segunda-feira, 14 de julho de 2014

Projeto Palco IFPB leva música autoral a alunos e a comunidade de Cajazeiras

Através de apresentações musicais, oficinas e debates alunos e comunidade em geral poderão conhecer o trabalho de artistas de todo o estado e interagir com as atrações.

Troca de experiências, saberes, formação de novas plateias musicais, promoção da diversidade cultural brasileira. Esses são alguns dos objetivos do projeto “Palco IFPB”, que será inciado na próxima quinta-feira (17) às 9h45 no Campus de Cajazeiras. Através de apresentações musicais, diálogos e oficinas, alunos, professores, técnicos e a comunidade terão a oportunidade de conhecer novos grupos de diversas regiões do estado e conversar sobre o trabalho desses artistas.

O projeto será realizado uma vez por mês, sempre com a apresentação de grupos diferentes. De acordo com o professor George Glauber, que é músico e idealizador do projeto, a ideia é trazer uma vivência artística para o instituto e estendê-las às pessoas que queiram participar. “Proporcionar essa interação é algo que, além de fortalecer o núcleo de artes do IFPB, traz benefícios pra todos. Enquanto os alunos e comunidade podem ter acesso à boa música e ao diálogo com os artistas, estes podem mostrar seu trabalho e expressar a verdade que transmitem através das suas canções”, conta George que tocará na primeira apresentação com a banda AbradOs Zoio, da cidade de João Pessoa.


Sobre a primeira atração do Palco IFPB:

A banda AbradOs Zoio – ADZ– nasceu em 2011, e de lá pra cá foi agregando aos poucos os seus componentes, até alcançar sua atual formação - Yuri Carvalho, Relações Públicas por formação e atuante na música desde a juventude, por meio do Coral Paraibano Voz Ativa (vocal), Pedro Medeiros, licenciado em Música e educador multi-instrumentista (Direção musical e guitarrista), Iradi Luna, mestre em Etnomusicologia pela UFPB e educador musical (contrabaixo), George Glauber, também mestre Etnomusicologia pela UFPB e educador musical (bateria), professor de bateria no IFPB Campus Cajazeiras e Lucas Dan, bacharel em música e especialista em acordeom (teclado, percussão e sanfona).


A ADZ tem enquanto proposta levar o Rock-Oxente, uma mistura de ritmos num caldeirão efervescente, para todos os povos, disseminando assim, a diversidade cultural. Um som feito em louvor à cultura e às raízes paraibanas para o grande público, enaltecendo os nossos signos culturais, o nosso coco de roda, as nossas figuras sociais que fomentam a cultura do Estado, assim como unir o melhor do rock, funk com raiz norte americana, com a música nordestina, o baião, o maracatu, o samba-groove e as várias nuances da grande MPB, que na visão da banda recebe um novo significado, (Música Paraibana Bacana). Como principais influências sonoras e poéticas, a banda leva na bagagem trabalhos de artistas como Djavan, Lenine, Dominguinhos, Alceu Valença, Zeca Baleiro, Belchior, Vital Farias, Zé Ramalho, Chico César, Pedro Osmar e diversos artistas paraibanos.


“A ADZ surgiu da necessidade de se fazer música com uma identificação pessoal dos integrantes, que buscou nas raízes intimistas, um encontro entre o trabalho e o prazer”, afirma o vocalista, Yuri Carvalho.

Facebook: www.facebook.com/abradoszoio Soundcloud: https://soundcloud.com/abradoszoio/sets/banda-adz-abrad-os-z-io-cd
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário