A tecnologia e as curiosidades por trás do viral do Bebê-Diabo

sexta-feira, 17 de janeiro de 20140 comentários

O vídeo que pegou a web de surpresa nesta semana foi o anúncio viral do filme "O Herdeiro do Diabo". O vídeo, lançado no dia 14 de janeiro já atingiu mais de 30 milhões de visualizações e foi um sucesso de compartilhamento nas redes sociais.


Com o sucesso, é claro, o filme está bem conhecido. O que poucos pensam em casos assim é no trabalho por trás de um projeto assim. Criar um boneco tão realista requer esforço, e esta tarefa foi assumida pela pequena agência Thinkmodo.

O pessoal do Mashable teve acesso a um vídeo da montagem do boneco, conferido logo acima, e a algumas curiosidades sobre sua produção, que podem ser vistas abaixo:

Curiosidades

- Demorou quatro semanas para construir o Bebê-Diabo e seu carrinho. A Thinkmodo estima o tempo total de trabalho em cerca de 200 horas;

- Dentro do corpo de fibra de vidro do Bebê-Diabo havia 11 servomotores para controlar seus movimentos;

- A pele ultrarrealista foi feita de silício;

- O cabelo do Bebê-Diabo é feito com pelos de cabra e cada fio foi fixado individualmente em sua cabeça;

- O suor foi feito com o gel KY;

- As veias na pele do Bebê-Diabo foram feitas por um artista com um aerógrafo;

- O movimento do carrinho foi feito com dois motores de furadeiras elétricas, alcançando a velocidade máxima de 3,2 km/h;

- O vômito foi feito com água, um agente engrossante e corante alimentício;

- Foram necessários quatro titereiros para controlar remotamente o bebê;

- Para comandar o carrinho e o bebê, foram usados controles de aeromodelos;

- O choro e outros sons do bebê foram comandados por um iPod conectado a um transmissor que enviava sinais aos alto-falantes escondidos no carrinho.

Os bugs

- A princípio, o vômito espirrava longe demais e chegou a atingir um dos câmeras responsável pelas gravações;

- A correia responsável pelo movimento do carrinho quebrou quando ele passou por um buraco na rua;

- A gravação foi feita durante o período mais gelado do inverno americano, conhecido como vórtice polar. Chegou a ficar tão frio, que o motor que controlava os olhos congelou, o que impediu que ele piscasse até ser arrumado com um secador de cabelo.


E para quem não conferiu o vídeo final:





OLHAR DIGITAL
Compartilhe esta notícia :

Postar um comentário

ÚLTIMAS VISITAS

WHATSAPP CZAGORA

WHATSAPP CZAGORA

Seguidores

TV DIÁRIO DO SERTÃO

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Cz Agora - Todos os Direitos Reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger