segunda-feira, 23 de junho de 2014

‘Quando eu sair vou matar ela também’, diz menor que matou jovem em Cajazeiras

Consciente dos direitos que o menor de idade tem perante a Justiça brasileira, o adolescente de 17 anos acusado de executar outro jovem da mesma idade em Cajazeiras, no domingo, 22, prevê que estará solto em pouco mais de um mês e admitiu, na delegacia, que pretende assassinar também sua ex-namorada.

O homicídio aconteceu na madrugada de domingo, e o adolescente suspeito do crime foi detido na tarde do mesmo dia. Segundo a Polícia Militar, no momento da apreensão ele estaria comemorando o assassinato em um bar na BR-230. Ao ser detido, assumiu a autoria do crime e demonstrou ousadia ao admitir que, por ser menor de idade, deverá estar solto em pelo menos 45 dias e pretende matar a garota.

- Quando eu sair vou matar ela também. Quero logo puxar essa cadeia. Vamos! Aonde é? Em Cajazeiras? Em Sousa? Vou puxar minha cadeia, é só 45 dias. Eu sou de menor. Pra que existe advogado? É só 45 dias – repetia o acusado.

Crime motivado por ciúme

Gabriel dos Santos, de 17 anos, foi morto com dois tiros de revólver calibre 38 na rodovia PB-393, que liga os municípios de Cajazeiras e São João do Rio do Peixe, quando voltava de um bar na Serra da Arara junto com um amigo, em uma moto. Ao saírem do local com destino a Cajazeiras, eles perceberam que uma peça do veículo havia sido roubada.

A ausência da peça ocasionou problemas mecânicos na moto, obrigando Gabriel a parar no meio do caminho. Nesse momento dois indivíduos em outra moto encostaram e um deles perguntou: ”Gabriel, você precisa de ajuda?”. Porém a suposta ajuda se tratava de uma emboscada. O adolescente que estava na garupa sacou o revólver e abriu fogo. Gabriel morreu na hora, mas seu amigo conseguiu sair correndo pelo matagal e pediu socorro em um motel, de onde acionaram a polícia.

Detido horas depois, o adolescente que efetuou os disparos assumiu o crime e revelou que matou Gabriel porque ele estava se envolvendo com sua ex-namorada.

FONTE: EXATASNEWS

Foto: Reprodução/Sertão da Paraíba
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário