terça-feira, 9 de junho de 2015

Criminosos ateiam fogo em caixão de rival assassinado

Enviadas WhatsApp Portal Diário do Aço

IPATINGA – A raiva de um grupo rival contra Tayron Viana de Souza, de 18 anos, o “Tairim”, não acabou com a morte dele. Na madrugada dessa segunda-feira (08/06), dois homens invadiram o local do velório e, após ameaçar os presentes, atearam fogo sobre o caixão, a ornamentação do funeral e sobre uma coroa de flores. A dupla fugiu em seguida, sem ser encontrada pela polícia.

O caso aconteceu por volta de 1h da madrugada, quando a família e amigos velavam o corpo de Tairim dentro de um salão na rua Maria da Glória Barbosa, perto do local onde Tairim residia. Os familiares e amigos foram surpreendidos por dois homens, que chegaram em uma motocicleta Honda Titan 150. O condutor era de cor clara, estava de blusa de moleton e usava óculos de grau. O carona era moreno, magro e alto, ambos armados com revólveres.

Sob ameaças, todos foram obrigados a deixar o salão, que já foi sede de uma igreja evangélica e fora fornecido pelo proprietário para o velório.

Enquanto isso, os desconhecidos derramaram um líquido inflamável, provavelmente querosene, sobre o caixão e atearam fogo. Eles ainda picharam frases nas paredes e fugiram em seguida na motocicleta.

Os familiares, presentes ao velório, conseguiram apagar as chamas, mas parte da ornamentação do funeral foi destruída. O corpo também foi atingido pelas chamas.

A Polícia Militar foi acionada, registrou a ocorrência e fez rastreamento, porém, sem encontrar quaisquer suspeitos. A funerária contratada pela família providenciou a retirada do caixão e fez na manhã dessa segunda-feira, o sepultamento no Cemitério Parque Senhora da Paz, no bairro Veneza II.

Enviadas WhatsApp Portal Diário do Aço 31 8591 5916
Frases foram pichadas na parede do salão que já abrigou uma igreja evangélica, onde o corpo era velado


Como já informou o portal DIÁRIO DO AÇO, Tayron morreu no início da noite de sábado. Ele estava internado em estado grave desde a noite da última quinta-feira (04/06) após ser alvo de tiros quando estava em uma lanchonete na praça Valdomiro Serafim da Costa, no bairro Bom Jardim. O autor do crime, que confessou o assassinato, foi preso pouco depois do homicídio.


FONTE: http://diariodoaco.com.br/
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário