Gata é capturada levando celulares para presídio

quinta-feira, 13 de junho de 20130 comentários


Gata é encontrada transportando celulares para penitenciária de SP7 fotos5 / 7


Agentes de segurança da Penitenciária "Osiris Souza e Silva" de Getulina (a 460 km de São Paulo) encontraram na terça-feira (11) uma gata utilizada pelos presidiários para transportar três aparelhos celulares, presos junto ao corpo com fita adesiva. Ao ser encontrado, o animal andava com dificuldades por causa do peso dos aparelhos. A direção da unidade já investigava uma denúncia de que presos tentavam burlar a vigilância com o uso de animais domésticos Divulgação/Secretaria de Administração Penitenciária

Araçatuba - A secretaria estadual de Administração Penitenciária (SAP) divulgou fotos de uma gatinha com três celulares presos ao corpo, capturada na noite de terça-feira, 11, por agentes da penitenciária Osíris Souza e Silva, de Getulina, no interior de São Paulo. A gata era usada para levar os aparelhos aos detentos, no interior do presídio. Ela se aproximava de uma das entradas da unidade, caminhando com dificuldades devido ao peso dos aparelhos, quando foi vista por agentes, que conseguiram atraí-la oferecendo alimentos e puderam capturá-la.

De acordo com a SAP, a direção do presídio já investigava denúncia de que detentos iriam usar animais domésticos para introduzir celulares na unidades. Segundo a secretaria, esta é a primeira vez que um gato é usado para infiltrar celulares em penitenciárias do Estado de São Paulo. No ano passado, os agentes da Penitenciária de Pirajuí, cidade próxima de Getulina, capturaram dois pombos com celulares dentro de pequenas mochilas presas no corpo das aves.

Um procedimento administrativo foi aberto pela administração do presídio para apurar se algum preso tem ligação com o uso do animal para este fim.
Túnel

Em Sorocaba, agentes da penitenciária Danilo Pinheiro, localizaram um túnel de 1,5 metro aberto numa cela em que estavam detidos 12 homens. A tentativa de fuga foi denunciada por um telefonema anônimo. O buraco tinha 31 centímetros de diâmetro. Na mesma cela, os agentes também apreenderam oito barras de ferro, cinco metros de fio elétrico, holofote e facas de chapas de aço. Os detentos foram transferidos de cela. A tentativa acontece no momento em que o presídio enfrenta a superlotado, com 150% mais presos que sua capacidade. Nos últimos dias, dois detentos foram encontrados mortos no interior da unidade.


Compartilhe esta notícia :

ÚLTIMAS VISITAS

WHATSAPP CZAGORA

WHATSAPP CZAGORA

Seguidores

TV DIÁRIO DO SERTÃO

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Cz Agora - Todos os Direitos Reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger