João Pessoa é 3ª cidade mais violenta do Brasil e a 9ª mais violenta do mundo

quarta-feira, 22 de janeiro de 20140 comentários

A cidade de João Pessoa é a 3ª mais violenta do Brasil. Enquanto isso, Campina Grande, que antes sequer aparecia no ranking, agora ocupa a 9ª posição. Levando-se em consideração uma escala geográfica mais ampla, a situação é bem preocupante: a capital paraibana e Campina ocupam, respectivamente, a 9ª e a 25ª colocação na relação das mais violentas do planeta.

Os números foram apontados em pesquisa divulgada pela Organização Não-Governamental (ONG) mexicana Seguridade, Justiça e Paz. A entidade levou em consideração a proporção entre o tamanho da população e a quantidade de homicídios dolosos, registrados em 2013 em cidades com mais de 300 mil habitantes e divulgou lista com as 50 com o maior índice de crimes deste tipo no mundo.

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social (Seds), Cláudio Lima, afirmou que ainda não teve conhecimento da pesquisa e preferiu não tecer comentários sobre o posicionamento do Estado a respeito dos índices apresentados pela ONG mexicana. O titular da pasta da Segurança no Estado enfatizou que só poderia comentar o assunto depois que tivesse acesso aos dados na íntegra. A equipe do JORNAL DA PARAÍBA ainda tentou falar, por telefone, com a Assessoria de Ações Estratégicas do órgão, mas não obteve sucesso.

Das 16 cidades brasileiras apontadas no levantamento, oito estão localizadas no Nordeste. Dessas apenas Campina Grande não é capital e pela primeira vez aparece na lista das 50 cidades mais violentas, com 184 mortes no ano passado.

Enquanto isso, João Pessoa contabilizou 515 casos de homicídio doloso em 2013, conforme os dados da ONG mexicana. Comparando esses números aos dados da mesma pesquisa em 2012, a capital paraibana piorou uma posição em termo mundial no ranking – antes ela era a décima colocada e agora subiu é a nona.

A situação de João Pessoa só não ficou pior do que a de Maceió (AL) e Fortaleza (CE), que apareceram no primeiro e segundo lugar, respectivamente, dentro da relação das mais violentas do País. Mesmo assim, a capital paraibana ainda ficou à frente de cidades nordestinas como Natal (RN), Salvador (BA), São Luís (MA), Recife (PE) e Aracaju (SE).

Com relação ao resto do País, Brasília (DF) e Curitiba (PR), que estavam na lista em 2012, não apareceram mais na pesquisa referente ao período de 2013. Porém, não apenas o município de Campina Grande, mas também as capitais nordestinas Natal e Aracaju passaram a integrar a relação das 50 mais violentas do mundo no ano passado. Permaneceram na relação da ONG os municípios de Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Cuiabá (MT), Fortaleza , Goiânia (GO), Macapá (AP), Maceió , Manaus (AM), Recife , Salvador , São Luís e Vitória (ES).

Das cidades mais violentas do mundo enumeradas na pesquisa, 16 estão localizadas no Brasil, nove no México, seis na Colômbia, cinco na Venezuela, quatro nos Estados Unidos, três na África do Sul e duas em Honduras. El Salvador, Guatemala, Jamaica e Porto Rico aparecem com um município cada. A campeão entre as mais violentas do planeta é San Pedro Sula, localizada em Honduras.

Um caso recente de violência que marcou a população de Campina Grande foi o assassinato do policial militar José Janderson Pereira, 28 anos, em 12 de dezembro do de 2013, durante um assalto na avenida Manoel Tavares.


Luzia Santos
Do Jornal da Paraíba
Compartilhe esta notícia :

Postar um comentário

ÚLTIMAS VISITAS

WHATSAPP CZAGORA

WHATSAPP CZAGORA

Seguidores

TV DIÁRIO DO SERTÃO

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Cz Agora - Todos os Direitos Reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger