sábado, 11 de abril de 2015

PSOL DESCARTA ALIANÇAS COM PARTIDOS CONSERVADORES EM 2016

O presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, disse que seu partido não fará aliança com forças conservadoras nem com políticos pertencentes ou remanescentes destas forças.

O presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, disse que seu partido não fará aliança com forças conservadoras nem com políticos pertencentes ou remanescentes destas forças. “O PSOL tem o radicalismo necessário para apontar que a política que interessa é aquela norteada pelo interesse público e não interesses privados de grupos políticos no Estado”, afirmou.

Galdino destacou a votação de muitos candidatos do partido na eleição passada, entre eles, a de Gobira, Renan Palmeira, Ciço Filho, José Silva, Dr. Rivaldo, Marcos Patrício, entre outros. “Esses militantes do PSOL participaram do processo eleitoral em condições desiguais e foram relativamente bem votados em função da coerência no discurso e na prática do PSOL. Não abriremos mão desse acúmulo de forças e de conscientização política”, disse o pesolista.

Ele negou que esteja ocorrendo negociação com políticos que já passaram pelo governo de Cajazeiras e o PSOL. “Não será a viabilidade meramente eleitoral de ninguém que vai orientar a nossa decisão quanto à política de alianças”, declarou.

Segundo Galdino, as alianças do PSOL para 2016 terão como base parâmetros tais como oposição aos governos da presidente Dilma Rousef, do governador Ricardo Coutinho e dos municípios onde ocorrerão os debates sobre alianças. “Além disso, vamos considerar as relações dos atores envolvidos com a defesa de direitos dos trabalhadores, da sociedade democrática e da luta contra as desigualdades sociais”, disse.

O presidente do PSOL paraibano garantiu que o fortalecimento do partido não será resultado de alianças eleitoreiras, porque o partido cresce pelo vetor da luta política e social. “Uma boa olhada na conjuntura política do Estado nos faz imaginar que não teremos muitas novidades quanto a alianças eleitorais. O PSOL tem sido tornado cada vez mais reconhecido pela sociedade, por setores populares e pelo paraibano em geral. E não pode se descaracterizar dessa imagem”, afirmou.


Fonte: paraibaja.com.br/
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial