sexta-feira, 24 de abril de 2015

EMPRESÁRIO E OUTROS TRÊS SÃO PRESOS SUSPEITOS DE USAR MOTOS PARA "RACHAS" EM BRS NA PB

Uma operação deflagrada na manhã desta sexta-feira (24) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em parceria com a Polícia Civil, deve apreender, até o domingo (26), vários veículos que circulam no território paraibano.

Até as 8h, quatro pessoas já haviam sido presas em flagrante por porte ilegal de armas, dentre elas um empresário. No mesmo período, onze motocicletas foram apreendidas.

Desde as primeiras horas desta sexta-feira, circulam nas redes sociais informações de que a apreensão se deu porque essas motos teriam sido identificadas nas investigações como veículos utilizados em "rachas", inclusive em rodovias federais. A PRF não confirma essa informação.

Também nas redes sociais, foi postada a informação de que esses "rachas" estariam acontecendo na Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

De acordo com o chefe do serviço de operações da PRF, Lucas Lucena, a operação busca cumprir mandados judiciais de busca e apreensão em todas as regiões do estado. O objetivo é combater crimes de trânsito, como, por exemplo, a conduta irregular de motoristas.

“Como a operação ainda está em andamento, não podemos dar detalhes dos trabalhos, por enquanto. Mas, no domingo, um balanço da operação será divulgado e na segunda-feira haverá uma coletiva de imprensa para apresentar os resultados da ação”, disse.

Segundo o inspetor Anderson Poddis, 70 profissionais da PRF participam da operação, que tem o apoio de nove equipes da Polícia Civil e do Ministério Público, através do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

"As equipes já estão nas ruas e o foco hoje é no cumprimento de mandados de busca na Região Metropolitana de João Pessoa", informou.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial