quarta-feira, 28 de maio de 2014

Sabe de nada, inocente. Propaganda terá de ser alterada

Não foi por causa do bordão mais falado dos últimos tempos. Foi por causa do “vem, vem, ordiná…”. Para os representantes da Comissão de Ética do Conselho Nacional de Auto-Regulamentação Publicitária (Conar), a frase incompleta dita pelo Compadre Washington na propaganda do site de vendas Bom Negócio é uma ofensa contra as mulheres.

O comercial terá que ser alterado. O Conar recebeu 50 e-mails de mulheres de todo o Brasil alegando que se sentiram desrespeitadas. A empresa pode recorrer da decisão.

Segundo o Conar, os empresários do site estavam presentes na audiência. Ao Correio Braziliense, jornal do grupo Diários Associados, o Bom Negócio informou que aguardará a notificação do órgão para tomar as devidas providências.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário