha Casa, Minha Vida


A Polícia Federal na Paraíba, em parceria com o Ministério Público Federal, deflagrou na manhã desta quarta-feira (28/10) a Operação FALSA MORADA, com o objetivo de combater, desarticular e desestruturar a atuação de grupo criminoso voltado ao cometimento de delitos contra o Sistema Financeiro Nacional, especificamente em prejuízo ao Programa Minha Casa Minha Vida-MCMV, do Governo Federal.

A quadrilha, encabeçado por uma advogada, atuante em questões pertinentes àconstrução civil, aliciava pessoas para, de forma fraudulenta, figurarem como beneficiárias de financiamentos junto à Caixa Econômica Federal.
Produziam-se documentos falsos para simular situação em que as pessoas,indevidamente, pudessem ser enquadradas no Programa MCMV, sem que houvesse, por exemplo, ocupação de unidade habitacional. Destacam-se as fraudes em supostos comprovantes de renda, a fim enquadrarem os fraudadores compradores como aptosa obterem o melhor subsídio possível concedido pelo Governo Federal.

Os indícios apontam que o grupo criminoso apresentava imóveis construídos por terceiros, sem que tivessem qualquer relação com a citada obra, a engenheiros das instituições financeiras, sempre observando a cautela em mostrarem as casas, recém construídas, em horário em que fosse mínimo o risco de o proprietário/construtor verdadeiro presenciar a fraude.

Diversas empresas tiveram, indevidamente, seus nomes e dados usados pelo grupo criminoso, quando das confecções de declarações de renda, resultando num montante aproximado de R$ 1.700.000,00. Com os documentos que serão examinados a partir de agora esses valores poderão ser ampliados.

16 (dezesseis) Policiais Federais estão nas ruas da Grande João Pessoa/PB, cumprindo 03 (três) mandados de condução coercitiva, 04 (quatro) de busca e apreensão, além do Mandado de Prisão preventiva da chefe do esquema criminoso. Todos os documentos expedidos pela 16ª Vara Federal da Seção Judiciária da Paraíba em João Pessoa/PB.








Com Parlamento PB

Em tempos de seca, carros-pipa já abastecem 75% das cidades paraibanas

A seca prolongada tem aumentado o drama de milhares de paraibanos. Pelo menos mais de 2 milhões de pessoas, distribuídas em 178 cidades do Estado, convivem com severos racionamentos ou mesmo com a indisponibilidade total de água.

Nesses locais, os carros-pipa têm sido a salvação da população, abastecendo cisternas, caixas de água e levando condições de subsistência em meio às adversidades da seca.

Dos 223 municípios paraibanos, pelo menos 75% estão sendo atendidos pela Operação Carro-Pipa, com veículos coordenados pelo Exército, pela Defesa Civil do Estado ou pelos próprios municípios. Na Operação Carro-Pipa coordenada pelo Exército são 1.147 pipeiros contratados para auxiliar no abastecimento de 169 municípios. Já a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil é responsável pela cobertura de 100 cidades desde o mês de agosto. São 175 pipeiros contratados, conforme o coordenador estadual de Defesa Civil, George Sabóia. “A situação é crítica em todo o Estado”, ressaltou o coordenador.

Dentre os municípios afetados pela seca, 22 estão sem água nas torneiras, alguns há vários anos. Essa é a situação vivida em Montadas, no Agreste do Estado, depois que o açude Emídio, que abastecia a cidade secou, há quase três anos. Lá, os moradores já se adaptaram a ter que comprar água através de carros-pipa ou, não tendo recursos financeiros, a formar filas para buscar um pouco de água em uma das caixas d’água ou cisternas instaladas pela prefeitura nas ruas da cidade, que também são abastecidas pelos pipas.

Dos 223 municípios do Estado, 91 estão em racionamento, 22 em colapso e 25 em estado de alerta, de acordo com dados da Companhia Paraibana de Água e Esgotos (Cagepa).








Com PBAgora

Homem com HIV tenta matar mãe aplicando sangue infectado


Um fisioterapeuta de 41 anos, HIV positivo e usuário de drogas, chegou em casa alterado na madrugada desta terça-feira (27) e tentou matar a mãe, de 71 anos, tirando o próprio sangue em uma seringa e aplicando no braço da idosa. A família, de classe média, mora no bairro Jardim Eldorado, em Cuiabá (MT).

Além de atacar a mãe, no meio da confusão, o fisioterapeuta é acusado de pegar a sobrinha de 6 meses e ameaçar jogá-la no chão, sendo impedido.

Vizinhos chamaram a Polícia Militar, que atendeu à ocorrência e tentou prendê-lo, mas, sob efeito de drogas, ele reagiu à prisão, usando um caco de vidro como escudo, até que foi imobilizado e levado para o Hospital São Matheus.

A idosa foi encaminhada ao Hospital Universitário Júlio Muller, que tem atendimento especializado em Aids, e lá, após o teste sanguíneo, foi informada de que não havia a presença do vírus no corpo dela. Ela terá que repetir o exame para confirmação do diagnóstico.

O Boletim de Ocorrência foi registrado na Central de Flagrantes de Cuiabá.

O fisioterapeuta ainda não teve alta médica.









Com Terra

Servidores do Estado recebem salários de outubro a partir desta quinta-feira

O Governo do Estado segue com o compromisso de pagar o salário dos servidores dentro do mês trabalhado. O pagamento referente ao mês de outubro será feito nos dias 29/10 e 30/10.

A Secretaria do Estado da Administração (Sead) informa que, no primeiro dia, recebem aposentados e pensionistas (29). Já os servidores da ativa recebem no dia seguinte (30).

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Dois albergados são mortos a tiros na porta da escola Catarina Maia, em Catolé do Rocha

Um duplo homicídio ocorreu nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira (dia 26 de outubro), quando dois jovens foram assassinados em Catolé do Rocha (PB).

O sinistro aconteceu por volta das 05h10 de hoje, na Rua Odiza F. da Silva de Andrade, bairro Tancredo Neves, nas imediações do portão de entrada da escola municipal Catarina Maia, nesta cidade, quando uma dupla que transitava numa motocicleta, emparelhou com as vítimas que estavam numa Honda POP, de cor preta, e efetuou os disparos.

Foram mortos a tiros, os jovens Erismar de Sousa Sales, popularmente conhecido por MAZINHO, e Geovane Martins dos Santos, ambos com residência no mesmo bairro Tancredo Neves.

De acordo com informações da Polícia Militar, que neste instante está no local dos crimes, no aguardo da equipe da perícia que deverá remover os corpos para o GEMOL de Patos, ambas as vítimas estavam no albergue, e voltavam da cadeia, onde passaram a noite.



Com Portal Catolé News

Começam inscrições para acesso a 4,1 mil novas casas na PB; veja como fazer


Começam nesta segunda-feira (26) as inscrições para quem deseja acesso a uma das 4,1 mil moradias que estão em construção em Campina Grande, no complexo Aluízio Campos. O procedimento deve ser feito de forma presencial, até o dia 6 de novembro.

As inscrições são feitas no antigo Museu Vivo da Ciência e Tecnologia e o interessado deve apresentar RG, CPF, NIS atualizado, comprovante de residência, comprovante de renda (abaixo de R$ 1,6 mil), certidão de casamento e, se for o caso, laudo de comprovação de deficiência física. Para a atualização do Cadastro Único, equipes da Secretaria de Assistência Social estarão no antigo Museu Vivo, visando a facilitar a inscrição de quem necessita de atualização imediata deste tipo de documento.

De acordo com a Prefeitura de Campina, só serão atendidas pessoas da cidade que ainda não possuem residência, conforme critérios estabelecidos por legislação federal. Além dos deficientes físicos, também receberão prioridade pessoas idosas e aquelas ainda residentes em áreas de risco.

O sorteio das moradias está previsto para ocorrer até o fim deste ano e as primeiras mil casas deverão ser entregues em maio de 2016.

Quem for contemplado, vai pagar prestações mensais de R$ 25 a R$ 70, variando conforme a margem salarial do contemplado.

As residências têm acessibilidade, cobertura com aço galvanizado (tendo garantia de dez anos e durabilidade de 50 anos), além de reboco com gesso, cerâmica tipo Porto Belo, energia elétrica, energia solar, telhas de cerâmica, caixa d’água, sala, cozinha, banheiro e quartos, tudo ocupando 40 metros quadrados de área construída.

Segundo a Prefeitura, as pessoas vão receber uma planta licenciada da prefeitura para que, se precisarem, possam fazer ampliação da área construída do imóvel.










Com Portal Correio

Homem tem tórax aberto e morre após explosão de compressor de ar, na Paraíba


Um homem teve o tórax aberto e morreu ao ser atingido por pedaços de ferro após a explosão de um compressor de ar, utilizado como equipamento de borracharia, no fim da manhã desta segunda-feira (26), no Distrito Industrial, em Campina Grande.

De acordo com informações da Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal em Campina Grande (Gemol), a vítima era funcionária de uma empresa que realizava serviços de borracharia em domicílio. O equipamento que explodiu estava acoplado à caçamba de uma caminhonete.

“O rapaz estava se preparando para utilizar o equipamento quando houve a explosão. Como ele estava muito próximo, foi atingido por pedaços de ferro do cilindro de ar e teve o corpo aberto do pescoço ao quadril. Estamos fazendo a perícia no local para colher material”, disse o Gemol.

O corpo do homem deve ser recolhido do local por voltar das 16h.








Com Portal Correio

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Bancários decidem pelo fim da greve em vários estados.



Assembleia dos bancarios das instituições privadas de São Paulo, que nesta segunda-feira decidiu encerrar a greve (Foto: Reprodução Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região/Twitter)

Após 21 dias de paralisação, bancários de vários estados decidem na noite desta segunda-feira (26) se encerram a greve da categoria, iniciada no dia 6 de outubro. Em vários estados, a paralisação chegou ao fim e os bancários vão retornar ao trabalho nesta terça-feira (27) (veja a lista abaixo).

A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) propôs reajuste de 10%, em resposta à reivindicação de 16% da categoria. Assembleias acontecem nesta segunda-feira em todas as bases sindicais da categoria no país.

Os estados de Mato Grosso e Roraima rejeitaram a proposta dos bancos e decidiram manter a greve. Embora a tendência seja de fim da greve em todo o país, a decisão de cada assembleia regional é soberana.


Veja abaixo as cidades ou estados que decidiram pelo fim da greve (em ordem alfabética):

- ACRE

Funcionários de bancos privados e do Banco do Brasil decidiram encerrar a greve. Os funcionários da Caixa Econômica Federal e Banco da Amazônia, entretanto, decidiram permanecer paralisados.


- ALAGOAS

Além dos bancos privados, funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) também decidiram pelo fim da paralisação.

- AMAPÁ

Os bancários aceitaram a proposta dos bancos, e todas as agências retomam o trabalho na terça-feira.


- GOIÁS

Funcionários dos bancos privados e do Banco do Brasil encerraram a greve. Bancários da Caixa Econômica Federal decidiram manter a paralisação.

- MATO GROSSO DO SUL

Os bancários do estado aceitaram a proposta de 10% de reajuste e decidiram encerrar a greve em assembleia realizada nesta segunda.


- MINAS GERAIS

Os trabalhadores de Belo Horizonte e região decidiram encerrar a greve da categoria. Bancários de Uberlândia também terminaram a paralisação. Os bancários de Uberaba também aceitaram a proposta e terminaram a paralisação.

- PARÁ

Bancários das instituições privadas e do Banco do Estado do Pará (Banpará) encerraram a paralisação. Funcionários do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal seguem em greve.

- PARAÍBA

Os bancários de Campina Grande e região decidiram encerrar a greve.

- PARANÁ

Os bancários de Curitiba e Região Metropolitana decidiram encerrar a greve.


- PIAUÍ

Os bancários do Piauí decidiram encerrar o movimento. A informação foi confirmada pela diretoria de recursos humanos do Sindicato dos Bancários do Piauí.

- RIO DE JANEIRO

A categoria aceitou voltar ao trabalho. Funcionários de entidades privadas e públicas – da capital e do interior – se dividiram em votações diferentes, mas o resultado foi o mesmo em todos

- RIO GRANDE DO SUL

Uma assembleia realizada determinou o fim da greve em bancos privados no estado. Em relação aos bancos estatais, ainda não foi divulgada a decisão da categoria.

A região de Santa Maria ainda não tem definição. Em Rio Grande, no Sul do estado, apenas funcionários do Banco do Brasil seguem em greve. Nas regiões de São Sebastião do Caí, Santa Cruz do Sul e Ijuí, novas assembleias serão realizadas a partir das 8h de terça-feira (27) para definir a situação.

- RONDÔNIA

Os funcionários do Banco do Brasil e bancos particulares decidiram pelo fim da greve. Os bancários da Caixa Econômica Federal optaram por continuar paralisados.

- SANTA CATARINA

Bancários de bancos privados, da Caixa e do Banco do Brasil na Grande Florianópolis e todos da região de Criciúma, no Sul do estado, decidiram encerrar a greve.Outras regiões do estado faziam assembleias

- SÃO PAULO

O sindicato do estado de São Paulo decidiu pelo fim da greve. Os bancários de Limeira também encerraram a greve. Segundo o sindicato da categoria, que engloba também a cidade de Iracemápolis (SP), as 34 agências públicas e privadas dos dois municípios já foram abertas nesta segunda-feira (26).

Os bancários de Sorocaba e região aprovaram fim da greve. As agências bancárias públicas e privadas do Alto Tietê também retomam o atendimento nesta terça. Em Piracicaba, São José do Rio Preto, Araçatuba e região , São Carlos, Araraquara e Rio Claro e região e Campinas a decisão também foi o fim da greve.


- SERGIPE

Os bancários do estado encerraram a greve.


- TOCANTINS

Bancários decidiram retomar o trabalho na terça.


Reajuste salarial de 10%

A última proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaba) ofereceu reajuste salarial de 10%, aplicáveis aos salários, benefícios e participação nos lucros, além de correção de 14% no vale-refeição e no vale-alimentação.

Segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), os bancos aceitaram também abonar 63% das horas dos trabalhadores de 6 horas, de um total de 84 horas, e 72% para os trabalhadores de 8 horas, de um total de 112 horas. Assim, após a volta ao trabalho, os bancários irão compensar, no máximo, uma hora por dia útil, até o dia 15 de dezembro.

Inicialmente, os bancos ofereceram um reajuste de 5,5%, enquanto os bancários reinvindicavam uma correção de 16% nos salários.

"A nova proposta da Fenaban, apresentada no 19º dia da greve, significa a manutenção do modelo que vinha sendo colocado em prática nos últimos anos, de reposição integral da inflação mais aumento real e abono parcial dos dias parados", informou a Contraf, em nota.

Em 12 meses, até setembro, a inflação acumulada chegou a 9,77%, segundo o IPCA-15, medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A greve da categoria entou nesta segunda-feira em seu 21º dia. Durante a paralisação, mais de 12 mil das 22.975 agências instaladas no país chegaram a fechar as portas para o público.

Greves em 2013 e em 2014

No ano passado, os bancários fizeram uma greve entre 30 de setembro e 06 de outubro. Os trabalhadores pediam em reivindicação inicial reajuste salarial de 12,5%, além de piso salarial de R$ 2.979,25, PLR de três salários mais parcela adicional de R$ 6.247 e 14º salário. A categoria também pedia aumento nos valores de benefícios como vale-refeição, auxílio-creche, gratificação de caixa, entre outros. A greve foi encerrada após proposta da Fenaban de reajuste de 8,5% nos salários e demais verbas salariais, de 9% nos pisos e 12,2% no vale-refeição.

Em 2013, os trabalhadores do setor promoveram uma greve de 23 dias, que foi encerrada após os bancos oferecerem reajuste de 8%, com ganho real de 1,82%. A duração da greve na época fez a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) pedir um acordo para o fim da paralisação, temendo perdas de até 30% nas vendas do varejo do início de outubro.


g1

Paraíba teve o menor percentual de faltosos no Enem e Roraima, o maior


A Paraíba foi o estado com o menor percentual de candidatos que faltaram ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste fim de semana. De acordo com dados divulgados hoje (26) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 20,7% não fizeram a prova no estado. Roraima teve o maior índice de faltosos: 34,9% dos inscritos.

O Enem deste ano registrou o menor índice de abstenção desde 2009: 25,5%, de acordo com o balanço apresentado ontem (25) pelo ministro da Educação Aloizio Mercadante. Na edição do ano passado, o índice de faltas ficou em 28,9%.

Na divulgação de hoje, o Inep destacou o baixo índice de abstenção em Santa Catarina (22,4%), menor do que a média nacional. Apesar dos problemas que o estado enfrenta com as chuvas, 77,6% dos inscritos no Enem conseguiram fazer as provas.

Os estudantes que conseguiram isenção da taxa de inscrição este ano, mas não justificarem a ausência na prova só farão o Enem em 2016 mediante pagamento.

Os participantes inscritos dos municípios catarinenses de Rio do Sul e Taió, que tiveram as provas suspensas por conta das fortes chuvas na região, terão oportunidade de fazer o exame nos dias 1º e 2 de dezembro. No Pará, 661 alunos da escola Nossa Senhora do Rosário, no município de Marituba, farão as provas do segundo dia também em 2 de dezembro. As provas na escola paraense foram interrompidas devido a problemas na rede elétrica.

Os gabaritos oficiais do Enem serão divulgados até quarta-feira (28). As provas do exame, em formato digital, estarão disponíveis a partir de sexta-feira (30), na página do Inep. A expectativa do Ministério da Educação é divulgar as notas na primeira semana de janeiro, quando também deverá sair o edital com as vagas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

A porcentagem de faltosos por estado foi a seguinte:

Estado Abstenção (%)

Acre 26
Alagoas 23,3
Amazonas 31,9
Amapá 24,7
Bahia 26,1
Ceará 23,8
Distrito Federal 29,4
Espírito Santo 25,3
Goiás 26,2
Maranhão 23,2
Minas Gerais 26,1
Mato Grosso do Sul 30,7
Mato Grosso 29,2
Pará 23,4
Paraíba 20,7
Pernambuco 23,8
Piauí 21,2
Paraná 24,7
Rio de Janeiro 25,4
Rio Grande do Norte 22,1
Rondônia 26,3
Roraima 34,9
Rio Grande do Sul 26,5
Santa Catarina 22,4
Sergipe 23,2
São Paulo 27,2
Tocantins 26,2

Total 25,5
Edição: Nádia Franco

Mariana Tokarnia - Repórter da Agência Brasil



PF deflagra nova fase da Operação Zelotes e faz busca no escritório do filho de Lula

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta segunda-feira uma nova fase da Operação Zelotes, responsável por investigar organizações criminosas que atuavam na manipulação do trâmite de processos e no resultado de julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). A estimativa é que tenham sido desviados mais de R$ 19 bilhões.

Segundo o jornal O Globo, a PF cumprirá um mandato de busca e apreensão na LFT Marketing Esportivo, escritório de Luis Claudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O lobista Alexandre Paes dos Santos já foi preso na operação. Além dele, o sócio da empresa SGR, José Ricardo da Silva, teve sua prisão decretada.


De acordo com comunicado da corporação, cerca de 100 policiais cumprem 33 mandados judiciais, sendo seis de prisão preventiva, 18 de busca e apreensão e nove de condução coercitiva nos estados de São Paulo, Piauí e Maranhão e no Distrito Federal.


A nova etapa da operação, segundo a PF, aponta que um consórcio de empresas, além de promover a manipulação de processos e julgamentos dentro do Carf, também negociava incentivos fiscais a favor de empresas do setor automobilístico. “As provas indicam provável ocorrência de tráfico de influência, extorsão e até mesmo corrupção de agentes públicos para que uma legislação benéfica a essas empresas fosse elaborada e posteriormente aprovada”, informou o comunicado.


Os crimes investigados pela PF incluem tráfico de influência, corrupção passiva, corrupção ativa, associação criminosa, organização criminosa e lavagem de dinheiro. Na semana passada, a Corregedoria-Geral do Ministério da Fazenda abriu o primeiro processo administrativo disciplinar para apurar responsabilidade funcional de um envolvido na Operação Zelotes. A pasta não informou o nome do conselheiro investigado.

*Com informações de agências

Mais resistente, 'supergonorreia' deixa autoridades em alerta

O medo de uma tal de supergonorreia tem deixado autoridades de saúde do mundo todo de cabelo em pé.

A bactéria causadora da doença, antes considerada um tanto boba e inofensiva, já mostra sinais de resistência aos antibióticos disponíveis e fez acender um sinal de alerta em vários países, incluindo o Brasil.

Desde 2008, o número de casos de gonorreia na Europa cresceu 79%, segundo relatório recente do Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças. Nos EUA, os casos aumentaram 8,2% entre 2009 e 2013.

Com mais bactérias circulando por aí e, portanto, mais antibióticos sendo usados contra elas, aumenta a pressão seletiva para que sobrem apenas as mais resistentes, lembra Ralcyon Teixeira, supervisor do pronto-socorro do Instituto de Infectologia Emilio Ribas, em São Paulo. O uso indevido de antibióticos também contribui.

Neste ano, a Inglaterra registrou um surto de gonorreia resistente ao antibiótico azitromicina no norte do país, segundo a Associação Britância de Saúde Sexual e HIV. Japão, França e Espanha registraram nos últimos anos casos de gonorreia resistente ao medicamento padrão, a ceftriaxona. E estudo publicado na revista "New England Journal of Medicine" relatou uma nova cepa de bactéria resistente na Austrália.

Nos EUA, pesquisadores dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças já estão até sequenciando o DNA da bactéria para fazer testes que digam rapidamente se a infecção do paciente é resistente a essa ou aquela droga.

"A gonorreia sem tratamento é inevitável, só uma questão de tempo", disse Colm O'Mahony, consultor de medicina geniturinária no Countess of Chester Hospital (Inglaterra), em palestra no Congresso Europeu de Dermatologia, em Copenhague. "E a indústria não está interessada em desenvolver novos antibióticos."

De fato, o investimento em antibióticos, de forma geral, tem caído. Em 2008, 8 das 15 grandes farmacêuticas haviam abandonado seus programas de descoberta de antibióticos e duas delas tinham feito cortes nessa área na década passada, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Isso porque as pesquisas são caras e a resistência bacteriana pode diminuir o tempo de vida das drogas. Antibióticos são usados por pouco tempo, ao contrário de remédios para doenças crônicas, e ainda há remédios genéricos que conseguem tratar a maioria das infecções.


www1.folha.uol.com.br/

Bacon e linguiça podem causar câncer, diz OMS

Linguiças, bacon e outras comidas processadas também podem causar diferentes tipos de câncer, aponta relatório da OMS (Organização Mundial da Saúde) que deve ser divulgado nesta segunda (26).

A Iarc (International Agency for Research on Cancer), ligado à OMS, avaliou que a carcinogenicidade (capacidade de provocar tumores) está presente no consumo de carne processada e de carne vermelha.

A carne processada se refere a carne que tenha sido transformada através de salga, secagem, fermentação, tabagismo, ou outros processos para melhorar o sabor ou melhorar a preservação, como por exemplo, salsichas, linguiça, bacon, presunto, carne enlatada e carne seca ou beef jerky, bem como carne enlatada e preparações e molhos à base de carne. Já a carne vermelha se refere a todos os tipos de carne de músculo de mamíferos, como carne bovina, vitela, porco, cordeiro, carne de carneiro, cavalo e de cabra.

A agência passa a classificar o bacon e a linguiça como produtos do Grupo 1 no qual podem causar câncer colorretal. Esse grupo inclui o cigarro, o álcool e o amianto que apresentam "evidência suficiente" na incidência de câncer.

Segundo especialistas, a cada porção de 50 gramas de carne processada ingerida diariamente aumenta em 18% o risco de câncer colorretal. "Para um indivíduo, o risco de desenvolver câncer colorretal, devido ao consumo de carne ainda é pequeno, mas este risco aumenta com a quantidade de carne consumida", diz, em nota, o médico Kurt Straif, responsável pela equipe que realizou a pesquisa.

"Tendo em vista o grande número de pessoas que consomem carne processada, o impacto global sobre a incidência de câncer é de importância para a saúde pública", afirma Straif.

Especialistas afirmam ainda que as sustâncias adicionadas durante o processamento podem causar câncer. Isso ocorre porque são usados sal e aditivos químicos no presunto, patê e hambúrgueres para mantê-los conservados.

Já a carne vermelha foi classificada como "evidência limitada" de incidência de câncer, e foi listada no Grupo 2A, que contém o glifosato –usado nas plantações transgênicas. A Iarc descobriu relação principalmente para câncer colorretal, mas também para câncer de pâncreas e de próstata.

A inclusão desses alimentos foi realizada após uma profunda revisão da literatura científica realizada por 22 especialistas de 10 países. O grupo de pesquisa da Iarc analisou mais de 800 estudos que investigam associações de mais de uma dúzia de tipos de câncer com o consumo de carne processada ou de carne vermelha. A evidência mais influente veio de grandes estudos realizados ao longo dos últimos 20 anos.

A literatura médica já registra que o consumo elevado de carne processada pode elevar em 35% a incidência de câncer de intestino. Uma explicação é que a maior quantia de proteínas aumenta o nível do fator de crescimento semelhante a insulina, que reflete a ação do hormônio de crescimento, ligado a alguns cânceres.

Especialistas dizem que a dieta hiperproteica pode até deflagrar um processo inflamatório que levaria ao aumento de peso mais tarde. Isso porque a proteína, quando é transformada em glicose no fígado, sobrecarrega o órgão, desestabiliza hormônios e o processo de absorção dos alimentos.

1.folha.uol.com.br/

Ciência descobre quanto tempo permanecemos conscientes após morrer

Reprodução

É basicamente um consenso entre o seres humanos o questionamento da seguinte dúvida: o que acontece quando morremos? Pensando nisso, a ciência desenvolveu vários tipos de pesquisa voltadas a essa área.

E, agora, uma equipe de cientistas da Universidade de Southampton, no Reino Unido, confirma uma descoberta incrível. Os pesquisadores dizem saber por quanto tempo funciona a consciência humana após a morte clínica.

O estudo em questão foi desenvolvido, segundo os pesquisadores, em larga escala. Foram 2 mil pessoas que já atravessaram períodos de morte clínica e retornaram. Mais de 40% dos entrevistados afirmam que estavam conscientes durante todo esse tempo.

Depois das pesquisas com essas pessoas, os médicos chegaram à conclusão de que há um período estimado de tempo em que as pessoas ficam conscientes. Segundo eles, esse meio-tempo teria a duração entre dois e três minutos.

No total, afirmam os pesquisadores, apenas 150 dos 2 mil entrevistados afirmaram que, no período, tiveram pela consciência e lembraram das técnicas e tratamentos que salvaram suas vidas naqueles momentos. Já outros 330 afirmam que não tiveram ajuda médica para voltar à vida.


Jovem que foi atropelado na BR-230 em Cajazeiras morre vítima de infarto na madrugada desta segunda-feira

O popular Eliézio da Silva Rolim, de 37 anos, que foi atropelado por uma motocicleta no início da noite do sábado (24) na BR 230 próximo ao posto fiscal na cidade de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba faleceu na madrugada desta segunda-feira (26) vítima de infarto.

De acordo com informações de testemunhas, a vítima sofreu um acidente no início do último sábado mais fugiu do Hospital sendo encontrado dormindo na Rua.

O pedestre foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até o HRC onde permaneceu internado, mais devido à fragilidade física de Hélio do bairro dos Remédios como era conhecido acabou tendo um infarto fulminante que tirou sua vida.

O corpo foi liberado para seu sepultamento. Hélio era usuário de drogas o que pode ter causado sua morte.



FONTE: ANGELO LIMA

domingo, 25 de outubro de 2015

Atropelamento na BR 230 em Cajazeiras neste sábado deixa homem ferido

Um acidente tipo atropelamento ocorreu no final da tarde deste sábado (24), na BR 230 proximidades do Posto Fiscal Nilson Lopes em Cajazeiras quando uma moto conduzida por José Ruan da Silva, 19 anos, atropelou o popular Eliezio da Silva Rolim, 37 anos, no momento que ele tentava atravessar a rodovia.

Devido ao forte impacto, o condutor da moto também ficou ferido ao cair após o atropelamento, sendo socorrido ao Hospital Regional juntamente com outra pessoa que era transportava como carona, com ferimentos pelo corpo.

A vítima atropelada foi socorrida por uma equipe do SAMU. A PRF esteve no local dando suporte e fazendo os levantamentos do acidente.



FONTE: PORTAL CZN

Mais de 10 mil pessoas perderam o emprego na Paraíba


O mês passado apresentou um saldo positivo de 1,1 mil empregos (diferença entre admissões e demissões), um crescimento de 0,29% diante de agosto, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), na Paraíba. Ainda assim, foi o pior setembro da série histórica, iniciada em 2003.

Mesmo com um pequeno crescimento, nos nove primeiros meses do ano, foram perdidos 10.210 postos de trabalho, um decréscimo de 2,41% em relação a 2014.

No Brasil, foram cortados 1,2 milhão de postos formais nos últimos 12 meses até setembro. Considerando apenas o mês passado, foram extintos 95,6 mil postos.

Em setembro, o segmento da indústria da transformação foi a que mais empregou, enquanto o comércio foi o que mais demitiu no Estado. Nos últimos 12 meses, incluindo outubro, novembro e dezembro do ano passado, a queda na quantidade de empregos foi menor, de 7.237 (-1,72%), em relação ao mesmo período de 2013/2014.

Crise não poupou nem o Papai Noel

A piora no mercado de trabalho não poupou nem o Papai Noel. A procura do comércio pelos profissionais que personificam o bom velhinho caminha a passos lentos. De acordo com o diretor da Escola de Papai Noel do Brasil, com sede no Rio, Limachem Cherem, lojistas têm sinalizado não ter condições de pagar mais do que no ano passado pelos cerca de 40 dias de trabalho e têm adiado a contratação para barganhar lá na frente: “Quanto mais perto da data o comércio deixar para contratar, maior é a possibilidade de encontrarem um Papai Noel que, para não ficar sem trabalho, vai aceitar o que for oferecido”.

Para piorar o cenário, a escola recebeu o dobro de candidatos ao curso preparatório – cerca de 200 -, se comparado à média dos anos anteriores. Sem emprego desde junho de 2014, quando a empresa na qual trabalhava o dispensou, o técnico em estrutura naval Rodrigo Martin, 60 anos, viu no curso uma chance de ganhar um extra. Deixou até a barba crescer. “ A gente já tem bastante idade e se vê sem perspectiva, com o Brasil do jeito que está. É difícil. Estou torcendo para arrumar um contrato”.



Com Jornal Correio

Lava Jato; Deputado paraibano controlava distribuição de propina, diz Procuradoria Geral da República

A Procuradoria Geral da Repúblicacalculou em R$ 357.945.680,52 o total depropina recebida pelo ex-diretor daPetrobras Paulo Roberto Costa, um dos delatores da Operação Lava Jato, e peloPartido Progressista (PP) a partir dedesvios de recursos na área de Abastecimento da estatal.

Em nota, o partido “reitera que não admite a prática de atos ilícitos e confia na Justiça para que os fatos sejam esclarecidos”. Para a defesa do deputado, doação legal não pode ser considerada propina. O advogado de Paulo Roberto Costa negou que apropina paga ao seu cliente e ao PP alcance R$ 357,9 milhões (leia todas as versões ao final desta reportagem).

A PGR narra que a partir de 2011, o comando do PP passou para outros parlamentares, que também passaram a controlar a distribuição da propina: os senadores Ciro Nogueira (PI) e Benedito de Lira (AL) e os deputados federais Arthur de Lira (AL), Eduardo da Fonte (PE) e Aguinaldo Ribeiro (PB)

A cifra foi informada em denúncia apresentada nesta quinta-feira (22) pela PGR contra odeputado federal Nelson Meurer (PP-PR) e seus dois filhos por suposta prática decorrupção passiva e lavagem de dinheiro. A procuradoria informa que, do total repassado, R$ 62,1 milhões foram destinados a parlamentares do PP por meio do doleiro Alberto Youssef.

Segundo a denúncia, ele era responsável por administrar “um verdadeiro ‘caixa depropinas’ do PP” e realizou pelo menos 180 pagamentos para integrantes da sigla.

Na peça, o deputado Nelson Meurer é acusado de receber R$ 29,7 milhões em repasses mensais de R$ 300 mil entre 2006 e 2014. Além disso, teria recebido mais R$ 4 milhões em espécie para sua campanha e outros R$ 500 mil na forma de doações eleitorais da construtora Queiroz Galvão.

Segundo a PGR, o dinheiro de propina servia para que Nelson Meurer e o ex-presidente do PP José Janene (morto em 2010) dessem “apoio e a sustentação política necessários” para manter Paulo Roberto na Diretoria de Abastecimento da Petrobras (que ocupou entre 2004 e 2012), com “finalidade predeterminada de locupletação própria e de terceiros”.

Ao final, a PGR pede que, em caso de condenação, os R$ 357,9 milhões desviados daPetrobras sejam devolvidos como forma de ressarcimento pelos danos causados. Além disso, a procuradoria pede a cassação do mandato de Nelson Meurer.

Aguinaldo Ribeiro citado – Na denúncia, a PGR narra que Paulo Roberto foi nomeado diretor em 2004 pela cúpula do PP à época, integrada, além de Janene e Meurer, pelos deputados Pedro Corrêa (PE) e Pedro Henry (MT) – esses dois últimos, condenados no escândalo do mensalão. A peça também aponta relação mais próxima de Janene com João Pizzolatti (SC) e Mário Negromonte (BA), ambos também investigados na Lava Jato.

“Tais deputados, exatamente pela papel de comando que exerciam no PP, foram os grandes articuladores e beneficiários do esquema de corrupção e lavagem de dinheiro implantado na Diretoria de Abastecimento da Petrobras”, diz a denúncia.

A PGR narra que a partir de 2011, o comando do PP passou para outros parlamentares, que também passaram a controlar a distribuição da propina. Cita como integrantes desse segundo grupo os senadores Ciro Nogueira (PI) e Benedito de Lira (AL) e os deputados federais Arthur de Lira (AL), Eduardo da Fonte (PE) e Aguinaldo Ribeiro(PB), também investigados no caso.

Quanto a Nelson Meurer, o procurador-geral da República, rodrigo Janot, diz que ele foi “beneficiário de todos os tipos de repasses de propina, tanto periódicos e ordinários, como episódicos e extraordinários, em todos os momentos pelos quais passou o PP, principalmente antes, mas também depois da mudança de comando na agremiação partidária”.

A denúncia ainda diz que a sustentação política dada por Meurer para manter Paulo Roberto no cargo consistia numa “sinalização continuada” de que, mantido o esquemade propina, o PP permaneceria na base de apoio ao governo.

Defesa – A defesa de Meurer informou que teve acesso à denúncia somente no final da tarde e vai que vai se pronunciar posteriormente sobre as acusações.

Procurado mais cedo pelo G1, o advogado de Meurer, Michel Saliba, ainda sem acesso àdenúncia, disse que, em princípio, pretendia apresentar resposta ao STF dentro de 15 dias.

Questionado sobre como será a defesa, ele afirmou que deverá alegar a tese consolidada nos tribunais de que doação legal não pode ser considerada como propina.

“Doação de empresa é doação de empresa. Não tem como carimbar dinheiro doado a algum candidato como fruto de uma troca. Se assim o for, todos os deputados que receberam doação de empresas que estão investigadas — de uma forma ou de outra, não só na Lava Jato, mas se tiver alguma imputação criminal sobre ela — esse parlamentar passa a ser suspeito”, afirmou.

Para a defesa, a PGR deveria apontar um “nexo de causalidade” entre algum ato dodeputado e o recebimento do dinheiro para a configuração de propina.

O advogado João de Baldaque Mestieri, que faz a defesa de Paulo Roberto Costa, negou a informação da PGR de que o total de propina paga ao seu cliente e ao PPx chegou a R$ 357,9 milhões.

“Que imaginação! Pode desmentir”, afirmou Mestieri. E completou: “Tudo o que ele tinha a dizer já foi dito. O resto é figuração. Não há sentido algum. Ele está sendo agora bombardeado de uma maneira… Não sei se é desespero. Isso não existe, ele não tem nada”, declarou.

Nota do PP – Leia abaixo a íntegra da nota divulgada pelo PP.

NOTA – PARTIDO PROGRESSISTA

O Partido Progressista reitera que não admite a prática de atos ilícitos e confia na Justiça para que os fatos sejam esclarecidos.



Assessoria
Colaborou Fernanda Calgaro, do G1, em Brasília

Estudantes capotam carro e morrem após saírem de vaquejada na Paraíba

Reproução/ facebook
Dois estudantes morreram e uma garota ficou gravemente ferida na madrugada deste domingo (25) em um acidente na cidade de Coremas, no Sertão do estado a 390 km de João Pessoa, na PB-426. O capotamento do veículo onde das vítimas estavam ocorreu após deixarem uma vaquejada.


Segundo sargento Pedro Morais, do Pelotão da Polícia Militar de Coremas, sete jovens estavam dentro de um veículo Fiat Uno. O motorista teria perdido o controle da direção e capotado o carro, que terminou caindo em um barranco.

“Um dos jovens que morreram foi identificado como sendo Anderson Lopes de Souto, 22 anos. O outro que morreu não temos identificação, mas sabemos que os dois são da mesma família. Testemunhas disseram que o motorista perdeu o controle do volante e provocou o acidente. O condutor também morreu. Dentro do veículo vinham sete pessoas, onde duas morreram, uma ficou ferida grave e outras quatro tiveram ferimentos leves”, comentou o policial.

Ainda de acordo com o sargento, a jovem grave foi levada pelo Samu para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. O estado de saúde será divulgado nesta segunda-feira (25).


Portal Correio

Greve dos bancários pode acabar na próxima semana


O Comando Nacional dos Bancários vai recomendar que a categoria aprove a proposta de reajuste salarial apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), o que pode marcar o fim da greve da categoria que completa 21 dias na segunda-feira, disse o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região neste sábado.

Os bancos ofereceram reajuste de 10% nos salários e benefícios, com ganho real de 0,11%, e de 14% nos vales refeição e alimentação. “Foi uma vitória dos trabalhadores porque os bancos queriam um reajuste abaixo da inflação”, disse a presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo e uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários, Juvandia Moreira, em comunicado.

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Furacão Patricia ameaça México com 'consequências potencialmente catastróficas'

Henry Romero/Reuters


Funcionários de restaurante cobrem janelas com placas de madeira, enquanto o furacão Patricia se aproxima, no balneário de Puerto Vallarta, no Mèxico

O México se prepara para enfrentar o mais forte furacão já registrado nas Américas, que traz consigo um "potencial catastrófico".

Segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, o Patricia já provocou na tarde da última quinta-feira (22) ventos de 240km/h e alcançará a categoria 5 --o nível mais alto da escala Saffir-Simpson.

São esperados ventos de até 325km/h, que seriam fortes o suficiente para "fazer um avião ir pelos ares e mantê-lo voando", segundo a Organização Meteorológica Mundial, que comparou a intensidade do Patrícia à do tufão Haiyan, que matou 6.300 pessoas nas Filipinas em 2013.

A Secretaria de Governo do México declarou estado de "emergência extraordinária" em várias localidades dos Estados de Colima, Nayarit e Jalisco com a iminente chegada do furacão. Cerca de 400 mil pessoas vivem nas áreas consideradas vulneráveis ao furacão.

"Os prognósticos seguem indicando que a zona de impacto do olho do furacão será o Estado de Jalisco", explicou o diretor da Comissão Nacional da Água, Roberto Ramírez de la Parra. "É muito provável que esse furacão seja o mais intenso que já existiu na parte do Pacífico do nosso país."
Enchentes e deslizamentos

O México normalmente enfrenta tempestades tropicais vindas tanto do Atlântico quanto do Pacífico nesta época do ano e já começou a evacuar as áreas que serão potencialmente mais afetadas pelo Patrícia, tirando cerca de 50 mil pessoas da zona costeira.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos alerta que enchentes, deslizamentos de terra e grandes ondas poderão ocorrer. "O Patricia deverá ser extremamente perigoso quando tocar a terra", afirmou a organização americana.

As autoridades mexicanas preparam albergues para atender 295 mil pessoas, e as aulas foram suspensas em escolas de vários Estados.

Além disso, o governo aconselhou que turistas não viajem para a região. O centro turístico de Puerto Vallarta, em Jalisco, pode ser diretamente afetado pelo furacão.
Prevenção

Alguns estabelecimentos seguiram as recomendações de autoridades e permaneceram fechados nesta sexta-feira. "Melhor prevenir do que remediar. Os furacões são sempre imprevisíveis", disse Enrique Esparza, diretor de uma loja de móveis em Manzanillo à agência de notícias AFP.

Nesta localidade, moradores já foram a supermercados para fazer compras de emergência e se preparar para o caso de o furacão causar estragos maiores. A previsão é de que o Patricia traga cerca de 15 a 30 cm de chuva nos Estados de Jalisco, Colima, Michoacán e Guerrero.

Também há um temor de que possa haver inundações na costa, acompanhadas de "ondas gigantes e destruidoras". A Comissão de Águas alertou que os rios podem transbordar e as estradas poderão ser afetadas pelo mau tempo.

Dossiê secreto da Aeronáutica relata aparições de ovnis no Brasil

No fim de setembro deste ano, a Nasa anunciou a descoberta de existência de água em Marte. Esta revelação mexe ainda mais com a imaginação de todos acerca da existência de vida fora da Terra. 

No Brasil, depois de uma exaustiva batalha, ufólogos conseguiram que o governo liberasse documentos confidenciais da Aeronáutica, que mostram cinco décadas de investigações no espaço aéreo brasileiro. Relatórios, fotos e vídeos comprovariam que pilotos e controladores de voo tiveram contatos com ovnis. 

O dossiê secreto dos militares sobre avistamento de naves espaciais nos céus do país está nas mãos do respeitado ufólogo Ademar José Gevaerd.

Estudante processa Valesca por quebra de contrato para filme erótico

Hiran Matheus Silva de Araújo e Valesca Popozuda em vídeo de divulgação do projeto












Nas salas do 14º Juizado Especial Cível, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio de Janeiro, não se fala em outra coisa. Os servidores, estagiários e, até juízes, fazem anedotas, enquanto algumas funcionárias ruborizam ao ler os autos do processo por quebra de contrato de participação de Valesca Popozuda, 37 anos, no filme erótico 'A Experiência Oral de Madame Bovary'.
De um lado da disputa judicial estão a funkeira e seu empresário, Leandro Gomes de Castro, mais conhecido no mundo artístico como Pardal. Do outro, o aluno da faculdade de Cinema da Universidade Federal Fluminense Hiran Matheus Silva de Araújo, 22 anos, que cobra da dupla indenização por danos materiais e morais no valor de R$ 31 mil.


No documento de mais de cem páginas, o jovem aspirante a cineasta acusa a cantora e seu agente de não cumprirem o contrato de permuta assinado em 13 de janeiro de 2013, no qual Valesca compromete-se a "prestar seus serviços como atriz" e Pardal a financiar 50% do custo do filme. Em troca, Hiran e sua equipe executariam gratuitamente um videoclipe para a cantora disponibilizar em seu canal no YouTube e em outros meios de divulgação.
Procurado pela reportagem, o empresário afirma desconhecer que ele ou Valesca estejam sendo processados. "Eu não tenho nada para esconder de ninguém, só que eu realmente não sei de ação nenhuma. Sobre a Valesca, se ela sabe eu tenho que ligar para ela (para confirmar)". Questionado sobre a existência do contrato do filme, Pardal respondeu que só se pronunciaria após conversar com a sua advogada. Já a cantora não respondeu aos recados deixados em sua secretária eletrônica.

Na ação, o estudante alega que ele e seus parceiros também procuraram a cantora e seu empresário por meio de telefonemas, e-mail e mensagens de celular. Em conversas de WhatsApp as quais o UOL teve acesso com exclusividade, Mário Pragmácio, representante legal do universitário, tentou algumas vezes agendar reunião para resolver o impasse com o empresário de Valesca. Pardal até prometeu comparecer ao encontro. Porém, segundo o estudante, nunca chegaram a se reunir.
Segundo texto do processo, Myrella Marinho, então assessora de imprensa de Valesca, comunicou que a artista não desejava mais aparecer em cenas, digamos, demasiadamente ousadas previstas no roteiro. Para assessora, sequências como a que a funkeira teria que simular uma relação de sexo oral e interpretar um orgasmo não eram mais compatíveis "aos altos investimentos na carreira" da artista, que abandonara as letras vulgares para transitar em todas as classes sociais.

Descontentes com o roteiro do filme e sem mais depender do estudante para realizar seus videoclipes (Valesca garante ter gasto R$ 497 mil de seu próprio bolso para realizar "Beijinho No Ombro"), a cantora e o empresário condicionaram a participação nas reuniões e, consequentemente, no projeto à mudança radical do enredo do curta-metragem.

"Eu vou cumprir com a minha parte desde que o tema não seja esse, já conversamos quase 40 minutos no telefone sobre isso. Quando vocês tiverem outro tema, eu marco a data e assino um novo contrato, só depende aí do seu cliente", afirmou Pardal em outro trecho da troca de mensagens com Pragmácio.

O empresário por fim cortou relações com os produtores do filme e não respondeu sequer à notificação extrajudicial enviada pelo representante legal de Hiran, dando indícios que o cumprimento do contrato não seria mais uma opção.

Na próxima quinta-feira (29), será realizada a primeira audiência de conciliação entre Valesca e Pardal com os produtores do filme.

Garoto de 14 anos mata irmão de 17 por causa de um pedaço de fruta

 Um adolescente de 14 anos matou o irmão de 17 durante uma briga por causa de um mamão no município de Olindina, localizado a 200 km de Salvador. M. S. S. esfaqueou D. S. S. após ele pegar e amassar a fruta, que havia caído no chão.

O menor disse que estava cortando um pedaço do mamão, quando a vítima tentou tomar a fruta das mãos dele. O alimento acabou caindo no chão e D. S. S. se abaixou, pegou e amassou a fruta, dizendo que "nem eu e nem você". Em seguida, jogou uma faca contra o irmão, que pegou a arma e golpeou o adolescente.

Ao ver o que tinha acontecido, o menor correu para pedir ajuda, e acabou encontrando o pai, que estava a caminho de casa. D. S. S. foi atingido no tórax e foi socorrido, porém, não resistiu ao ferimento e morreu a caminho da unidade hospitalar.

A polícia apreendeu o garoto em flagrante. A faca também foi apreendida e encaminhada para ser periciada. Os familiares saíram em defesa do autor do ato infracional e disseram que os irmãos brigavam constantemente. Ainda de acordo com a família, a vítima agredia com frequência os outros irmãos e até o próprio pai.

A promotoria da cidade já solicitou a internação do menor, que se mostrou arrependido e disse que não tinha a intenção de matar o irmão. Ele está em uma cela separada, aguardando a transferência para um abrigo para menores infratores.
FONTE:
Com informações do R7

O São Francisco tem data marcada para morrer: fim de novembro


O Operador Nacional do Sistema (ONS) de energia no País deu o alerta: o reservatório de Sobradinho, que está com pouco mais de 5% da capacidade, deve entrar no volume morto no final de novembro. Isso significa que o rio vai cortar, interrompendo seu tênue fluxo d’água.

Um total de R$ 529 mil foi autorizado nesta quarta-feira (21) pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS) para dar início às ações de apoio aos municípios localizados às margens do Lago da Barragem de Sobradinho. Os recursos são destinados para a aquisição de equipamentos, identificação de pontos de captação de água e intervenções emergenciais em pequenos sistemas de abastecimento nas sedes municipais e seus distritos.

O diagnóstico emergencial já foi feito nas cidades de Barra, Bom Jesus da Lapa, Carinhanha, Casa Nova, Curaçá, Juazeiro, Paratinga, Pilão Arcado, Rodelas, Remanso, Sento Sé, Serra do Ramalho, Sítio do Mato, Sobradinho e Xique-Xique. O Lago de Sobradinho se encontra hoje com 5,59% do seu volume útil de armazenamento.

A previsão de chegada ao volume morto é no final do mês de novembro, quando o nível da água alcançará 5,45 bilhões de metros cúbicos, suficiente para garantir o abastecimento de água para consumo humano por mais 3 meses, até o retorno do período de chuvas.

Jovens fazem enterro de amigo que sumiu após começar a namorar


O jovem Keiran Cabo, de 20 anos, passou por uma verdadeira zoação feita pelos seus amigos. Após começar a namorar Jess Ferguson, de 19 anos, o rapaz não deu mais atenção aos amigos e sequer responde mensagens e ligações.

De acordo com seus colegas, o jovem está sumido há 18 meses e não possui mais nenhum contato. Para marcar esse sumiço, os rapazes resolveram fazer um funeral como uma espécie de pegadinha porque os colegas consideraram ele morto, visto que dizem que a namorada é taxada de controladora.

Foi uma cerimônia completa, com carro fúnebre, flores e comitiva. E gente chorando incessantemente. Até uma certidão de óbito eles fizeram. Keiran não responde mais mensagens de texto ou emails. A ideia começou quando, numa reunião num pub, três dos amigos brincaram e disseram "Descanse em Paz, Keiran”.

A namorada do rapaz se defendeu e afirmou que não tem nada a ver com isso, achou a situação engraçada e disse que Keiran é livre para ver os amigos.


FONTE:
Com informações do R7

Diário publica edital de concurso da UFPB para técnicos-administrativos


Universidade Federal da Paraíba (UFPB)Inscrições
De 4 de janeiro até 4 de fevereiro
Vagas
154 vagas no total
Sendo:
121vagas para ampla concorrência
7 vagas para deficientes
26 vagas para afrodescendentes
Salários
R$ 1.739,04 até R$ 3.666,54
Taxas
R$ 57 (nível supeior - grupo E)
R$ 42 (nível médio/técnico - grupo D)
R$ 30 (nível fundamental - grupo C)
Provas
13 de março de 2016 (Objetivas)


Foi publicado, no Diário Oficial da União desta sexta-feira (23), o edital do concurso público para técnicos-administrativos da Universidade Federal da Paraíba. O concurso prevê o preenchimento de 154 vagas para 37 cargos para os campi de João Pessoa, Bananeiras, Areia, Mamanguape e Rio Tinto. O edital completo pode ser conferido a partir da página 93 do Diário Oficial da União deste dia 23 de outubro.

As oportunidades abrangem as Classes E, D e C, anteriormente denominadas como de Níveis Superior, Intermediário e de Apoio. O piso salarial é de R$ 1.739,04 e o teto de R$ 3.666,54 além de vantagens como vale alimentação, transporte e incentivo à qualificação. Já as jornadas de trabalho podem ser de 20, 25 e 40 horas.

As taxas serão de R$ 57 para os cargos da classe E; R$ 42 para os cargos da classe D; e, R$ 30 para os cargos da classe C. As inscrições serão feitas apenas pela internet, no site da organizadora do concurso da UFPB, a partir das 14h (horário da Paraíba) do dia 4 de janeiro de 2016 às 23h59 (horário da Paraíba) do dia 4 de fevereiro de 2016.

As provas objetivas de múltipla escolha serão realizadas simultaneamente nas cidades de João Pessoa, Bananeiras, Areia, Mamanguape e Rio Tinto, com data, inicialmente prevista, para o dia 13 de março de 2016. A prova terá duração de quatro horas para sua realização, em dois turnos. O maior número de vagas do concurso é para o cargo de assistente em administração, sendo 70 do total de 154 vagas estão previstas para o cargo.

As vagas por grupo classificado a partir do nível de escolaridade são para Grupo E - Administrador, Analista de Tecnologia da Informação, Arquiteto, Arquivista, Assistente Social, Bibliotecário-Documentalista, Contador, Engenheiro Área Civil, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Farmacêutico, Jornalista, Médico - Área Psiquiatria, Pedagogo, Psicólogo, Técnico em Assuntos Educacionais, Tecnólogo Formação Área de Gestão Pública.
Campus da Universidade Federal da Paraíba em
João Pessoa (Foto: Divulgação/UFPB)

Grupo D - Assistente em Administração, Mestre de Edificações e Infraestrutura, Revisor de Texto Braille, Técnico de Tecnologia da Informação, Técnico em Arquivo, Técnico em Artes Gráficas, Técnico em Contabilidade, Técnico em Laboratório na Área de Alimentos e Laticínios, Técnico em Laboratório na Área de Análises Clínicas, Técnico em Laboratório na Área de Biologia, Técnico em Laboratório na Área de Biossegurança, Técnico em Laboratório na Área de Redes de Computadores, Técnico, em Informática com ênfase em Rede de Computadores, Técnico em Laboratório na Área de Tecnologia de Alimentos, Técnico em Laboratório na Área de Tecnologia Sucroalcooleira, Técnico em Secretariado, Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico em Telecomunicações, Tradutor Intérprete de Linguagem de Sinais.

Grupo C - Assistente de Laboratório na Área de Alimentos, Auxiliar em Administração, e Auxiliar em Assuntos Educacionais.

O concurso será válido por dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final no Diário Oficial de União, prorrogável por período semelhante. De acordo com a legislação em vigor serão reservadas vagas para afrodescendentes e pessoas com deficiência.

A contratação do Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan) tinha sido publicada DOU do dia 17 de setembro, no extrato de dispensa de licitação da empresa. O valor do contrato para a realização do concurso é de R$ 2 milhões.

O presidente da comissão supervisora do concurso, Deivysson Harley, adiantou que o número de vagas disponíveis para nomeação deverá aumentar porque a reitora da UFPB, Margareth Diniz, vem fazendo gestões junto ao Ministério da Educação, no sentido de que sejam liberadas as 55 vagas publicadas em portaria no Diário Oficial da União para completar o quadro de referência de servidores técnico-administrativos.

Além disso, a pró-reitoria de gestão de pessoas está atualizando o número de vagas disponíveis por ocorrência de exoneração, falecimento e aposentadoria de servidores. Ainda segundo o presidente da comissão, antecedendo as nomeações, será aberto edital para remoção interna de técnico-administrativos.

Mesmo após os cortes anunciados pela equipe da presidente Dilma Rousseff, que incluem a suspensão de concursos públicos entre as medidas de contenção de gastos, a reitora da UFPB, Margareth Diniz, confirmou que o concurso público para cargos no setor técnico-administrativo da instituição, está com a programação mantida e segue normalmente.
Reitora da UFPB quer liberação de mais 55 vagas
(Foto: Felipe Gesteira/Jornal da Paraíba)

Expectativa começou em março
A expectativa pelo concurso começou no dia 3 de março, quando a reitora anunciou que realizaria a seleção para o preenchimento de 140 vagas para cargos no setor técnico-administrativo da instituição, distribuídas em cargos de nível médio e superior. Na época, a previsão era de que o edital fosse lançado em abril.

Mas em abril, o pró-reitor de Gestão de Pessoas, Francisco Ramalho, anunciou o adiamento da publicação do edital para o mês de junho, ampliando o número de vagas para 150. Segundo ele, o adiamento foi motivado porque a universidade decidiu solicitar mais códigos de vagas junto ao Ministério da Educação (MEC).

O último concurso realizado pela UFPB para técnico-administrativo ocorreu em 2012 e ofereceu 149 vagas. O maior número de inscritos foi para o cargo de Assistente em Administração (Nível Médio) com 52 vagas no Campus de João Pessoa com 14.319 inscritos, totalizando 275,37 candidatos para cada vaga. Já o cargo de Auxiliar em Biblioteconomia (Nível Fundamental) foi o que registrou a maior concorrência, com 828 inscritos para uma única vaga.


Do G1 PB

A droga da USP contra o câncer funciona? Veja depoimentos

iStock

Histórias de pessoas que tomaram a fosfoetanolamina sintética produzida na USP (Universidade de São Paulo) de São Carlos para tratar o câncer não faltam na internet. A maioria diz que teve bons efeitos, com menos sintomas e prolongamento dos dias de vida, alguns até falam em cura, mas há também os que dizem que não notaram nenhuma melhora. Apesar de serem tocantes, esses depoimentos não podem ser garantia de eficácia ou não do composto sem antes da análise clínica desses pacientes, segundo Marcello Fanelli, diretor do Departamento de Oncologia Clínica do A.C Camargo Cancer Center.

Para o oncologista, o caso de São Carlos mostra "uma falha no método científico" que desvalida a chance de ela ser encarada como um remédio. Isso porque a substância foi usada diretamente em doentes antes de serem feitos os testes clínicos para testar sua eficácia e segurança – o que é obrigatório antes de se registrar um medicamento.

Diante disso, qualquer relato de melhora deve ser encarado apenas como uma percepção, não como garantia de bons resultados, segundo o oncologista.

"Uma percepção do médico ou do paciente não serve para embasar nenhum tipo de conduta. Tudo tem que ser registrado, auditado e conferido com um número relevante de acontecimentos que estatisticamente tira a situação do acaso e seja demonstrado. Se não aconteceu dessa forma é porque infelizmente houve uma falha no método científico".

A pessoa pode melhorar por diversos fatores, tanto pelo efeito placebo (quando um remédio sem nenhum efeito é dado para pacientes para comparar com os reais efeitos do composto, e eles geralmente sentem a melhora dos efeitos em cerca de 20%), quanto por outras interações medicamentosas. Como a pessoa é acompanhada, não é possível dizer o que a fez melhorar e se ela realmente melhorou.

Além da falha, Fanelli vê uma "inversão de valores" entre as pessoas que querem a liberação da fosfoetanolamina sintética. Para ele deveria haver uma pressão social para impulsionar os testes do composto em humanos antes de ele ser oferecido a população.

"O coro deveria ser no sentido de cobrar a eficácia e segurança do composto no ponto de vista científico, não de liberar; isso é uma inversão de valor", diz.

Abaixo, ouvimos duas pessoas, filha e neta de quem tomou a substância -- uma conta das melhoras na avó; outra, que a mãe não conseguiu sobreviver.
Fez efeito


"Droga da USP contra câncer fez minha avó desenganada voltar a viver"
"Ela vomitava demais, tinha muita diarreia e foi baixando de peso depois que começou a quimioterapia. Mas o tumor no intestino não diminuiu e o do fígado dobrou de tamanho. A médica falou que ela não teria nem um ano de vida; chorei muito", lembra a enfermeira Fabricia Boni, 39, quando ouviu este ano que a avó estava desenganada.

A catarinense Lacy Cordeiro da Silva, 79, luta contra um câncer metastático que começou no intestino e hoje atinge o fígado, o pulmão e os gânglios linfáticos. Mesmo se submetendo a cirurgia e a quimioterapia, ela sofria com dores abdominais intensas porque um dos tumores praticamente fechou o intestino.

A idosa dependia da neta para se levantar e tomar banho e só conseguia se alimentar com duas colheres de sopa por dia. Passava o dia deitada no quarto e estava pesando apenas 29kg.

Sem saber o que fazer, Fabricia buscou na internet o que poderia melhorar a qualidade de vida da avó. Achou informações sobre a fosfoetanolamina sintética produzida na USP de São Carlos e optou pelo tratamento alternativo. Ela entrou na Justiça com pedido de liminar que lhe custou R$ 300 de honorários e um mês e meio depois um pacote de cápsulas com a substância chegou a sua casa em Curitiba (PR).

Segundo Fabricia, a saúde da avó, que abandonou a quimioterapia para tomar as cápsulas, começou a melhorar poucos dias depois de ela ter começado a tomar o composto diluído em iogurte e azeite. Dona Lacy voltou a comer, ganhou peso e agora fala bastante e quer "até dar umas voltas".

"Em seis dias ela engordou, parou de sentir dor. Eu estou espantada, chorei de alegria. Ela se levanta, senta, toma banho sozinha. Só a ajudo a se trocar", conta.

Questionada se não tem medo de efeitos colaterais, Fabricia diz que neste primeiro mês de uso da fosfoetanolamina dona Lacy não mostrou nenhuma reação adversa.

"Vamos supor que dê um efeito colateral daqui 10, 20 anos. Ela teria esse tempo de vida com a quimioterapia? Não. Já vi relatos de pessoas que ficaram curadas do câncer depois de dois anos tomando e sem ter efeitos colaterais", afirma.
Não teve efeito


Minha mãe morreu tomando fosfo, mas ninguém me prometeu a cura
A professora Valda Rocha, que vive em São Carlos, viu a mãe morrer depois de começar a lhe dar o composto.

Clarice de Oliveira Rocha teve um câncer que começou no pâncreas e se espalhou para o intestino, estômago e fígado. Era 2003, quando a família descobriu a doença já em metástase, a idosa de 73 anos morreu em apenas uma semana.

Valda conseguiu as cápsulas diretamente com o químico Gilberto Chierice, do Instituto de Química de São Carlos, por intermédio de um amigo professor de química. Segundo Valda, Chierice a recebeu em sua sala do Departamento de Química da USP de São Carlos onde lhe deu um pequeno pacote com "umas cinquenta cápsulas em um saco plástico transparente, sem bula".

O cientista fez perguntas sobre o estado de saúde de dona Clarice e não lhe prometeu a cura, conta Valda.

"Ele disse que talvez não tivesse efeito, deixou claro que era uma pesquisa experimental e pediu sigilo senão viria uma romaria de pessoas até lá para pegar as cápsulas e ele não teria condições de fabricar tantas", conta.

Valda diz não saber se o composto foi ou não eficaz ou se a mãe precisava de mais tempo com o tratamento alternativo. Segundo ela, a mãe tomou cápsulas em apenas dois dias e depois morreu.

Valda voltou a procurar Chierice tempos depois para saber sobre o andamento da pesquisa, mas encontrou resistência do químico em falar "por conta da falta de comprovação científica".

"Estão vendendo o doutor Gilberto como um charlatão, mas eu não percebi isso nele. Comigo ele foi muito claro, não cobrou nada. Acho que tudo ganhou essa proporção maior quando as pessoas ficaram sabendo e entraram na Justiça mesmo sem a comprovação de que funciona. Assim como eu fiquei desesperada, as pessoas também ficam e querem ter o direito de tentar."


Camila Neumam
Do UOL, em São Paulo22
Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial