sexta-feira, 19 de abril de 2013

Solidariedade; Família precisa de ajuda para conseguir tratamento para jovem tetraplégico



O Jovem Francisco é tetraplégico


Há alguns meses, o jovem Francisco das Chagas Nunes, 22 anos, residente na cidade de Luís Gomes, no vizinho estado do Rio Grande do Norte rancisco sofreu um acidente que o deixou tetraplégico. O rapaz vive com seus pais, Antônio e Cláudia, em uma residência humilde, e é totalmente dependente de terceiros para fazer atividades simples como virar-se na cama, comer, beber ou realizar suas necessidades fisiológicas.

O fato de Francisco depender de alguém para se mexer faz com que ele fique muito tempo na mesma posição, o que provoca ferimentos em várias partes do corpo. A pouca resistência da pele favorece o aparecimento de feridas que atingem principalmente cotovelo, cintura, costas e nádegas. Os ossos do quadril e fêmur estão deslocados, o que exige o máximo de cuidado quando é necessário virá-lo ou colocá-lo na cadeira de rodas. Ele também possui baixa imunidade, que o expõe a contração de doenças com maior facilidade.

A renda da casa se resume ao ganho do pai, que trabalho como pedreiro, e ao salário mínimo da aposentadoria de Francisco, que é insuficiente para arcar com a enorme despesa com medicamentos, material de higiene pessoal, roupas de cama e outros itens.

Como ajudar?
Vizinhos, familiares e amigos resolveram lançar uma campanha para arrecadar fundos e amenizar o sofrimento de Francisco. Saiba como ajudar:

Doações em Dinheiro podem ser depositadas na CAIXA ECONÔMICA – Agência: 0763 / Conta Poupança: 0030576-7 / Favorecida: Cláudia Leite Nunes.

Doações de Materiais (lista no final) deverão ser enviadas diretamente à residência de Francisco, na Rua José Aquino de Lacerda, Nº 47 - Centro – Luís Gomes/RN – CEP 59940-00.

Lista de medicamentos e outros materias
Pomada Lidocaína; Fraudas Geriátrica - Tam GG
Pomada Papaína a 2%; Algodão
Pomada Colagenase; Gases
Rifocina; Lençóis
Colchão caixa de ovo; Travesseiros
Fitas Cirúrgicas Antialérgicas; Álcool 70%
Sondas Uretrais Nº 12; Lenços humedecidos

Também é necessário apoio de profissionais: fisioterapeuta para o tratamento na melhoria dos movimentos das mãos; ortopedista para analisar o deslocamento do fêmur e um médico que possa ver a possibilidade da realização de enxerto nos locais dos ferimentos.

Optamos em não publicar de forma aberta as fotos dos ferimentos por se tratar de imagens fortes. Porém, as pessoas que se acharem preparadas para vê-las podem ter acesso às mesmas clicando aqui.

Caso você queira saber mais informações sobre este caso entre em contato através do telefone (84) 9610-9271 com a Sra. Cláudia (mãe). Se você não puder ajudar, compartilhe essa campanha, faça chegar aos ouvidos de nossos representantes que podem fazer mais do que nós.

CzAgora com informações de Luís Gomes em Dia
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário