quinta-feira, 30 de julho de 2015

Delegado da PB e secretário de Estado trocam ameaças e brigam ao vivo em entrevista; ouça

Dorta e Virgolino brigaram ao vivo Reprodução/Montagem: Portal Correio 


O secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Wagner Dorta, e o ex da Pasta, atual delegado da Seccional em Guarabira, Wallber Virgolino, trocaram acusações, insultos e ameaças ao vivo no programa Correio Debate, da Rede Correio Sat, nesta quarta-feira (29)

Dorta foi o convidado do programa para fazer um balanço da situação dos presídios da Paraíba, descrever projetos e ações da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado, mas ele fez comparações com a gestão anterior do cargo, o que desagradou o ex-secretário Wallber Virgolino.

Wallber entrou no ar por telefone para contestar as afirmações de Dorta e defender a gestão dele enquanto secretário da Pasta, até 2014. O que seria uma entrevista, acabou em uma grande confusão.

Wagner Dorta disse que Virgolino era uma "fraude da Segurança Pública"; que "as penitenciárias ficaram em situação crítica na gestão dele" e que ele “não era homem”. O delegado, por sua vez, rebateu e disse que “era homem suficiente para entrar pela boca [de Dorta] e sair por onde ele estava pensando...”.

Wallber Virgolino desligou o telefone e ao ser procurado novamente não quis mais se pronunciar sobre a confusão. Wagner Dorta deixou o Sistema Correio e não falou mais sobre o caso.

Wallber Virgolino foi secretário de Administração Penitenciária no primeiro mandato de Ricardo Coutinho (PSB), de 2010 a 2014, quando foi substituído por Wagner Dorta para a gestão do governador reeleito a partir de 2015. Virgolino foi empossado como delegado responsável pela Delegacia Seccional de Guarabira, a 100 km de João Pessoa, no Brejo paraibano.


Portal Correio

Grupo invade terminal bancário e explode caixa eletrônico na PB; caso é o 42º neste ano

Imagem compartilhada no WhatsApp
Criminosos detonaram explosivos em Areial

Mais um posto de atendimento bancário foi alvo da ação de criminosos no interior da Paraíba. Cerca de quatro homens armados explodiram um caixa eletrônico instalado na cidade de Areial (Agreste do estado, a 115 km de João Pessoa).

De acordo com a Polícia Militar, o grupo detonou explosivos no equipamento por volta das 4h. Depois, os assaltantes fugiram em um carro de passeio de cor branca. O valor roubado pelos criminosos não foi divulgado.




Viaturas realizam buscas na região, mas, até as 8h, nenhum suspeito havia sido localizado. A polícia acredita que o grupo fugiu em direção a cidade de Montadas (a 137 km de João Pessoa).

Segundo o Sindicato dos Bancários do estado, este é o 82º caso de violência contra bancos registrada em 2015 na Paraíba. Ao todo, foram 42 explosões a caixas eletrônicos, 18 arrombamentos, 13 ‘saidinhas de banco’, seis tentativas de arrombamentos e três assaltos.


Portal Correio

Governo quer derrubar PEC que obriga patrão a pagar plano de saúde a empregado


O ministro da Saúde, Arthur Chioro, disse nessa terça-feira (28) que o governo vai se esforçar ao máximo para derrubar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 451. Segundo ele, o texto favorece interesses econômicos contrários aos da maioria da sociedade brasileira. A PEC, que obriga empregadores a pagar planos de saúde a todos os empregados, é de autoria do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e está na Comissão de Constituição e Justiça.

“Nós lutaremos com toda força para que a PEC 451, que faz um verdadeiro retrocesso em relação às conquistas que nós tivemos, ao afirmar que a saúde é um direito de todos e dever do Estado, acabando com a figura do indigente na área da saúde, não passe [no Congresso Nacional]”, disse Chioro, durante a abertura do 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, ontem (28). Ele ressaltou que o governo vai mobilizar todas as forças para que a proposta não passe na Câmara.

O projeto de Cunha altera o Artigo 7º da Constituição Federal, obrigando os empregadores a pagar planos de saúde privados a todos funcionários, urbanos, rurais, domésticos ou não. Para justificar a proposta, o autor usa o artigo da constituição que diz que a saúde é direito de todos.

Para Chioro, mesmo que o Artigo 196 da Constituição continue determinando que a saúde é direito de todos e dever do Estado, a aprovação do projeto leva a população a “perder a conquista que significou o sistema universal de saúde”.

O presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Luis Eugenio de Souza, relembrou que, antes da criação do Sistema Único de Saúde (SUS), quem tinha emprego formal pagava a Previdência e tinha direito à assistência pelo Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (Inamps). “Quem não tinha trabalho formal usava o sistema filantrópico, outras alternativas. Os SUS acabou com isso.”

“[Com a proposta], acaba o SUS”, concluiu Jarbas Barbosa, presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, que foi por cerca de oito anos secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde.

A PEC 451 é um dos temas em discussão no Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, conhecido como Abrascão, que ocorre em Goiânia até o próximo sábado (1º). O debate é promovido a cada três anos e sedia a assembleia geral da Abrasco. Financiamento do SUS, humanização dos partos, o Programa Mais Médicos e saúde do idoso estão entre os assuntos a serem abordados.

Este ano a Universidade Federal de Goiás (UFG) recebe o evento. O Abrascão reúne pesquisadores brasileiros e estrangeiros e autoridades em atividades sobre diversos temas, propostas e acontecimentos relacionados à saúde, ciência, tecnologia e inovação, educação e sociedade.

Da Agência Brasil

MP-Procon e órgãos de fiscalização recomendam suspensão da venda de 58 medicamentos proibidos pela Anvisa


O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público da Paraíba – MP-Procon assinou nesta sexta-feira (24) a recomendação conjunta nº 004/2015 suspendendo a comercialização e distribuição de 58 medicamentos proibidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O evento aconteceu na sede do MP-Procon, em Tambiá.

A recomendação também foi assinada por representantes da Gerência de Vigilância Sanitária de João Pessoa (GVS); da Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa); do Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM); do Conselho Regional de Farmácia (CRF); do Procon Legislativo; da comissão de Direito Sanitário e Biodireito da OAP/PB, e dos Procons Municipais de João Pessoa, Campina Grande e Cabedelo.

Ao assinar a recomendação, o diretor-geral do MP-Procon, o promotor de Justiça Glauberto Bezerra explicou que essa ação conjunta visa informar a população, as farmácias e as distribuidoras de medicamentos sobre a retirada dos produtos do mercado que colocam em risco a saúde do consumidor. ”Uma situação que assusta porque a população não sabia desses problemas e o MP-Procon, em conjunto com os órgãos envolvidos, vem se esforçando para combater essa violência silenciosa que é a falsificação de medicamentos”, disse Glauberto Bezerra.

“Nesse diapasão, o Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos de João Pessoa (Sindfarma) e Sindicato do Comercio Atacadista de Drogas e Medicamentos do Estado da Paraíba recebem a incumbência de divulgar a todos as empresas a expedição desta recomendação conjunta”, afirma o diretor.

Segundo Glauberto Bezerra, a recomendação faz parte de um conjunto de ações do Programa de Prevenção de Acidentes de Consumo, capitaneada pelo Ministério Público da Paraíba em união de esforços com os demais setores de fiscalização atuantes no Estado da Paraíba.

Em fevereiro, o MP-Procon já havia expedido recomendação conjunta suspendendo a comercialização de outros 18 medicamentos devido à proibição pela Anvisa.

Confira no site do Ministério Público da Paraíba a tabela completa dos medicamentos. Clique aqui.

Do Ministério Público da Paraíba

Windows 10 começa a ser liberado de graça para donos de Windows 7 a 8.1

Atualização pode demorar; ‘insiders’ e quem fez reserva
 recebem primeiro.
Donos de computadores com sistemas antigos terão de pagar.


A Microsoft começou a liberar nesta quarta-feira (29) o download de seu novo sistema operacional, o Windows 10, que funcionará em computadores, notebooks, celulares e tablets da empresa. A atualização ocorre quase três anos após o lançamento do antecessor, Windows 8.1, mas pode não chegar a todo mundo em um primeiro momento.

Para garantir que todos os interessados receberão o software sem problemas, a Microsoft disponibilizará o sistema em fases. Isso quer dizer que, em um primeiro momento, nem todos as pessoas elegíveis a fazer o download gratuito conseguirão. Essa opção é válida para quem possui Windows 7, Windows 8, Windows 8.1 e Windows Phone 8.1, em 190 países, incluindo o Brasil. A gratuidade vale até junho de 2016.

Para receber a novidade, a máquina deve preencher alguns requisitos, como ter processador de 1 GHz, e memória RAM de 1 GB (para 32 bits) ou 2 GB (64 bits) e espaço livre de 16 GB (para 32 bits) ou de 20 GB (64 bits). Antes ainda é preciso fazer alguns preparativos. Donos do Windows 7 devem se certificar de que baixaram e instalaram o Service Pack 1 e quem usa o Windows 8 deverá atualizar para Windows 8.1.

Quem recebe primeiro
O processo de envio do aviso para renovar o sistema pode demorar semanas. Os primeiros a receber o novo software foram os 5 milhões de participantes do programa Windows Insider, voltado a usuários que comentam suas impressões com a Microsoft a respeito do software.

A segunda onda deve ser a dos usuários que fizeram a reserva em 1º de junho, assim que a Microsoft anunciou a data oficial de lançamento. Tanto integrantes do primeiro quanto do segundo grupo serão avisados de que podem baixar o Windows 10 ao abrir o computador. A notificação será feita por meio de um ícone na parte inferior direita da barra de ferramentas: “Seu computador está pronto para sua atualização gratuita”.



Aviso de que o sistema está pronto para receber a atualização do Windows 10. (Foto: Divulgação/Microsoft)

Quem recebe depois
Quem não fez reserva ou não é um Insider deve integrar a terceira leva. Há ainda o conjunto de usuários que não são elegíveis para instalar o sistema gratuitamente. Isso vale para aqueles que possuem Windows Vista, XP ou outra versão anterior. Essas pessoas deverão comprar uma licença de uso por um preço ainda não informado para o Brasil pela Microsoft. Nos Estados Unidos, custará US$ 119 (Home, versão doméstica) e US$ 199 (Profissional, para empresas).

Instabilidade
Alguns sistemas podem apresentar alguma instabilidade com a atualização, apesar de, segundo a Microsoft, o Windows 10 ser compatível com a maioria dos Windows 8 e 7. Isso pode ocorrer porque o dispositivo não tem capacidade para rodar o novo sistema, explica a Microsoft.

Caso o problema surja, a empresa diz que informará o contato de um profissional ou indicará soluções alternativas dentro da loja do Windows. O novo software é uma investida do presidente-executivo da Microsoft, Satya Nadella, para reconquistar terreno perdido em um mundo dominado por tablets e smartphones.

Veja abaixo algumas das novidades do Windows 10:

Cortana
A assistente pessoal aprende as preferências do usuário do sistema para fazer recomendações, informar o jeito mais rápido de acessar informações no aparelho e na internet, além de lembrar compromissos e atividades agendadas. É possível se comunicar com a Cortana falando ou escrevendo. A assistente não funcionará apenas no Windows 10, mas também em celulares e tablets que rodem o Android, do Google, e o iOS, da Apple. Participantes brasileiros do programa Windows Insider receberão a Cortana ainda em 2015.



Cortana, assistema pessoal do Windows 10, chegará a celulares com Android (imagem), do Google, e iOS, da Apple. (Foto: Divulgação/Microsoft)

Microsoft Edge
O navegador foi criado pela Microsoft para substituir o clássico Internet Explorer. Antes de visitar novas páginas, o usuário passará por uma espécie de janela personalizada com sites mais visitados, aplicativos e informações pessoais obtidas através do uso da assistente virtual da empresa, a Cortana.



Edge é o novo navegador na internet da Microsoft, criado para substituir o Internet Explorer no Windows 10. (Foto: Divulgação/Microsoft)



Windows Continuun
A ferramenta facilitará a integração de aparelhos que rodem Android e iOS com um computador equipado com o Windows 10. Caso o smartphone já rode o sistema da Microsoft, a conexão com o PC o fará funcionar como um computador de mesa.

Candy Crush e Paciência
Os dois jogos, o clássico das cartas e o hit dos smartphones, estarão presentes no novo sistema. Instalados de fábrica, os games não precisarão ser baixados.



‘Paciência’, jogo clássico dos sistemas operacionais Windows. (Foto: Divulgação/Windows)

Emoji de ‘dedo do meio’
O Windows 10 contará também com alguns emojis novos, como o “dedo do meio” — já é possível usá-lo no WhatsApp– e de algumas novas variações de tons de pele. Além delas, também estarão presentes atualizações de modelos conhecidos, como a da atendente de balcão de informações – conhecida popularmente como “mulher atrevida”. A empresa também afirma que escolheu a cor cinza como o tom de pele neutro de seus emojis.



Novos emojis do Windows 10 incluem dedo do meio e novos tons de pele (Foto: Divulgação)

Atualizações automáticas
O Windows 10, novo sistema operacional da Microsoft, vai forçar os usuários a instalarem atualizações mesmo que eles não queiram. A novidade é descrita no acordo de licenciamento que os donos do software têm de assinar antes de começar a utilizá-lo. Com isso, não só funções para ampliar a segurança ou correções de falhas serão incluídas no Windows 10, mas também novas ferramentas serão implantadas no sistemas sem que o usuário possa optar.

Do G1

MPPB VAI NOMEAR 32 APROVADOS NO CONCURSO ESTE ANO

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) vai nomear até o final deste ano apenas 32 candidatos aprovados no concurso público para servidores, do total de 105 vagas que foram disponibilizadas para o certame. É o que informou o procurador-geral de Justiça licenciado Bertrand de Araújo Asfora, mais votado na lista tríplice destinada à escolha do próximo chefe do MPPB. Segundo Bertrand, essa é a previsão orçamentária do MPPB para nomeações de concursados este ano. Os demais ficarão para posterior nomeação.

"Nós fizemos uma reforma administrativa no Ministério Público. Mudamos o sistema de nomeações e colocamos por região para evitar aquela história do cidadão que passa no concurso no interior e em breve possa vir para João Pessoa", explicou Bertrand Asfora, acrescentando que nas mudanças, primeiro será feita a lotação dos servidores atuais, o enquadramento dos servidores atuais, e a abertura para os processos de remoções. "Aí, a partir disso, via Conselho de Gestão - que é um conselho democrático que nós temos com promotores eleitos na Paraíba inteira, vamos discutir as nomeações e como vamos fazê-las", explicou o procurador-geral licenciado.

De acordo com o MPPB, o aumento no quantitativo de cargos efetivos corresponde a 38%, em relação ao quadro atual. "É um aumento grande, mas para quem tem 274 e vai para 385, ainda temos uma demanda enorme de servidores", disse Bertrand, que comparou ao quadro de servidores do Judiciário, que corresponde a quase 4 (quatro) mil servidores efetivos.

Resultado - Até o momento não houve, segundo o MPPB, nenhum questionamento judicial contra o concurso público realizado neste ano para o preenchimento de 105 vaga, no qual foram registrados 49.361 inscritos, dos quais 11.964 não compareceram às provas. "Com o concurso coroado de êxito, esperamos até o final do mês de agosto divulgar o resultado no final do mês de agosto", finalizou Bertrand Asfora. Segundo o edital o resultado do certame está previsto para o dia 27 de agosto.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Presos na PB, suspeitos de clonar cartões levavam 'vida de rico' no Norte-Nordeste

Imagens cedidas pelo delegado Lucas Sá















Delegado divulgou identificação dos suspeitos


Dois homens suspeitos de furto de dados e clonagem de cartões de crédito e débito foram presos na noite dessa terça-feira (28), na cidade de Mamanguape, no Litoral Norte do estado, pela Polícia Civil da Paraíba. Conforme o delegado adjunto da Defraudações de João Pessoa, Ragner Magalhães, a dupla – natural do estado do Acre - levava vida de rico no Norte-Nordeste com os golpes que praticavam. Eles foram indiciados do por estelionato e associação criminosa. A prisão dos suspeitos faz parte da Operação Trojan.

Segundo o delegado, um dos suspeitos, identificado como João Mirle, 42 anos, era conhecido como 'playboy da cidade', por causa da ostentação que fazia com o dinheiro obtido com os golpes. O carro que ele usava no momento da prisão, por exemplo, está avaliado em R$ 100 mil, conforme o delegado. Luiz Henrique, 25 anos, também foi preso. A identificação dos dois foi repassada pelo delegado.


“Nos celulares deles encontramos vídeos e fotos de uma vida luxuosa. Carros importados como BMW e Veloster, além de roupas de grifes, maços de dinheiros e hospedagem em flats de alto padrão em Natal (RN) e João Pessoa (PB). Frequentava restaurantes e boates caras. Uma vida de rico muito diferente do padrão real deles. A dupla pode ter agido também em Pernambuco”, revelou.

De acordo com as investigações, os presos são naturais do estado do Acre e estavam há dois meses circulando entre o Rio Grande do Norte e a Paraíba. A dupla foi detida quando passava pela BR-101 durante uma abordagem de rotina da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

“Os policiais consultaram o sistema e constataram que os dois tinham passagem por estelionato. Durante buscas minuciosas no veículo, os policiais rodoviários encontraram cartões de crédito clonados, leitor de cartão de crédito (chupa cabra), um notebook com programas utilizados na obtenção e fabricação de cartões clonados, assim como documentos pessoais e máquina de cartão de crédito e débito”, disse o delegado.

Magalhães revelou ainda que a dupla foi levada para a delegacia da cidade onde as autoridades locais informaram a Defraudações da Capital sobre a ocorrência. “Fizemos um trabalho conjunto e de posse das informações, solicitamos os mandados de prisão contra os dois e em uma hora o juiz despachou e demos voz de prisão”, falou. Os suspeitos - que negam a prática de estelionato - foram apresentados à imprensa e transferidos para a Penitenciária Flósculo da Nóbrega, o Presídio do Roger, na Capital.

O delegado frisou que já são quatro homens presos desde o 14 de julho dentro da Operação Trojan. “Já são quatro pessoas presas preventivamente até o momento. As investigações da Delegacia de Defraudações continuarão até a identificação de toda a organização criminosa que vinha atuando em João Pessoa há pelo menos dois meses, clonando cartões de diversas vítimas e realizando compras e saques com as informações obtidas de maneira criminosa.

Lula entra na Justiça por danos morais contra jornalistas de revista

DE BRASÍLIA - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou na Justiça do Distrito Federal com uma ação por reparação de danos morais contra jornalistas da revista "Veja".

O petista questiona reportagem publicada pela revista nesta semana, afirmando que o ex-presidente da OAS José Aldemário Pinheiro Filho, o Leo Pinheiro, está negociando delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato e que ofereceu informações sobre como Lula teria se beneficiado do esquema de corrupção da Petrobras.

A defesa do executivo, que está em prisão domiciliar e é próximo de Lula,negou a oferta após a publicação.

A Editora Abril, que edita a "Veja", ainda não se pronunciou sobre o caso.

Os advogados de Lula acionaram judicialmente os jornalistas Robson Bonin, Adriano Ceolin e Daniel Pereira, que assinaram a reportagem, além do diretor de Redação da publicação, Eurípedes Alcântara.

"O texto é repugnante, pela forma como foi escrito e pela absoluta ausência de elementos que possam lhe dar suporte", diz o Instituto Lula.

A peça sustenta também que, de acordo com jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça, "a liberdade de comunicação e de imprensa pressupõe a necessidade de o jornalista e/ou o veículo pautar-se pela verdade". A íntegra da ação foi disponibilizada no site do Instituto Lula.

Segundo o texto da "Veja", negociação entre o executivo e os investigadores da Lava Jato envolveria também o detalhamento de despesas pessoais da família de Lula pagas pela empreiteira e, ainda, a entrega de uma lista com todos os políticos que receberam dinheiro com origem no esquema de corrupção da Petrobras, por meio da OAS.

Leo Pinheiro foi preso em 14 de novembro de 2014, sob acusação de lavagem de dinheiro, corrupção ativa e de integrar organização criminosa. Ele nega as acusações. Foi colocado em prisão domiciliar em abril.

Folha de S.Paulo

Correios anunciam concurso para carteiro com cerca de 2.000 vagas


Paulo Pampolin/Hype

Os Correios anunciaram que vão publicar edital de abertura de concurso público para preencher vagas de carteiro, com salário inicial de R$ 1.620,50, e operador de triagem e transbordo, que recebe R$ 1.284,00. No total, são cerca de 2.000 vagas.

Além disso, os funcionários recebem benefícios como vale alimentação ou refeição (de R$ 971,96 a R$ 1.092,48), vale-transporte, auxílio-creche ou auxílio babá, além de adicionais - de acordo com o Plano de Cargos, Carreiras e Salários- e a possibilidade de adesão ao Plano de Previdência Complementar.

Do total de vagas, algumas são imediatas e outras para cadastro reserva, mas os Correios não disseram quantas. Além disso, 10% serão para pessoas com deficiência e 20% para pessoas pretas e pardas.

As vagas serão distribuídas em 11 Estados: Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, além do Distrito Federal. Segundo os Correios, ainda há cadastro reserva para os outros Estados, do concurso feito em 2011, e que ainda está valendo.

A previsão é que a empresa divulgue os demais detalhes sobre o concurso até o final de agosto.

terça-feira, 28 de julho de 2015

OPERAÇÃO ANDAIME: MPF faz nova denúncia contra 19 envolvidos


O Ministério Público Federal (MPF) em Sousa denunciou nesta terça-feira, 28 de julho de 2015, mais 19 envolvidos na organização criminosa que fraudou licitações em obras e serviços de engenharia em municípios do Alto Sertão paraibano. Os delitos praticados pelos 19 denunciados atingiram os municípios de Joca Claudino e Bernardino Batista. Ao todo foram 74 crimes cometidos, dentre eles, corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro, peculato e organização criminosa.

O Ministério Público requer a aplicação da perda de cargo, emprego, função pública ou mandato eletivo dos réus como efeito da condenação. Também requer a aplicação da pena privativa de liberdade em quantidade a ser proposta para cada um dos réus, individualmente, no final do processo.

Além disso, o MPF pede a fixação, em R$ 18 milhões, do valor mínimo para reparação dos danos causados pela organização criminosa.

A quadrilha foi desarticulada durante a Operação Andaime, deflagrada em 26 de junho de 2015, numa ação conjunta do MPF, Controladoria Geral da União e Polícia Federal.

Sem sigilo - Tal como fez em 23 de julho, quando requereu à Justiça o levantamento da publicidade restrita quanto à identidade dos nove primeiros denunciados no caso, o Ministério Público Federal requereu novamente o levantamento do sigilo, dessa vez, com relação aos 19 novos denunciados.

Para o MPF, após apresentada a denúncia, deve prevalecer o direito da sociedade de acompanhar o processo judicial instaurado contra os réus. O órgão também reitera que, ao ser iniciada a ação penal, passa a vigorar o princípio da liberdade de imprensa, previsto no artigo 5º da Constituição Federal.

Ação Penal nº 0000475-69.2015.4.05.8202, em trâmite na 8ª Vara Federal em Sousa.

Assessoria

Dilma pede, com "humildade", que sociedade participe do seu governo

É preciso usar internet a favor do debate, diz Dilma,
defendendo a participação popularWilson Dias/Agência Brasil



A presidenta Dilma Rousseff pediu nesta terça-feira (28) que a população brasileira participe do seu governo com opiniões e críticas, ao lançar uma nova plataforma na internet, intitulada Dialoga Brasil, para acolher sugestões sobre programas governamentais, e solicitou a colaboração das pessoas com "muita humildade".

Na opinião da presidenta, é preciso "usar internet a favor do debate, da criação de consensos transformadores". Ela destacou a importância da participação popular. "O governo precisa escutar comentários, observações, críticas, sugestões e propostas sobre todos assuntos. Vamos lutar para que esse processo crie vínculos e, nas suas sugestões, crie caminhos novos, melhores, aperfeiçoados. É isso que devemos para o nosso Brasil", disse.

"Quando a gente cria um consenso, quando é capaz de criar uma opinião comum entre nós, nós temos um poder transformador imenso. E quero concluir dizendo o seguinte, com muita humildade: o governo precisa que vocês participem", afirmou Dilma.

Dilma participou, ao lado de ministros, do evento de lançamento do site, que foi organizado no formato de um programa de televisão. De frente para um auditório, com a participação de membros de conselhos da sociedade civil, ela ouviu de integrantes do governo explicações sobre como vão funcionar os primeiros debates sobre quatro temas: segurança pública, saúde, redução da pobreza e educação.

Além de lembrar que assumiu o diálogo como compromisso do segundo mandato, Dilma disse que o primeiro compromisso de um governo deve ser "escutar, ouvir, receber sugestões, aceitar comentários e críticas". Segundo ela, nenhum programa governamental foi bem-sucedido sem que se tivesse analisado "sistematicamente" as falhas, "onde é que a gente melhorava".

Ao citar um exemplo de programa criado após a participação das pessoas, a presidenta lembrou do Mais Médicos, criado a partir de uma "grande reclamação" que havia sobre a assistência básica de saúde em pequenas cidades e também nas metrópoles. “Passamos a estudar o assunto, pensar sobre ele, discutir com as pessoas. Muitas disseram: 'não foi, não saiu da cabeça mágica de alguém', escutamos muitos. Se alguém não havia escutado antes, é porque não abriu os ouvidos”, disse.

"Aprendemos ao longo do caminho algumas coisas: é muito difícil governar um país da dimensão do Brasil sem ouvir pessoas. Sem perceber que as grandes iniciativas que tivemos até agora, quase todas, vieram através de momentos de participação popular, de diálogos, criticas, comentários sobre a situação do país", afirmou Dilma.

De acordo com a presidenta, o Dialoga Brasil é a continuidade dessa política de ouvir e acatar sugestões, mas agora de um modo "mais bem formulado". Após citar a experiência que teve o governo na construção do Programa Minha Casa, Minha Vida, com a ampliação do número de moradias pouco a pouco, Dilma reconheceu a importância de aceitar opiniões contrárias: "a crítica é interessante porque sempre tem de ser olhada por nós com respeito. Ela tem de ser olhada com base na história, o que leva a ela”.

O Dialoga Brasil (dialoga.gov.br), canal de comunicação do governo com a população na internet, foi criado para estimular a participação digital nas atividades governamentais. Uma das novidades é que a população poderá conversar com os ministros via bate-papo online, pelo site da plataforma.

Após a participação dos ministros, algumas sugestões colocadas no site foram lidas ao vivo durante o evento. Uma das intervenções dizia respeito à violência sofrida atualmente por jovens negros, sobre a qual Dilma comentou: "este país viveu a escravidão, uma das maiores manchas. E ela só pode ser colocada no passado se formos capazes de, no presente, estabelecer a igualdade racial. Tem uma coisa extremamente valiosa que eu disse na época da Copa do Mundo, que acredito que temos um país com autoestima da sua diversidade étnica. O país dá um passo à frente quando se reconhece como um país multiétnico. E isso é um elemento que temos que usar a favor do processo de superação do preconceito e intolerância".

*Colaborou Marcelo Brandão/Matéria ampliada às 19h40
Edição: Jorge Wamburg

WESLEY SAFADÃO APARA OS CABELOS E FÃS ENLOUQUECEM NAS REDES SOCIAIS

FOTO: Divulgação

O vocalista Wesley Safadão deixou os fãs nervosos ao divulgar uma imagem no cabeleireiro no início da tarde desta terça-feira (28).

“Aqui com o amigo @paulinojrcab, dando uma aparada nos pelos!”, publicou o cantor no perfil do Instagram.

Na foto, Wesley parece ter adotado visual com cabelos mais curtos, e deixado de lado as longas madeixas que são sua marca registrada.

Em poucos minutos, fãs lamentaram a suposta mudança no corte. “Ah não, @wesleysafadao. Não gosto de você com cabelo curto, deixa crescer como antes”, pediu um seguidor. “Não gostei de você ter cortado!!! Era um charme exclusivo. Que pena”, lamentou outro.

Houve também quem parabenizasse o vocalista da banda Garota Safada. “Tem mais é que cortar, as pessoas evoluem. E deveria doar o cabelão”, cogitou um fã.

Entretanto, de acordo com a assessoria de imprensa de Wesley, a visita ao cabeleireiro foi apenas de rotina; o cabelo continua longo. O cantor está em contagem regressiva para a gravação do DVD no estádio Mané Garrincha, em Brasília, no próximo sábado (1º).FOTO: Reprodução


http://fm93.com.br/

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Concurso do IBGE é autorizado; são 600 vagas de níveis médio e superior


A autorização foi dada pelo O Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão (MPOG), por meio da portaria nº 302 publicada no "Diário Oficial da União" desta segunda-feira (27), autorizou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)a realizar um concurso de 600 vagas.

Ao todo, serão 90 vagas para analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatística (nível superior), 50 para tecnologista em informações geográficas e estatística (nível superior) e 460 para técnico em informações geográficas e estatística (nível médio).

O último concurso do IBGE foi realizado em 2013 quando 132,6 mil candidatos disputaram 432 vagas de níveis médio e superior. Os salários variaram de R$ 2.813,10 a R$ 8.907,45. A organizadora foi a Cesgranrio. Foram 300 vagas para técnico em informações geográficas e estatísticas, 60 para analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatística, 60 para tecnologista em informações geográficas e estatística e 12 para pesquisador em informações geográficas e estatísticas. O resultado final foi divulgado em fevereiro de 2014.

O prazo para publicação do edital de abertura do concurso público será de até seis meses, contado a partir da data de publicação desta portaria, ou seja, até janeiro de 2016.

sábado, 25 de julho de 2015

Caixa anuncia linha de R$ 4 bi para financiamento de até 85% do imóvel


 Caixa Econômica Federal anunciou nesta sexta-feira (24) que disponibilizou R$ 4 bilhões para a linha de crédito imobiliário pró-cotista - voltada para quem tem conta ativa no FGTS e pelo menos 36 contribuições - que permite financiar até 85% do valor de imóveis de até R$ 400 mil, pelo prazo máximo de 360 meses. As taxas de juros efetivas variam entre 7,85% a.a e 8,85% a.a.

A nova linha pode representar um novo estímulo ao mercado de crédito, que passou a ficar mais restrito após a Caixa ter reduzido em maio de 80% para 50% o teto dos financiamentos para imóveis usados avaliados em até R$ 750 mil.


Nesta semana, o Banco do Brasil anunciou que irá financiar até 90% do valor da casa própria na sua linha de financiamento pró-cotista. Apesar de fixar um teto maior que o da Caixa, a taxa de juros cobrada pelo banco é de 9% ao ano. A estimativa do BB e disponibilizar cerca de R$ 1 bilhão para novas operações.

Na linha pró-cotista os juros são mais baixos do que os cobrados no Sistema Financeiro de Habitação (SFH), com recursos da poupança. Por outro lado, o valor dos imóveis está limitado a 400 mil, tanto novos como usados.

Segundo a Caixa, desde o início do ano, foram contratados R$ 1,35 bilhão em financiamentos dentro da linha pró-cotista. Ainda de acordo com o banco, as condições para contratos nesta modalidade não sofreram alterações.


Regras de participação
Para poder participar da modalidade de crédito pró-cotista o interessado precisa ter trabalhado 36 meses, consecutivos ou não, sob regime do FGTS. Caso o cliente não possua contrato de trabalho ativo, deve possuir saldo em conta vinculada do FGTS correspondente a, no mínimo, 10% do valor do imóvel. O cliente também não pode ser proprietário de imóvel no município onde reside ou trabalha, e nem nos municípios vizinhos e integrantes da mesma região metropolitana.


Mercado de crédito mais restrito
O novo estímulo ao mercado imobiliário acontece após o Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ter aprovado novas condições e um aumento de R$ 5 bilhões no crédito disponível para a linha pró-cotista ante uma previsão anterior de apenas R$ 800 milhões este ano. Apesar da liberação de mais recursos, o valor dos imóveis que podem ser financiados pela linha foi reduzido de R$ 750 mil para R$ 400 mil.



O reforço nesta linha de crédito faz parte também do esforço do governo de evitar uma retração muito grande na oferta de crédito imobiliário depois que os saques na caderneta de poupança aumentaram e reduziram o valor disponível para os empréstimos no Sistema Financeiro de Habitação (SFH).

Em junho, a caderneta da poupança registrou saída líquida (retiradas menos depósitos) de R$ 6,26 bilhões – a maior para o mês desde o início da série histórica, em 1995.

imagens da internet



Fonte: Da Internet

Chile será primeiro adversário do Brasil nas eliminatórias da Copa do Mundo 2018; confira tabela


Campeão da Copa América, o Chile será o adversário do Brasil na abertura das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, no início de outubro. Com a participação de Ronaldo e Forlán, a Fifa sorteou na tarde deste sábado, em São Petersburgo, uma das sedes da Copa de 2018, o desenho das Eliminatórias em todo o mundo e apontou que a primeira rodada do torneio sul-americano ainda contará como Argentina x Equador e Colômbia x Peru.

Com 199 gols na história do torneio, o Brasil buscará a marca histórica dos 200, mas, provavelmente, sem Neymar nas duas primeiras partidas. É o que resta do gancho recebido pelo atacante na Copa América, após ser expulso e se envolver em confusões no vestiário. A CBF ainda estuda uma maneira de recorrer da suspensão.

Na segunda rodada, a Seleção fará seu primeiro jogo em casa, contra a Venezuela. Na terceira, provavelmente já com Neymar, a Argentina será a adversária. Um grande desafio também estará no quinto jogo no torneio, contra o Uruguai, que deve celebrar o retorno de Luis Suárez na ocasião.

Desde antes do sorteio, já se sabia que o Brasil estrearia fora de casa e também viajaria na terceira rodada para enfrentar a Argentina. Isso porque as duas principais potências sul-americanas tiveram suas posições pré-definidas para evitar que uma mesma seleção enfrente as duas em rodada dupla. Também por essa tabela pré-estabelecida, sabia-se que os adversários da estreia serão os mesmos da última rodada. Portanto, daqui a dois anos, em outubro de 2017, o Brasil vai encerrar sua participação nas Eliminatórias também diante do Chile.

As eliminatórias serão o mais importante desafio da Seleção depois da derrota por 7 a 1 para a Alemanha na semifinal do último Mundial, em casa. Desde que Dunga reassumiu o comando, tem afirmado que as Eliminatórias serão prioridade total. Conseguir uma vaga para ir à Rússia daqui a três anos e se manter como único país a disputar todas as Copas do Mundo é a meta a partir de agora. O Brasil lutará por uma das quatro vagas diretas a que tem direito a América do Sul. As 10 seleções jogarão entre si, em ida e volta, sob o sistema de pontos corridos. A quinta colocada ainda poderá tentar vaga numa repescagem, em confrontos com equipes de outros continentes.

Confira a tabela completa:

Rodada 1
Colômbia x Peru
Chile x Brasil
Argentina x Equador
Venezuela x Paraguai
Bolívia x Uruguai

Rodada 2
Paraguai x Argentina
Brasil x Venezuela
Equador x Bolívia
Peru x Chile
Uruguai x Colômbia

Rodada 3
Chile x Colômbia
Argentina x Brasil
Equador x Uruguai
Bolívia x Venezuela
Peru x Paraguai

Rodada 4
Colômbia x Argentina
Paraguai x Bolívia
Brasil x Peru
Venezuela x Equador
Uruguai x Chile

Rodada 5
Chile x Argentina
Brasil x Uruguai
Equador x Paraguai
Bolívia x Colômbia
Peru x Venezuela

Rodada 6
Colômbia x Equador
Paraguai x Brasil
Argentina x Bolívia
Venezuela x Chile
Uruguai x Peru

Rodada 7
Colômbia x Venezuela
Paraguai x Chile
Argentina x Uruguai
Equador x Brasil
Bolívia x Peru

Rodada 8
Chile x Bolívia
Brasil x Colômbia
Venezuela x Argentina
Peru x Equador
Uruguai x Paraguai

Rodada 9
Paraguai x Colômbia
Brasil x Bolívia
Equador x Chile
Peru x Argentina
Uruguai x Time 7

Rodada 10
Colômbia x Uruguai
Chile x Peru
Argentina x Paraguai
Venezuela x Brasil
Bolívia x Equador

Rodada 11
Colômbia x Chile
Paraguai x Peru
Brasil x Argentina
Venezuela x Bolívia
Uruguai x Equador

Rodada 12
Chile x Uruguai
Argentina x Colômbia
Equador x Venezuela
Bolívia x Paraguai
Peru x Brasil

Rodada 13
Colômbia x Bolívia
Paraguai x Equador
Argentina x Chile
Venezuela x Peru
Uruguai x Brasil

Rodada 14
Chile x Venezuela
Brasil x Paraguai
Equador x Colômbia
Bolívia x Argentina
Peru x Uruguai

Rodada 15
Chile x Paraguai
Brasil x Equador
Venezuela x Colômbia
Peru x Bolívia
Uruguai x Argentina

Rodada 16
Colômbia x Brasil
Paraguai x Uruguai
Argentina x Venezuela
Equador x Peru
Bolívia x Chile

Rodada 17
Colômbia x Paraguai
Chile x Equador
Argentina x Peru
Venezuela x Uruguai
Bolívia x Brasil

Rodada 18
Paraguai x Venezuela
Brasil x Chile
Equador x Argentina
Peru x Colômbia

Uruguai x Bolívia

imagem da internet



Fonte: Da Internet

Delegado, major e militares são pegos em blitz da Lei Seca

Um delegado da Polícia Civil de Minas Gerais, um major da Polícia Militar do Rio de Janeiro e seis integrantes da Força Nacional foram pegos em uma blitz da Lei Seca realizada na madrugada deste sábado (25) em Natal. Segundo o capitão Styvenson Valetim, que coordenou a operação, todos foram autuados por embriaguez ao volante. Ao todo, 11 pessoas foram presas e 71 carteiras de habilitação foram recolhidas na blitz.

A ação foi realizada na avenida Engenheiro Roberto Freire, na Zona Sul de Natal. Segundo o capitão Styvenson, todos os presos foram levados para a delegacia de plantão.

“Montamos a barreira na madrugada deste sábado e paramos todos os veículos por mais de 4 horas. Infelizmente, ainda há pessoas que insistem em beber e dirigir, colocando em risco a vida de outros. Vamos continuar fazendo o nosso trabalho”, falou o oficial.

Desperdício da água na Paraíba é de 36,7%, afirma superintendente da Cagepa


O superintendente da Cagepa, Marcos Vinicius, afirmou que o desperdício de água na Paraíba é de 36,7% e pediu ajuda da população para reverter esse quadro. A declaração aconteceu logo após reunião entre o Governo do Estado, Agência Nacional das Águas (ANA), Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (Igarn) e a própria Cagepa.

A reunião teve como objetivo discutir soluções para a crise hídrica nos estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

Segundo Vinicius, o desperdício de água acontece de três formas: físico, fraude e faturamento. O desperdício físico acontece na forma de vazamentos, canos rompidos, etc. A fraude acontece na ilegalidade de alguns consumidores e a faturamento acontece a partir de um problema na leitura.
imagem da internet

Site divulga vários dados pessoais de brasileiros apenas com inserção de CPF ou nome completo

Informações completas custam até R$ 79. No entanto, alguns dados, como endereço, têm acesso gratuito. Serviço tem domínio registrado na Suécia e vem sendo anunciado em ferramentas como WhatsApp.

Por Frederico Goulart

Endereço, telefone e até os dados do vizinho. Tudo isso está ao alcance de quem digita o nome ou o número do seu CPF em mais um site que fornece dados ilegalmente na rede. Algumas informações podem ser acessadas gratuitamente, mas o tudosobretodos.se vai além: ele cobra taxas por dados mais específicos e detalhados. O site, que tem domínio registrado na Suécia, revela, por exemplo, nomes de parentes, lugares onde a pessoa já morou e até suas redes sociais. Para ter acesso a todas as informações, é preciso fazer um cadastro e pagar por créditos, que custam R$ 0,99 cada. E para obter dados de mais pessoas, o site oferece planos que vão até R$ 79 - e ainda faz promoção com descontos. Revoltado por ver seus dados na rede, o autônomo Ubirajara Souza, que é morador de São Paulo, diz temer que a divulgação das informações deixe as pessoas ainda mais vulneráveis:

"Eu estou apavorado, porque fiquei exposto a qualquer situação."

O advogado e professor de Direito Eletrônico, Walter Capanema, explica que, segundo o Código de Defesa do Consumidor, a divulgação de bancos de dados sem consentimento é crime, mas há uma grande dificuldade de denunciar e identificar os autores.

"O grande problema é localizar os infratores porque, normalmente, eles criam o site em um domínio estrangeiro."

Especialista em Segurança da Informação, Lincoln Werneck aponta que esse tipo de crime é resultado da falta de uma legislação específica sobre a proteção de dados pessoais na rede. Ele pede, por exemplo, mais punição às instituições que vazam os dados.

"Todas as empresas que detêm informações pessoais devem ter ambientes seguros e controlados, para que isso não aconteça."

Segundo o site Tudo Sobre Todos, os créditos têm validade de 3 meses e podem ser reativados com novas recargas. Em maio deste ano, o site 'Nomes Brasil', que oferecia serviço semelhante, foi tirado do ar pela Justiça Brasileira. Ele reunia os números de CPF´s e a situação cadastral dos documentos.

Site tudosobretodos.se disponibiliza informações pessoais de brasileiros
(Crédito: Reprodução)

duração: 02:28



Autorizados pelo Vaticano, padres exorcistas desmistificam o ritual

A prática do exorcismo, que é um ritual de expulsão do demônio que está de posse do corpo de uma pessoa, sempre existiu na Igreja Católica. O ritual que ainda é um tabu para a própria igreja, é tratado pelo padre de Bauru (SP), Boaventura Barrón, com naturalidade. Aos 92 anos, ele diz ter enfrentado o demônio pelo menos quatro vezes desde que foi autorizado pelo bispo a realizar exorcismos, a maioria dos casos das pessoas que o procuram são por problemas e não espírito.
Padre Boaventura já enfrentou demônio quatro vezes
(Foto: Reprodução / TV TEM)

“99% dos casos não são nada espirituais, na maioria dos casos são distúrbios de personalidade, tristezas e frustrações, que não podemos creditar ao demônio. Às vezes a pessoa precisa apenas de uma confissão”, explica o padre.

Apenas depois de analisada a situação, que o padre realiza o exorcismo, como em um dos casos que mais o marcou. “Eu procurei de todas as formas explicar e convencer duas estudantes que tudo aquilo era inútil e não saía de sua angústia. Depois eu pensei: vou dar como hipótese possessão diabólica. Então eu segui o ritual e imediatamente depois de dar a benção, elas se transformaram em uma alegria, em paz, gratidão, realmente a presença de Deus se fez visível”, afirma.
“O demônio é uma criatura burra, não tem poder nenhum. Para entender melhor, o demônio é um cachorro que está amarrado, que morde apenas aquele que quer brincar com ele. Se eu não quero, ele não tem poder sobre mim"
padre Boaventura Barrón

Além do uso da água benta e de orações, Boaventura usa da fé para exorcizar. “O primeiro instrumento é a fé que a gente tem na Igreja Católica e a pessoa tem que ter autorização do bispo. Depois é a palavra de Deus e o amor.”

Para o bispo Caetano Ferrari o exorcista precisa ter prudência. “A orientação da igreja é que o padre tenha piedade, ciência, prudência e integridade de vida.” Boaventura concorda e ainda afirma que o demônio não tem poder sobre os homens. “O demônio é uma criatura burra, não tem poder nenhum. Para entender melhor, o demônio é um cachorro que está amarrado, que morde apenas aquele que quer brincar com ele. Se eu não quero, ele não tem poder sobre mim.”

Exorcismo volta ao uso
Há quem acredite que muitas das curas realizadas por Jesus Cristo foram feitas expulsando o demônio de quem se considerava doente. Mas o exorcismo praticamente caiu em desuso.
“Essa história de que exorcismo pula, grita, esperneia, levita, vira a cabeça, vomita verde, coisa e tal é coisa de filme."
padre Rubens Miraglia Zani

Por muitos anos o ritual ficou marginalizado dentro da própria igreja, porém nunca deixou de ser assunto, tanto no universo eclesiástico, quanto nas telas do cinema. Mas depois que o papa Francisco assumiu o comando, a igreja Católica busca novos rumos e trouxe de volta o exorcismo.

Em Bauru um padre estudou e está autorizado pela igreja a enfrentar o demônio. Mas para o padre Rubens Miraglia Zani. “Essa história de que exorcismo pula, grita, esperneia, levita, vira a cabeça, vomita verde, coisa e tal é coisa de filme. Pode acontecer essas coisas no exorcismo, mas se você pega por exemplo um demônio mudo, o bichão faz nada, só te olha com um rancor, um ódio profundo, você sente o ódio do bicho, mas você não vê nenhuma dessas manifestações”, explica.

Para o padre Boaventura o melhor conselho que ele dá antes de tomar qualquer atitude é simples. “Normalmente dou três conselhos, primeiro conselho seja feliz, segundo, seja feliz, terceiro seja feliz.”

Rituais ainda são tabus mesmo na igreja católica (Foto: Reprodução / TV TEM)

Preso no Rio, ex-governador do RN era monitorado há duas semanas

Fernando Freire foi preso no Rio e levado para a 12ª
Delegacia de Polícia (Foto: Matheus Rodrigues/G1)


O ex-governador do Rio Grande do Norte Fernando Freire, preso na manhã deste sábado (25) em Copacabana, no Rio de Janeiro, estava sendo monitorado havia duas semanas. De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança (Seseg) do Estado Rio de Janeiro, ele foi capturado por agentes da Subsecretaria de Inteligência (Ssinte).

Contra Freire há mandados de prisão preventiva expedidos pelos juízes responsáveis pelas 4ª, 7ª e 8ª Varas Criminais de Natal. O ex-governador foi levado para a 12ª DP (Copacabana). De acordo com a delegada Thaiane Moraes, o ex-governador deverá permanecer na unidade policial até segunda-feira (27). Segundo ela, a Polícia Civil precisa que a Justiça do Rio Grande do Norte envie uma autorização para que ele seja transferido.

Fernando Freire já havia sido preso anteriormente em 2007 quando foi acusado pelo MPRN de estar “manobrando para impedir a realização do seu interrogatório, evadindo-se do distrito da culpa”. O interrogatório do qual ele é acusado de evitar diz respeito ao processo no qual foi denunciado por suposto desvio de R$ 346.024,02 do Governo do Estado, em maio de 2007.

O pedido de prisão preventiva foi feito pela Promotoria do Patrimônio Público do Rio Grande do Norte em novembro de 2007, quando o membro do MP informou à época que tentava ouvir o ex-governador desde 31 de agosto daquele ano.

A ação que resultou na prisão do ex-governador contou com a participação do serviço de inteligência da Secretaria de Estado da Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sesed) que repassou informações à Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro.

Prejuízo de R$ 57,8 mil
As investigações apontaram que Freire cometeu desvio de dinheiro público entre fevereiro e novembro de 2002, quando foi vice-governador e, depois, governador do Rio Grande do Norte. O prejuízo estimado aos cofres públicos foi de R$ 57.832,13 em valores da época.

De acordo com os autos do processo, Fernando Freire desviou recursos públicos mediante o pagamento de 83 cheques-salários em favor de 14 parentes e correligionários do então vereador Pio Marinheiro, contemplando-lhe interesses pessoais e político-eleitorais. No entanto, os beneficiários não eram servidores públicos e não guardavam qualquer vínculo funcional com o Estado e os pagamentos foram feitos sem qualquer respaldo legal, realizados sempre sob a intermediação direta do réu.

A sentença da condenação é da 7ª Vara Criminal de Natal, assinada pelo juiz José Armando Ponte Júnior, e determina que a pena seja cumprida em regime fechado. Durante a ação penal, Freire não foi encontrado e o magistrado ordenou a prisão preventiva do acusado. O ex-governador foi ainda condenado a pagar metade das custas processuais.

G1 RN

quinta-feira, 23 de julho de 2015

PARAIBANO RECEBE R$ 153 MILHÕES POR ENGANO EM SUA CONTA E VAI PROCESSAR BANCO


Um paraibano natural da cidade de Taperoá, municipio localizado no cariri do estado mas que está morando no sudeste do país e que não teve ainda o nome revelado está com malas prontas para retornar a suaa cidade natal a fim de entrar com uma ação na Justiça contra um dos bancos mais antigos do Brasil.

O motivo da abertura do processo que ele pretende impetrar se deve ao fato de que essa unidade bancária teria insinuado que ele era suspeito de transação ilícita, depois que a quantia de nada mais nada menos que R$ 153 milhões apareceu na sua conta.

Após perceber o depósito milionário na conta do rapaz, o banco estranhou e teria alertado à Polícia Federal sobre o episódio, que ao investigar o taperoaense teria constatado que ele não tem culpa sobre o que pode já ser encarado com mal entendido.

A suspeita agora é de que esse montante tenha partido de algum sujeito envolvido no esquema que investiga a corrupção e que ganhou o nome de operação Lava Jato, que tem descoberto um rombo fraudulento de proporções financeiras monstruosas.



Opção 104 FM com DeOlhonoCariri

PREFEITURA DA PARAÍBA PREVÊ CONCURSO PÚBLICO COM 180 VAGAS NOS PRÓXIMOS MESES


Uma reunião para tratar sobre o próximo concurso público da Prefeitura de Conceição, no Sertão da Paraíba, a 482 km de João Pessoa ocorreu nessa com terça-feira (21), no gabinete do prefeito Nilson Lacerda, que recebeu uma equipe representante da Universidade Estadual da Paraíba. A seleção prevê o preenchimento de 180 vagas para médicos, dentistas, professores, auxiliares de serviços, motoristas, enfermeiros, entre outros, devendo ser anunciado nos próximos meses.

O primeiro passo para a realização do concurso será a revisão de lei municipal com todos os cargos e vagas, bem como as atribuições de cada cargo, salários, e carga horária. De acordo com o prefeito, todos os procedimentos a serem seguidos devem ser cumpridos até o final de agosto.

“Meu desejo é que até dezembro de 2015 todo processo deste certame esteja finalizado, quando todos conhecerão os aprovados, e aí haverá a homologação do concurso e convocação destes aprovados, de acordo com as necessidades do município, para já começarem a trabalhar a partir de fevereiro de 2016”, pontuou Nilson Lacerda.

Na reunião também estiveram presentes os secretários de Educação, Administração e o vereador Raimundo Araújo.

PortalCorreio

Preso em PE suspeito de articular ataques a bancos da PB e ocupar lugar de 'Beira-Mar'

Divulgação/Secom-PB
Suspeito foi apresentado em coletiva



A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Grupo de Operações Especiais (GOE), prendeu, nessa quarta-feira (22), em operação realizada na cidade de Santa Cruz do Capibaribe (Agreste pernambucano, a 190 km de Recife), um homem suspeito de chefiar uma quadrilha especializada em assaltos a bancos.

Segundo a polícia, José Ricardo de Souza Silva, conhecido como ‘Seu Chico’ ou ‘Nogueira’, ocupava o espaço deixado por um criminoso conhecido como Gilson Beira-Mar, atualmente recluso em presídio federal e investigado por vários crimes, dentre eles ataques à instituições bancárias e tráfico de drogas.

O trabalho da equipe do GOE contou com dois meses de investigações e desarticulou a organização criminosa que atuava sob a liderança de Seu Chico, um dos principais articuladores de explosões a banco na Paraíba. Antes da prisão de José Ricardo, outros integrantes da quadrilha foram presos no dia 15 de julho, na Paraíba e nos estados do Maranhão e Piauí.

Ainda conforme a polícia, José Ricardo é apontado como um dos assaltantes mais procurados do Nordeste. Ele é investigado desde 2008, porém nunca havia sido preso. A operação que prendeu o suspeito recebeu o nome ‘Phantom’, que significa ‘fantasma’, em inglês.

Nesta quinta-feira (23), o delegado geral de Polícia Civil da Paraíba, João Alves, o delegado titular do GOE, Allan Terruel, e a adjunta Karina Torres apresentam detalhes da investigação e prisão do suspeito, em coletiva na sede do Grupo de Operações Especiais, em João Pessoa.

Portal Correio

Soltos mais seis suspeitos investigados por desvios de R$ 18 milhões na Paraíba


Sede da Justiça Federal em Sousa, no Sertão da PB


Mais seis pessoas suspeitas de participação em fraudes de licitações na Paraíba foram soltas, conforme liminar concedida pelo Tribunal Regional Federal nesta quinta-feira (23). Com isso, oito dos dez suspeitos que haviam sido presos no caso já estão soltos.

De acordo com advogado Paulo Sabino, a liminar segue para o juiz da 8ª Vara Federal, em Sousa, a 430 km de João Pessoa.

Dez pessoas foram presas durante a Operação Andaime, que ocorreu em 26 de junho deste ano, de forma conjunta entre o Ministério Público Federal, Controladoria Geral da União e Polícia Federal.

O trabalho investigativo apurou supostas fraudes em licitações de prefeituras que teriam provocado rombos de R$ 18 milhões aos cofres públicos da Paraíba.

MPF denuncia nove

O Ministério Público Federal (MFP) quer que nove denunciados recebam aplicação da perda de cargo, emprego, função pública ou mandato eletivo dos réus como efeito da condenação. Também requer a aplicação da pena privativa de liberdade em quantidade a ser proposta para cada um dos réus, individualmente, no final do processo.

O MPF pede ainda a fixação em R$ 18 milhões do valor mínimo para reparação dos danos causados pela organização criminosa.

Portal Correio

Operação Andaime: Ministério Público Federal denuncia nove envolvidos

No total foram 69 crimes que vão de fraude
 licitatória até organização criminosa.



O Ministério Público Federal (MPF) em Sousa denunciou nesta quinta-feira, 23 de julho de 2015, nove envolvidos em fraudes a licitações em obras e serviços de engenharia em municípios do Alto Sertão paraibano. Somando-se os delitos cometidos por todos os denunciados, chega-se ao total de 69 crimes, que vão desde falsidade ideológica até organização criminosa.

A quadrilha foi desarticulada durante a Operação Andaime, deflagrada em 26 de junho de 2015, numa ação conjunta do MPF, Controladoria Geral da União e Polícia Federal.

O Ministério Público requer a aplicação da perda de cargo, emprego, função pública ou mandato eletivo dos envolvidos como efeito da condenação. Também requer a aplicação da pena privativa de liberdade em quantidade a ser proposta para cada um dos denunciados, individualmente, no final do processo.

Além disso, o MPF pede a fixação, em R$ 18 milhões, do valor mínimo para reparação dos danos causados pela organização criminosa.

Levantamento do segredo - Juntamente com a denúncia, o Ministério Público Federal requereu à Justiça o levantamento da publicidade restrita quanto à identidade dos denunciados e aos crimes a eles imputados.

No pedido, o MPF argumenta que, ao ser iniciada a ação penal, passa a vigorar o princípio da liberdade de imprensa, previsto no artigo 5º da Constituição Federal. Para o Ministério Público, após apresentada a denúncia, passa a preponderar o direito da sociedade em acompanhar o processo judicial instaurado contra os denunciados, zelando pela publicidade dos atos do Poder Judiciário.

Ação Penal nº 002973820154058202 em trâmite na 8ª Vara Federal em Sousa.

Reprodução
Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República na Paraíba

Dólar sobe mais de 2% e fecha a R$ 3,296, maior valor em mais de 4 meses


O dólar comercial fechou em alta de 2,17% nesta quinta-feira (23), a R$ 3,296 na venda. É o maior valor de fechamento desde o dia 19 de março, quando o dólar fechou valendo R$ 3,297 na venda. É também a maior alta percentual diária desde 11 de maio, quando a moeda norte-americana tinha subido 2,31%.

Nas casas de câmbio de São Paulo, a moeda norte-americana já está cotada próximo de R$ 3,70. O valor sempre é maior para turistas do que o divulgado no câmbio comercial.

Os valores iam de R$ 3,44 (em dinheiro vivo) a R$ 3,69 (no cartão pré-pago), já considerando o IOF, segundo pesquisa feita pelo UOL em cinco casas de câmbio, entre 14h e 14h30 desta quinta-feira (23).
Investidores preocupados com corte da nota

Investidores estão preocupados que Brasil venha a perder seu grau de investimento, uma espécie de "selo" de bom pagador, após o corte nas metas fiscais anunciado na véspera.

"Cresceu significativamente a chance de o Brasil perder o grau de investimento. Talvez isso demore, mas a chance é alta", disse o superintendente de câmbio da corretora Intercam, Jaime Ferreira, à agência de notícias Reuters.

A agência de classificação de risco Moody's deve manifestar-se sobre a nota brasileira em breve, após visita ao país na semana passada. A Fitch indicou que vai cortar a nota do país. A agência brasileira Austin Rating cortou hoje a nota de crédito de longo prazo do Brasil em moeda estrangeira, tirando do país o chamado "grau de investimento".
Corte da meta fiscal

Na véspera, o governo brasileiro anunciou uma redução na meta de economia para este ano: de 1,1% para 0,15% do PIB (Produto Interno Bruto).

Investidores entenderam que a decisão representou uma derrota para o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que queria uma meta maior para equilibrar as contas públicas.

"Se parecer que o Levy vai continuar perdendo as batalhas, o mercado vai começar a colocar no preço a possibilidade de ele sair do governo, e aí sim o dólar explode", disse o operador de um importante banco internacional à agência de notícias Reuters.
Atuação do Banco Central

Nesta manhã, o Banco Central vendeu a oferta total no leilão de rolagem de swaps cambiais (equivalentes à venda futura de dólares). Com isso, já rolou o equivalente a US$ 4,804 bilhões, ou cerca de 45% do lote que vence no início de agosto, que corresponde a US$ 10,675 bilhões.

Os leilões de rolagem servem para adiar os vencimentos de contratos que foram vendidos no passado.


Do UOL, em São Paulo
(Com Reuters)


quarta-feira, 22 de julho de 2015

Empresários são presos por compra de objetos furtados e prejuízos de R$ 2 mi na Paraíba

Divulgação/ Polícia Civil

Equipamento furtado em empresas



Dois empresários foram presos nesta quarta-feira (22) suspeitos de receptação de objetos furtados do sistema de telefonia na Paraíba. As prisões ocorreram em João Pessoa durante a ‘Operação Mercúrio’, coordenada pela Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio, a Roubos e Furtos, da Capital. O prejuízo as empresas do setor gira em torno de R$ 2 milhões.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do estado, os furtos eram praticados em território paraibano e ainda em Pernambuco e a receptação do material acontecia há cinco anos, causando prejuízo à sociedade, pois a propagação de sinal de voz, mensagens e internet era interrompida.

As investigações apontaram ainda que os objetos furtados eram revendidos para dois empresários, que possuem uma empresa provedora de internet na Capital. Os suspeitos foram presos nos bairros do Geisel e José Américo.

Os policiais apreenderam na sede do estabelecimento comercial e nas residências dos presos, o material furtado e outros objetos de origem duvidosa. Uma entrevista coletiva será concedida na tarde desta quarta na Central de Polícia Civil de João Pessoa para explicar sobre a ação policial.

Divulgação/ Polícia CivilEquipamento foi achado com os empresários

WhatsApp libera update que silencia contatos e marca chat como 'não lido'

Whatsapp, aplicativo de mensagens instantâenas
(Foto: Adelmo Paixão Neto/G1)


O WhatsApp liberou uma atualização para celulares Android nesta quarta-feira (22) que permite silenciar alguns contatos e não apenas grupos, marcar mensagens como “não lidas” e economizar o pacote de dados em ligações.

Todas as novidades fazem parte da versão 2.12.194 do aplicativo de bate-papo. Por enquanto, elas não chegaram à Google Play e podem ser baixadas apenas no site do chat (Veja abaixo como baixar a atualização).

Com a atualização, o app de mensagem ganhou cara de serviço de e-mail. Ao analisar o status de uma troca de mensagens, além de poder arquivar, apagar ou enviar as conversas, funções já disponíveis anteriormente, agora é possível também marcá-las como não lidas.

Isso pode ajudar a lembrar o usuário de responder mais tarde, mas não deixa de exibir os dois traços azuis que indicam que a mensagem foi lida.

Outra nova função é a de poder silenciar as notificações geradas pelos envios de um determinado contato. Antes, só era possível fazer isso com grupos. As conversas podem ser ignoradas por períodos de 8 horas, uma semana ou até um ano.

A atualização também liberou a configuração de toques para cada contato, ou seja, a personalização de vibração ou se banners devem ou não serem exibidos para avisar de novos envios de determinada pessoa.

Depois de liberar ligações telefônicas para Android em abril deste ano, o WhatsApp agora implantou um recurso para reduzir o gasto com internet dessas chamadas. Basta ir a “Configurações”, depois a “conversas e chamadas” e selecionar a opção “baixo uso de dados”.

Veja abaixo como instalar a nova versão do WhatsApp para Android:

1) Vá ao site http://www.whatsapp.com/android/ e clique em “Download Now”;
2) Enquanto o app é baixado, acesse no celular o menu “Configurar” e acesse o ícone “Segurança”;
3) Marque a caixa de “Fontes desconhecidas” e pressione “Ok” quando surgir o aviso de que o celular pode estar sob risco ao instalar apps fora da Google Play;
4) Após o download acabar, vá em “downloads” e clique sobre “WhatsApp.apk”;
5) Selecione “Instalar” e aguarde até a conclusão do processo; depois disso, toque em “abrir” para o aplicativo começar a funcionar já atualizado.

Com carga horária de 20h semanais e bolsa de R$ 850,00, MPF abre concurso para estagiários de Direito

Para participar, o estudante deve estar regularmente matriculado no curso de Direito das instituições de ensino conveniadas com o órgão. O estudante deve ter concluído, no ato da inscrição, pelo menos, 40% da carga horária ou dos créditos do curso superior, independente do semestre em que esteja formalmente matriculado.

O estágio tem carga horária de 20h semanais e bolsa de R$ 850,00, mais auxílio-transporte no valor de R$ 7,00 por dia estagiado, seguro contra acidentes pessoais e recesso remunerado de 30 dias anuais, a ser gozado, preferencialmente, durante as férias escolares.

O percentual de 10% das vagas que vierem a surgir ou forem criadas no prazo de validade do concurso está reservado aos candidatos com deficiência e aos participantes do Sistema de Cotas para Minorias Étnico-raciais.

A duração do estágio é de até um ano, podendo ser prorrogado até o limite de dois anos. O estágio firmado com pessoas com deficiência não se submete ao limite temporal máximo de dois anos, podendo ser prorrogado até a conclusão do curso.

Provas - A seleção consiste na aplicação de prova objetiva e subjetiva, com duração de quatro horas, que serão aplicadas no mesmo dia em data a ser divulgada, posteriormente, pelo MPF. A prova objetiva terá 30 questões de múltipla escolha de conhecimentos específicos de Direito. Já a prova subjetiva será composta de três questões discursivas, dispostas da seguinte forma: um caso prático onde o candidato deverá apresentar solução jurídica. Nas outras duas questões, o candidato deverá dissertar sobre temas que serão apresentados no momento da realização da prova. O anexo 1 do edital de abertura traz o programa de disciplinas para as provas.

Inscrições em duas etapas – O candidato precisa ficar atento, pois a inscrição completa para participar da seleção é feita em duas etapas. A primeira, exclusivamente online, no prazo mencionado anteriormente; e a segunda, presencial, quando o estudante deve comparecer à unidade do MPF para qual se inscreveu e apresentar os documentos solicitados pelo órgão.

No edital, estão disponíveis os endereços, datas, locais e horários nos quais serão recebidos os documentos. Opcionalmente, solicita-se a doação de um pacote de fralda geriátrica, com no mínimo sete unidades, a ser entregue, posteriormente, às instituições filantrópicas de escolha do MPF.



Fonte: Da internet

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Após ser levado vivo a necrotério, paciente morre em UTI de Cuiabá

Achado vivo no necrotério, Vitalino foi para UTI, mas
morreu nesta segunda. (Foto: Reprodução/TVCA)


A Prefeitura de Cuiabá emitiu nota informando que o homem de 58 anos encontrado com sinais vitais dentro do necrotério do Pronto-Socorro de Cuiabá na última sexta-feira (17) morreu por volta das 12h desta segunda-feira (20).

Vitalino Ventura da Silva havia sido internado no Pronto-Socorro (PS) no último dia 15 e teve duas paradas cardíacas na sexta-feira, quando teve a morte equivocadamente atestada.

Ele foi levado para o necrotério, onde foi encontrado com sinais vitais uma hora depois. Uma sindicância deverá apurar as circunstâncias e as responsabilidades de funcionários do PS no caso.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o paciente teve a morte efetivamente atestada nesta segunda, de modo que seu corpo já está sendo transferido ao Instituto Médico Legal (IML) para que seja determinada a causa da morte e para o registro do atestado de óbito.

Investigação
Também conforme a nota de esclarecimento, foi encaminhada uma solicitação para que o Conselho Regional de Medicina (CRM) apure a conduta dos profissionais de medicina envolvidos no caso.

Solicitação idêntica já foi feita pelo Ministério Público ao CRM e ao Conselho Regional de Enfermagem, bem como à Polícia Civil, para que instaure inquérito sobre as responsabilidades criminais da equipe médica. O próprio Ministério Público poderá instaurar inquérito sobre eventual ato de improbidade administrativa no caso.

O caso
Depois de dar entrada no PS no dia 15, Vitalino Ventura da Silva sofreu duas paradas cardíacas na Sala Vermelha no dia 17.


Reanimado após a primeira parada cardíaca, depois da segunda ele não reagiu e foi equivocadamente dado como morto, tendo sido encaminhado ao necrotério do PS em seguida, por volta das 23h, segundo anotações de uma médica que o acompanhou.

Uma pessoa que passava pelo necrotério, entretanto, estranhou os movimentos do lençol que cobria o corpo do paciente deixado numa maca dentro do necrotério. (Veja no vídeo)

Por volta de 0h de sábado ele já havia sido encaminhado de volta à Sala Vermelha do PS.

Vitalino ficou lá até a noite de domingo (19), quando foi levado para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde acabou morrendo por volta das 12h desta segunda-feira.

Do G1 MT

Jovem com HIV tem vírus sob controle sem remédios há 12 anos, diz médico

Imagem de microscópio eletrônico mostra vírus HIV em superfície de célula (Foto: Cynthia Goldsmith/Centers for Disease Control and Prevention via AP)

Uma jovem francesa de 18 anos, infectada pelo HIV durante a gravidez de sua mãe, está em remissão 12 anos após parar de se receber o tratamento antirretroviral, um caso inédito no mundo - segundo estudo publicado nesta segunda-feira (20). As informações são da AFP.

O caso mostra "que uma remissão prolongada após um tratamento precoce pode ser obtido numa criança infectada pelo HIV desde o nascimento", de acordo com a pesquisa francesa apresentada pelo médico Asier Saez-Cirion, do Instituto Pasteur de Paris, durante a 8ª Conferência sobre a Patogênese do HIV, em Vancouver, no Canadá.

A garota, que foi tratada até os 6 anos de idade, faz parte de um pequeno grupo que conseguiu remissão do vírus, pelo menos por algum tempo, depois de um tratamento com antirretrovirais. O caso da adolescente francesa é a remissão mais longa de que se tem conhecimento em uma criança, segundo informações da Reuters.

Casos anteriores
Em 2013, houve um caso de um bebê do estado americano do Mississippi que, depois de um tratamento agressivo contra o HIV, controlou a infecção por um período de 27 meses sem tratamento, antes de ela voltar.

A remissão duradoura também foi constatada em um grupo de 14 pacientes franceses conhecidos como o "estudo Visconti". Eles começaram o tratamento 10 semanas depois da infecção e permaneceram tomando as drogas por uma média de três anos.

Depois de interromper o tratamento, a maioria tinha um nível tão baixo do vírus em seu corpo que permaneceu indetectável por mais de sete anos.

Tratamento precoce
No caso da garota francesa, ela foi tratada inicialmente com uma droga destinada a prevenir que a infecção se instalasse.

Quando a droga foi retirada, seis semanas depois, a criança foi detectada com níveis altos do vírus. Ela, então, recebeu um coquetel de quatro drogas anti-HIV e permaneceu com esse tratamento por seis anos. Os médicos decidiram então não retomar o tratamento, e passaram a monitorá-la.

O médico Sáez-Cirión diz que ela não tem características genéticas associadas com indivíduos que naturalmente conseguem controlar o HIV. Ele atribui a remissão ao fato de ela ter recebido uma combinação de antirretrovirais logo depois da infecção. Para o especialista, o estudo demonstra os benefícios do tratamento precoce tanto para adultos quanto para crianças.

Do G1, em São Paulo

Contran decide tornar simulador obrigatório, a pedido de autoescolas

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) informou nesta segunda-feira (20) que decidiu tornar obrigatória a utilização do simulador de direção veicular nos centros de formação de condutores (CFCs). O pedido da volta da obrigatoriedade partiu dos Detrans de todo o país.



COMO FICA PARA TIRAR
CARTEIRA DE MOTORISTA

Categoria B (carros de passeio); autoescolas têm até 31/12 para se adaptar


1) Após aprovação no exame teórico e médico, iniciam-se aulas no simulador


2) Mínimo de 5 horas/aula no simulador, sendo 1 hora de conteúdo nortuno


3) Mínimo de 20 horas/aula no carro, sendo 4 à noite


Fonte: Resolução 543 do Contran


Segundo a resoução publicada nesta segunda, as autoescolas terão até 31 de dezembro para se adaptar.

Inicialmente, a determinação vale para os que vão dirigir carros de passeios, na categoria B. Numa segunda etapa, será obrigatório o uso do simulador para quem dirigir veículos comerciais, caminhão, ônibus e motos.

Assim, os candidatos à obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou aqueles motoristas que irão mudar de categoria serão obrigados a fazer, no mínimo, 5 horas/aula, de simulação, sendo uma com conteúdo noturno.

Ao todo, são necessárias 25 horas ao volante para tirar a carteira de motorista na categoria B (veja tabela). A carga horária aumentou em 5 horas no ano passado, também por determinação do Contran.

Segundo o Ministério das Cidades, ao qual o Contran é vinculado, as aulas no aparelho deverão ocorrer após o aluno ter feito o curso teórico e antes de iniciar a prática nas ruas.

A Resolução Nº 543, que trata do tema, foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda e descreve o conteúdo das aulas no simulador.

Vai e volta
Até agora, diz o ministério, somente os estados do Rio Grande do Sul, Acre, Paraíba e Alagoas exigem as aulas nos simuladores.

O uso do aparelho deveria ter se tornado obrigatório para a categoria B em 2013, após as autoescolas terem tido um prazo para adquirir ou alugar o equipamento. Mas a data de validade foi adiada até que, em junho de 2014, o Contran decidiu que o uso do aparelho na formação de novos motoristas seria opcional. Naquela época, um simulador custava R$ 40 mil, segundo reportagem do Jornal Nacional (assista abaixo).

O presidente do Contran, Alberto Angerami, diz que o simulador pode ajudar a reduzir acidentes. "Já tivemos bons resultados nos Estados que aplicaram a medida, principalmente no Rio Grande do Sul, onde foi registrada redução do número de acidentes após a obrigatoriedade do simulador”, afirmou.
Aluno em simulador durante aula em simulador em autoescola de São José dos Campos
(Foto: Reprodução/TV Vanguarda)
Aula no simulador deve ocorrer antes da prática nas ruas (Foto: Reprodução/TV Diário)


Do G1, em São Paulo

Imprensa nacional destaca: Mulher que matou pai e bebeu o sangue agiu por vingança


Rosângela dos Santos de Aguiar, de 22 anos, suspeita de matar o próprio pai e beber seu sangue agiu por vingança, segundo a Polícia Civil. A mulher e mais quatro pessoas foram detidas na quinta-feira (16) suspeitas de participarem do assassinato de Geraldo Rivaldo de Aguiar, de 45 anos, na cidade de Casserengue, distante 152 km de João Pessoa (PB).

De acordo com a Polícia Civil, por volta das 14h de quarta-feira (15), Rosângela foi à zona rural da cidade acompanhada de Kalleo Bruno Benedito Rosendo, de 23 anos, José Carlito de Sousa, de 26, o mototaxista Alexandre Carneiro de Sousa, de 34, e uma adolescente de 16 anos. Os dois primeiros homens teriam atirado na vítima; o mototaxista teria ajudado a transportar o grupo e a adolescente teria dado cobertura. Já Rosângela, teria pegado uma das armas dos comparsas, disparado contra o pai e tentado degolá-lo.

No dia seguinte, Rosângela, os dois homens e adolescente foram detidos na cidade de Arara, onde moravam pelo GTE (Grupo Tático Especial). Durante a investigação, a polícia descobriu a participação do mototaxista e o prendeu. Para a polícia, o homem confessou ter ajudado o grupo porque quis, sem receber nenhum tipo de ameaça.

Segundo a polícia, Rosângela era casada com Sousa e a adolescente, com Rosendo. Os quatro moravam na mesma casa e vendiam drogas na cidade de Arara, na mesma região. Já o mototaxista era cliente do grupo. Rosângela não tinha passagem pela polícia. Ela disse ter sido viciada em crack, mas que tinha largado o vício.
Em um vídeo, Rosângela confessa o crime e afirma que o cometeu para se vingar do pai porque teria sido estuprada quando era criança. Ela afirmou que queria cortar a cabeça dele e enfiá-la em uma estava, mas não conseguiu. A mulher também conta que bebeu o sangue do pai e que não se arrepende do crime.

A polícia investiga se o assassinato foi cometido por vingança por causa do abuso sexual, mas não descarta a motivação por dinheiro. Aguiar teria vendido gado e recebido dinheiro. A filha teria pedido a quantia, mas o pedido foi negado. Na delegacia, a mãe da suspeita não negou nem confirmou a versão da filha e acabou passando mal. Ela e outras pessoas devem ser ouvidas esta semana pelo delegado Ilamilto Simplicio da Silva, titular da Delegacia de Casserengue.

Rosângela está presa no Centro de Reeducação Feminino Maria Julia Maranhão, em João Pessoa; os três homens foram encaminhados para Penitenciária João Bosco Carneiro, em Guaraiba; e a adolescente está na Fundac (Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente), também na capital paraibana. O grupo foi indiciado por homicídio, tráfico de drogas e corrupção de menores e a prisão dos adultos foi convertida de flagrante para preventiva.

PF investiga repasses de US$ 14 mi para sustentar delação que envolve Cunha


Investigadores da Polícia Federal têm como um dos pontos de partida para tentar comprovar o recebimento de US$ 5 milhões em propina pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), um total de 35 operações financeiras feitas pelo lobista Julio Camargo, delator da Operação Lava Jato, com o operador do PMDB Fernando Antonio Falcão Soares, o Fernando Baiano, entre 2006 e 2007. As movimentações somam US$ 14 milhões.

Os investigadores montaram uma tabela com base em informações e documentos fornecidos desde o ano passado por Camargo. Ela mostra as contas de 16 empresas offshores que eram indicadas por Baiano para receber sua parte da propina dos US$ 40 milhões por dois contratos da Petrobras para fornecimento de navios-sonda para exploração de petróleo, assinados na gestão do ex-diretor de Internacional Nestor Cerveró. Como o jornal "O Estado de S. Paulo" mostrou ontem, o rastreamento de contas secretas dos dois investigados é fundamental para a comprovação da delação de Camargo.

"Por volta de julho de 2006 os denunciados Fernando Soares (Fernando Baiano) e Nestor Cerveró, este diretor da área Internacional da Petrobras na época, em conluio e com unidade de desígnios, cientes da ilicitude de suas condutas, em razão da função exercida por este último, solicitaram, aceitaram promessa e receberam, para si e para outrem, direta e indiretamente, vantagem indevida", registra a denúncia da força-tarefa da Lava Jato que embasou a abertura da ação penal contra Camargo, Cerveró e Baiano, entre outros, por corrupção e lavagem de dinheiro.

A propina viria de dois contratos: a construção do navio-sonda Petrobras 10000, para perfuração de águas profundas na África, e outro do projeto do navio-sonda Vitória 1000, para exploração de petróleo no Golfo do México.

Os dois contratos foram assinados com o estaleiro coreano Samsung Heavy Industries por US$ 586 milhões e US$ 616 milhões, respectivamente. As propinas correspondentes seriam de US$ 15 milhões e US$ 25 milhões, pela ordem. Camargo confessou ter pago a propina de US$ 40 milhões, via contas secretas de Baiano no exterior e também por meio do doleiro Alberto Youssef.

A Lava Jato diz que os pagamentos do estaleiro deveriam ser feitos para a offshore Piemonte Investment Corp. em uma conta no Uruguai. Dois depósitos nesse sentido foram detectados: US$ 6,2 milhões e US$ 7,5 milhões, efetuados em 8 de setembro de 2006 e 31 de março de 2007. "Exatamente nas datas previstas no contrato de intermediação entre as empresas Samsung e Piemonte", afirma a força-tarefa.
Cobrança

Na quinta-feira (16), Camargo revelou pela primeira vez nos autos da Lava Jato que, em 2011, uma parcela final de US$ 10 milhões deixou de ser paga pela Samsung, gerando uma cobrança inicialmente feita por Baiano, em nome de Cunha, e depois pelo próprio deputado, em encontro que teria ocorrido em um prédio comercial do Rio. Para a Lava Jato, a cobrança feita em 2011 indica que, desde o início do esquema fechado por Cerveró e Baiano com o estaleiro, Cunha tinha valores a receber do esquema.

Cerveró e Baiano estão presos desde o início do ano, em Curitiba, sede das investigações da Lava Jato que não envolvem políticos com foro privilegiado. Cunha é investigado em inquérito no Supremo Tribunal Federal por envolvimento no esquema da Petrobras.

Todos os envolvidos nas propinas dos contratos de navios-sonda negam relação com o caso e contestam a versão de Camargo. Desde a divulgação da delação do lobista, Cunha afirma não ter envolvimento com o esquema de corrupção na Petrobras e alega ser vítima de perseguição do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e de integrantes do governo federal. O presidente da Câmara também fez críticas à condução do caso pelo juiz federal Sérgio Moro, sob alegação de que teria desrespeitado a prerrogativa de foro - o magistrado disse não poder impedir que testemunhas falem nos autos.

Nélio Machado, advogado de defesa de Fernando Baiano, sustenta que o cliente desconhece os fatos relatados por Camargo e nega ter contas no exterior. Defensor de Nestor Cerveró, Edson Ribeiro nega que o cliente tenha recebido propina pelos contratos dos navios-sonda.

As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial