segunda-feira, 3 de junho de 2013

Trio é preso por roubar mais de R$ 1 milhão de bancos na Paraíba

Assessoria



Polícia prende assaltantes em "Operação Arapuca"


A Polícia Civil desarticulou uma quadrilha especializada acusada de assaltos a bancos na Paraíba neste final de semana. Eles são acusados de roubarem mais de R$ um milhão dos caixas eletrônicos. A apresentação do grupo aconteceu na Central de Polícia, em João Pessoa, nesta segunda-feira (3).

De acordo com o gerente executivo da Polícia Civil da região metropolitana de João Pessoa, Wagner Dorta, foram presos durante a “Operação Arapuca”, no bairro de Mangabeira e Valentina, os acusados: Luciano Barroso de Albuquerque, 36 anos, conhecido como Lú da Torre, que é apontado como o articulador da quadrilha. Marta Rilva Rodrigues da Costa Neto, 22 anos e Douglas Felipe Santos da Silva, 23 anos.

A mulher será encaminhada para Colônia Penal Feminina Bom Pastor e os dois acusados para um presídio na Capital. Além disso, vários materiais utilizados nas explosões das agências foram apreendidos, tais como, dinamites, maçaricos, pé de cabra e serrotes.


Foto: Da esqueda para direita, Luciano Barroso (articulador), Douglas Felipe e Marta Rilva

Créditos: Assessoria

Wagner Dorta durante coletiva de imprensa informou que o serviço de inteligente da Secretaria de Administração Penitenciária detectou uma residência localizada no bairro de Mangabeira VI, onde estava escondido um grupo de assaltantes. De quarta-feira (29) até sábado (1º), policiais acamparam próximo a residência e conseguiram deter em flagrante três acusados. Os assaltos mais recentes praticados por eles foram uma agência do Banco do Brasil, no Bessa Shopping no dia 25 de maio e a uma agência bancária em Jacaraú.

O delegado Wagner Dorta, informou que o bando estava planejando um ataque a um grande shopping de João Pessoa.A “Operação Arapuca” faz alusão a armadilha utilizadas pelos caçadores para apanhar pássaros.


Portal Correio
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial