Governo de Cuba ameaça cassar diploma de médicos com parentes no Brasil

terça-feira, 24 de março de 20150 comentários

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, divulgou as regras do novo edital do Programa Mais Médicos no início do ano

De acordo com reportagem do jornal Folha de S.Paulo, o governo cubano está ameaçando cassar o diploma de aderidos ao Programa Mais Médicos e que tenham família com residência no Brasil. O contrato prevê a visita dos familiares, mas não estipula limite de estadia, o que abre brecha para diferentes interpretações.
fonte: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil


Os profissionais são obrigados a retornarem a Cuba durante as férias, mas aqueles que têm parentes morando no Brasil estão sendo retidos na ilha. A condição para a retomada do trabalho em terras brasileiras é a volta dos familiares a Cuba.

Até dezembro de 2014, 14.462 médicos faziam parte do programa, sendo 11.429 cubanos. Não há estimativa de quantos estejam com a família no país.


Segundo representantes do governo da ilha, a medida tem como objetivo evitar a fuga de cubanos. Em contra partida, o Ministério da Saúde do Brasil informou nesta sexta-feira (20) que não pode interferir nas relações de trabalho entre governo e médicos.


http://jovempan.uol.com.br/
Compartilhe esta notícia :

ÚLTIMAS VISITAS

WHATSAPP CZAGORA

WHATSAPP CZAGORA

Seguidores

TV DIÁRIO DO SERTÃO

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Cz Agora - Todos os Direitos Reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger