Imprensa nacional destaca: Mulher que matou pai e bebeu o sangue agiu por vingança

segunda-feira, 20 de julho de 20150 comentários


Rosângela dos Santos de Aguiar, de 22 anos, suspeita de matar o próprio pai e beber seu sangue agiu por vingança, segundo a Polícia Civil. A mulher e mais quatro pessoas foram detidas na quinta-feira (16) suspeitas de participarem do assassinato de Geraldo Rivaldo de Aguiar, de 45 anos, na cidade de Casserengue, distante 152 km de João Pessoa (PB).

De acordo com a Polícia Civil, por volta das 14h de quarta-feira (15), Rosângela foi à zona rural da cidade acompanhada de Kalleo Bruno Benedito Rosendo, de 23 anos, José Carlito de Sousa, de 26, o mototaxista Alexandre Carneiro de Sousa, de 34, e uma adolescente de 16 anos. Os dois primeiros homens teriam atirado na vítima; o mototaxista teria ajudado a transportar o grupo e a adolescente teria dado cobertura. Já Rosângela, teria pegado uma das armas dos comparsas, disparado contra o pai e tentado degolá-lo.

No dia seguinte, Rosângela, os dois homens e adolescente foram detidos na cidade de Arara, onde moravam pelo GTE (Grupo Tático Especial). Durante a investigação, a polícia descobriu a participação do mototaxista e o prendeu. Para a polícia, o homem confessou ter ajudado o grupo porque quis, sem receber nenhum tipo de ameaça.

Segundo a polícia, Rosângela era casada com Sousa e a adolescente, com Rosendo. Os quatro moravam na mesma casa e vendiam drogas na cidade de Arara, na mesma região. Já o mototaxista era cliente do grupo. Rosângela não tinha passagem pela polícia. Ela disse ter sido viciada em crack, mas que tinha largado o vício.
Em um vídeo, Rosângela confessa o crime e afirma que o cometeu para se vingar do pai porque teria sido estuprada quando era criança. Ela afirmou que queria cortar a cabeça dele e enfiá-la em uma estava, mas não conseguiu. A mulher também conta que bebeu o sangue do pai e que não se arrepende do crime.

A polícia investiga se o assassinato foi cometido por vingança por causa do abuso sexual, mas não descarta a motivação por dinheiro. Aguiar teria vendido gado e recebido dinheiro. A filha teria pedido a quantia, mas o pedido foi negado. Na delegacia, a mãe da suspeita não negou nem confirmou a versão da filha e acabou passando mal. Ela e outras pessoas devem ser ouvidas esta semana pelo delegado Ilamilto Simplicio da Silva, titular da Delegacia de Casserengue.

Rosângela está presa no Centro de Reeducação Feminino Maria Julia Maranhão, em João Pessoa; os três homens foram encaminhados para Penitenciária João Bosco Carneiro, em Guaraiba; e a adolescente está na Fundac (Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente), também na capital paraibana. O grupo foi indiciado por homicídio, tráfico de drogas e corrupção de menores e a prisão dos adultos foi convertida de flagrante para preventiva.

Compartilhe esta notícia :

Postar um comentário

ÚLTIMAS VISITAS

WHATSAPP CZAGORA

WHATSAPP CZAGORA

Seguidores

TV DIÁRIO DO SERTÃO

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Cz Agora - Todos os Direitos Reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger