sexta-feira, 6 de março de 2015

TCE aprova por unanimidade as contas de 2013 do governador.


O Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou, nesta quinta-feira (5), por unanimidade, as contas da gestão do governador Ricardo Coutinho referentes ao exercício de 2013. De acordo com os conselheiros, houve evolução na prestação de contas e este fator contribuiu para a aprovação unânime. A análise teve início com o parecer do Ministério Público de Contas, seguido do voto do relator conselheiro André Carlos Torres e de mais quatro conselheiros que acompanharam seu voto.
Aprovaram as contas do governo os conselheiros Nominando Diniz, Fernando Catão, Arnóbio Viana e Fábio Nogueira, que acompanharam o voto do conselheiro André Carlos Torres. O conselheiro Arthur Cunha Lima não votou porque presidiu os trabalhos e o conselheiro Umberto Porto já está aposentado. Os conselheiros ainda apresentaram recomendações necessárias para as prestações dos próximos exercícios.

O procurador geral do Estado, Gilberto Carneiro, avalia que foi um dos melhores relatórios de gestão fiscal das últimas décadas. “O Governo tem avançado muito na transparência e na execução do orçamento”, comemorou, ressaltando que, evidentemente existem problemas que são históricos, não vão se corrigir de um exercício para o outro. “Mas o que importa é o Governo demonstrar que está agindo para resolver”, enfatizou.

De acordo com Gilberto Carneiro, um dos problemas que até então nenhum gestor tinha conseguido resolver foi justamente o da previdência. “O Estado aportou recursos e também criou o fundo de previdência capitalizado para evitar que esse déficit continue a retirar recursos do Tesouro. Portanto, eu quero também parabenizar o Tribunal, tendo em vista que todos os votos foram muito bem fundamentados. Essa é uma das primeiras aprovações de prestação de contas que sequer multa é aplicada ao gestor”, destacou.

Mais informações acesse:
www.paraiba.pb.gov.br
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial