Ricardo diz que vai cobrar obras em encontro com Dilma e volta a alfinetar Cássio: 'está desequilibrado'

terça-feira, 24 de março de 20150 comentários

O governador Ricardo Coutinho (PSB) afirmou que vai cobrar obras que já estavam com a verba empenhada e aproveitou para alfinetar o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) que fez críticas ao governador na semana passada: ‘Está desequilibrado’.

Para Coutinho, o encontro com Dilma que acontece nesta quarta (25), no Palácio do Planalto, com a participação dos outros governadores do Nordeste, vai servir para serem levadas reivindicações comuns a todos os estados do Nordeste e vai cobrar algumas definições.

"Alguns atrasos não só na Paraíba, mas creio que com a votação do orçamento e quadro de detalhamento de despesa, oportunidade de normalizar tudo isso", diz. Coutinho lembrou que a princípio o governo tem recurso.

"Creio na normalização disso para acelerar cada vez mais obras que são convênio, muitas na área de segurança hídrica, ela tem sido parceira importante dos estados do Nordeste nesse campo", afirma.

O governador aproveitou para alfinetar a oposição nacional afirmando que "não dá para algumas pessoas ficarem em cima de um trono simplesmente cobrando. Se o Brasil vai mal, todo mundo vai mal, se melhora todo mundo avança e o que o setor produtivo quer é manter os empregos e investir mais", diz.

Coutinho afirmou que entende o momento que o país atravessa, mas como já tinha verba empenhada para algumas obras, o governador explica que se deduz que tenha dinheiro já garantido e ele vai cobrar essa liberação.


Sobre Cássio e as críticas que o senador fez no final da semana passada, Coutinho voltou a alfinetar o tucano. O governador falou que o senador está “desequilibrado” ainda devido ao resultado das eleições e que não aceita este resultado porque “sempre teve tudo de mão beijada, nunca trabalhou, nem colocou a mão na massa”.

"É mais um ato de desequilíbrio. Evidente que ele anda desequilibrado e não assimilou que é tão mortal quanto qualquer um de nós, pode perder. Foi criado em berço de ouro, nunca teve que trabalhar, que colocar a mão na massa, ralar... ganhou tudo de mão beijada, veio de pai para filho. Teve seus chiliques quando achava. Tratava mal as pessoas e não se recuperou da escolha, que não foi feita por mim, o povo preferiu me colocar para continuar governando o estado, percebeu que estava sendo governado de forma mais legítima, honesta, correta... Ele teve mais de seis anos e nunca olhou para os idoso, no máximo vinha numa feira para ganhar meia dúzia de votos, nunca olhou para coisas essenciais", disparou.




Coutinho lembrou as mais de mil pessoas que deram vantagem a ele nas eleições. "Talvez ele não tenha se recuperado desse choque de realidade e tem feito coisas reprováveis. Não tenho tempo para ficar perdendo com o senador, ele como não gosta do trabalho só gosta de falar. A cada resposta, cada mentira que ele fizer contra o meu governo, vou responder com a verdade das obras, do esforço, do compromisso do trabalho é só isso o que eu tenho para a população", conclui.


Marília Domingues / Marcos Wéric
Compartilhe esta notícia :

ÚLTIMAS VISITAS

WHATSAPP CZAGORA

WHATSAPP CZAGORA

Seguidores

TV DIÁRIO DO SERTÃO

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Cz Agora - Todos os Direitos Reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger