Aécio agradece apoio de Ronaldo e diz que também está 'envergonhado'

segunda-feira, 26 de maio de 20140 comentários

O senador Aécio Neves, pré-candidato do PSDB à Presidência da República, defendeu nesta segunda-feira (26) em São Paulo a declaração do jogador Ronaldo, que na semana passada afirmou ter vergonha da preparação do país para a Copa do Mundo, que começa no próximo dia 12.

"Acho que os brasileiros estão cansados de tanta incompetência, de tantos compromissos assumidos que não são cumpridos e isso vem sendo potencializado em todas as áreas. Eu me sinto como brasileiro envergonhado por causa dos indicadores sociais do Brasil, do baixo crescimento da economia, do conjunto de obras inacabadas, com sobrepreço. O que o Ronaldo fez foi externar um sentimento com sinceridade, dele, pessoal, não é político. Fez isso de forma muito clara. Acho que ele não fala sozinho. Acho que esse é um sentimento que vamos encontrar com muita facilidade em cada região do país", disse o senador.

Aécio falou após encontro reservado com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. Segundo ele, os dois avaliaram a conjuntura e trataram de alianças partidárias.

O pré-candidato também falou sobre o apoio anunciado por Ronaldo à sua candidatura. Ele disse que não conversou com o jogador sobre seu papel na campanha.

"O Ronaldo, na verdade, me apoiou lá atrás quando fui candidato ao governo de Minas. Acompanhou os resultados do nosso governo. Agradeço de público essa manifestação. Outras certamente virão. Infelizmente quaisquer pessoas públicas que se manifestam em relação ao meu nome ou algum nome da oposição são imediatamente patrulhadas. Foi um gesto de coragem e um gesto de cidadania. Ele expressou seu sentimento e eu recebi de forma muito positiva. Não conversamos ainda sobre de que forma ele participará. O que ele tem me dito é que está à disposição para participar da forma que acharmos mais adequada ", afirmou.

Candidato a vice
Aécio disse que o nome do vice chegou a integrar a pauta da reunião, embora afirme que não há pressa em tomar a decisão.

"Sem pressa em tomar decisão. Fizemos avaliação dos nomes, porque não dizer isso. Ele também me falou do quadro local, mas são questões que serão conduzidas com muita cautela. Geraldo é o mais mineiro dos paulistas. Ele leva isso com muito mais serenidade do que qualquer um de nós. "

O tucano disse que as próximas semanas antes das convenções de junho devem ser de definição das alianças.

"Conversamos sobre eleições também atualizando esses entendimentos finais. Nós estamos vivendo agora, nas próximas três semanas, o momento definitivo das alianças. Por isso é natural que em toda parte nós recolhamos ansiedade e expectativas."


Roney DomingosDo G1, em São Paulo
Compartilhe esta notícia :

Postar um comentário

ÚLTIMAS VISITAS

WHATSAPP CZAGORA

WHATSAPP CZAGORA

Seguidores

TV DIÁRIO DO SERTÃO

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Cz Agora - Todos os Direitos Reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger