Juazeiro do Norte-CE: Motociclista é baleado e atravessa o canteiro da Avenida Leão Sampaio morrendo do outro lado

quinta-feira, 18 de julho de 20130 comentários



Demontier Tenório/// (Foto: Michel Dantas/Agência Miséria)

José Wagner da Silva Chagas, de 20 anos, foi morto a tiros por volta das 11 horas desta quarta-feira (Foto: Michel Dantas/Agência Miséria)
O jovem José Wagner da Silva Chagas, de 20 anos, que residia na Rua Beata Maria de Araújo (João Cabral), foi morto a tiros por volta das 11 horas desta quarta-feira em Juazeiro do Norte. Ele trafegava em sua moto Yamaha Factor YBR de cor roxa e placas OSF-7443, inscrição do Ceará, no sentido Juazeiro/Barbalha quando foi surpreendido com disparos de revólver.

O crime aconteceu na Avenida Leão Sampaio bem em frente a AABB (Associação Atlética Banco do Brasil), onde a vítima perdeu o equilíbrio da moto e atravessou o canteiro central após ser atingido à altura dos pulmões, caindo do outro lado da pista. Mesmo agonizando, ele ainda tentava sacar um revólver calibre 38 que conduzia na cintura para revidar os disparos.

Revólver encontrado na cintura de José Wagner
Além da arma, Wagner tinha no bolso R$ 220,00 em dinheiro e respondia por crimes de roubo e porte ilegal de arma de fogo. Foi o sétimo homicídio do mês de julho e o 72º do ano em Juazeiro. Coincidentemente, no último dia 9 de julho, um mototaxista que trafegava pela Avenida Leão Sampaio e chegava ao Hospital Santo Inácio foi morto a tiros. Até agora o assassinato de José dos Santos Felipe, de 50 anos, jamais foi esclarecido.

Por outro lado, o jovem assassinado hoje tinha sido preso pela primeira vez quando tinha apenas 18 anos. No dia 30 de maio, José Wagner e um comparsa de nome Sebastião Barbosa da Silva Júnior, de 27 anos, praticaram um assalto contra a empresa Piscina & Companhia que funciona em Crato. O primeiro foi preso em sua casa na época à Rua Manoel Nobre (Bairro Jardim Gonzaga), mas seu colega residente na Rua Arnóbio Bacelar Caneca conseguiu fugir.

José Wagner, no dia que foi preso após praticar um assalto

Na época, os dois levaram do estabelecimento um notebook, uma câmera fotográfica digital, dois celulares, um modem e mais R$ 1.050,00. Após o assalto, a dupla deixou a dona da loja e a funcionária presas em uma sala e toda ação foi registrada pelas câmeras de segurança o que ajudou na identificação. Na casa de Wagner a polícia encontrou oito cartuchos calibre 38, câmera roubada, as chaves da loja e R$ 150,00.
Compartilhe esta notícia :

ÚLTIMAS VISITAS

WHATSAPP CZAGORA

WHATSAPP CZAGORA

Seguidores

TV DIÁRIO DO SERTÃO

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Cz Agora - Todos os Direitos Reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger