sábado, 29 de junho de 2013

PF faz a maior apreensão de pasta base de cocaína do ano em Pernambuco


A droga estava escondida em três veículos que teriam saído da cidade de Foz do Iguaçu/PR com destino à capital pernambucana
Fotos: Divulgação/Polícia Federal


Uma operação da Polícia Federal na última sexta-feira (28) no Agreste de Pernambuco resultou na apreensão de 65kg de pasta base de cocaína e na prisão de dois homens. Essa foi a maior apreensão de pasta base de cocaína feita no Estado este ano.

Após receber a informação de que três veículos (um Chevrolet Ônix de placa AWX-0164, um Renault Logan de placa AQM-7441 e um Volkswagen Amarok de placa PGI 1958) teriam saído da cidade de Foz do Iguaçu/PR com destino à capital pernambucana trazendo em seu interior uma grande quantidade de material entorpecente, quatro equipes de policiais federais se dirigiram para os principais pontos de entrada do agreste pernambucano para localizar e abordar os veículos suspeitos.


Parte da droga estava escondida no tanques de combustível dos carros

De acordo com a PF, os três veículos foram localizados próximo ao município de Canhotinho. Os policiais montaram uma barreira e pediram para que os motoristas diminuíssem a velocidade. Porém, um dos ocupantes dos veículos reagiu e atirou contra a polícia. Houve troca de tiros e perseguição policial.

O motorista do Chevrolet Ônix, Thiago de Paula Silva, de 27 anos, quando se viu cercado, decidiu se entregar. Já o condutor do Renault Logan, Lucas Albetro Freitas Hoffmannn, 18 anos, perdeu o controle do seu veículo e capotou, sendo preso em seguida. Lucas saiu ileso do acidente. O terceiro veículo, o Volkswagen Amarok, foi localizado pelos policiais abandonado em um terreno de Canhotinho.


Além da droga e dos três veículos, também foram apreendidos seis aparelhos de celulares, três chips, um GPS, um Notebook e um modem 3G.


Na delegacia, Lucas e Thiago, que não possuem antecedentes criminais, contaram que foram contratados em Foz do Iguaçu por uma pessoa de nome não revelado para transportar a droga até o Recife e para isso receberiam a quantia de R$ 5 mil. Eles irão responder por tráfico interestadual de entorpecentes e associação para o tráfico, além de desobediência e resistência à prisão e tentativa de homicídio e, caso sejam condenados, poderão pegar penas que somadas ultrapassam os 30 anos de prisão.

Segundo a polícia, a droga provalvelmente é oriunda da Bolívia ou do Paraguai.

BALANÇO - Em 2013, a PF já conseguiu apreender em Pernambuco 1.931 Kg de maconha e 133 kg de pasta base de cocaína, 3,7 kg de cocaína e prendeu 27 pessoas, sendo 19 homens, quatro mulheres e quatro menores.


Do NE10
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial