quinta-feira, 2 de maio de 2013

Em assembléia, Associação Cajazeirense dos Profissionais de Imprensa (ACAPI), decide por compra de terreno para sócios


A segunda reunião realizada no inicio da tarde do último sábado (27), da Associação Cajazeirense dos Profissionais de Imprensa (ACAPI), trouxe como ordem do dia: leitura de ata, exposição de registro do Estatuto da Entidade, emissão de CNPJ, apresentação da carteirinha para aprovação dos presentes, Nota Fiscal Eletrônica, locação de uma sala para o escritório da (ACAPI) e aquisição de um terreno para os associados.

Abertos os trabalhos, o presidente da Entidade, radialista Aristênio Marques informou toda ordem do dia e facultou à palavra. Para o diagramador de revistas e jornais e web designer Aristótales Alves, o valor de 4% de um salário mínimo referente às contribuições a serem repassadas à ACAPI são justos, porém, que fossem feitos os pagamentos com datas flexíveis para os sócios. Ainda de acordo com a maioria dos presentes, os convênios, que a associação venha celebrar com clinicas médicas, farmácias e, outros setores do comércio de serviço possam beneficiar sócios e dependentes.

Diante ás discussões, a aquisição de um terreno localizado na Zona Norte da cidade, foi o assunto mais debatido e, de acordo com a maioria dos presentes, uma reunião Extra-Ordinária, fora agendada para o próximo sábado (4), ás 19 horas na Câmara Municipal, com um número superior de sócios, para firmar as decisões da reunião acima mencionada.

O associado Francisco Diassis Gomes “Chico do Rádio”, sugeriu que o Dia da Imprensa fosse lembrado pela classe de profissionais da cidade de Cajazeiras e, que os mesmos possam fazer menção em alusão à data comemorativa. Sobre a locação de uma sala para o escritório e emissão de NFE, os associados acharam por bem discutir o assunto na reunião do final de mês de maio.



Assessoria – ACAPI
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário