Para discutir a transposição, Jeová quer João Azevedo na ALPB e visita de deputados ao canal Acauã-Araçagi

segunda-feira, 2 de março de 20150 comentários

O presidente da comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, Jeová Campos (PSB), agradeceu a união dos deputados na Casa em torno da criação de uma frente que cuide do problema da seca no Estado e destacou que a AL vai convidar o secretário de Infraestrutura, Tecnologia, Recursos Hídricos e Meio Ambiente, João Azevedo para expor o plano para o recebimento das águas do Rio São Francisco na Paraíba.
Foto: Flávio Mendes
Em entrevista ao Sistema Arapuan, o deputado agradeceu aos parlamentares que se congregaram independente de partidos para construir essa frente que cuida do principal problema da Paraíba que é a seca. “Água é a solução em qualquer canto e estamos vivendo uma longa estiagem no Cariri até parte dos municípios do Brejo, além do Sertão onde há açudes com 9% da capacidade. Temos que pedir a Deus que chova, mas o certo é que a Assembleia cuide”, diz.


Para o deputado, a primeira reunião para definir a organização da frente, já deve acontecer na próxima terça (3), onde serão definidos a organização, uma pauta e uma agenda. “Na pauta vai ter emergencialmente a questão dos municípios que não tem água, são abastecidos por carros pipa, prefeitos tendo que pagar porque está faltando dinheiro na Secretaria de Recursos Hídricos porque o governo federal contingenciou e não liberou”, reclama.


A curto prazo o deputado destacou a necessidade de continuar a perfuração de poços e a utilização dos carros pipa, já a médio prazo as obras da transposição. “O certo é que a comissão tem que olhar o momento de emergência e olhar para a frente, tivemos uma crise no Orçamento Geral da União, vários contingenciamentos e não podemos permitir que obras não tenham celeridade, momento exige celeridade, não retardamento”, explica e continua apontando que também é preciso estudar outras questões como o manuseio da água. “Vamos aproveitar racionalmente otimizando ela para de fato gerar riqueza e melhorar a condição de vida de várias áreas da Paraíba”, diz.


O deputado também falou que a frente vai convidar o secretário João Azevedo para ir à Assembleia expor o Plano das águas que já foi gestado e está em execução, além disso, o socialista quer convidar os colegas da frente para visitar o canal Acauã-Araçagi.
Campos também comentou acerca da denúncia feita pelo oposicionista Renato Gadelha (PSC) de que a empresa Mendes Júnior não estaria pagando os operários de Mauriti e por isso eles teriam paralisado as obras. “Sem obra não tem água porque é um conjunto de lotes em sequência dos outros, o problema é só da Paraíba, mas do Rio Grande do Norte, Ceará, Pernambuco… Nosso presidente Adriano Galdino usando sua legitimidade vai se articular com outras Assembleias. Precisamos de uma frente nordestina, quando o problema chegou no sul a a classe se uniu. O Nordeste não é só problema, mas também solução”, conclui.


Marília Domingues / Fernando Braz
Compartilhe esta notícia :

ÚLTIMAS VISITAS

WHATSAPP CZAGORA

WHATSAPP CZAGORA

Seguidores

TV DIÁRIO DO SERTÃO

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Cz Agora - Todos os Direitos Reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger