Governo autoriza construção de 3.705 casas na Paraíba

terça-feira, 16 de abril de 20130 comentários

Angélica NunesKleide Teixeira


Ordem de serviço foi assinada nesta segunda-feira (15) pelo governador; investimentos chegam a R$ 92,6 milhões

O governador Ricardo Coutinho assinou ontem mais uma ordem de serviço para a construção de casas na Paraíba. Ao todo, serão 3.705 novas unidades habitacionais, que devem beneficiar 14,8 mil pessoas em 103 municípios paraibanos com menos de 50 mil habitantes. As moradias devem ser construídas, em parte através da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap) e por meio de assinatura de termo de cooperação técnica com bancos privados. O total de investimento chega a R$ 92,6 milhões.

Durante a solenidade, realizada no Palácio da Redenção, o governador revelou a deficiência do governo do Estado para conduzir o programa de habitação na Paraíba. Ricardo disse que há mais de um ano a Cehap não está entregando unidades habitacionais no Estado.

“Há uma retomada importante da Cehap. Vocês sabem tanto quanto eu o tempo em que a Cehap ficou sem entregar uma unidade habitacional. Saímos dessa situação que estava presente para poder chegar, o que é muito alvissareiro, a um patamar de 4.600 casas mais ou menos concluídas, 12 mil em construção e mais 9 a 10 mil para financiar, que ou estão sendo contratadas ou estão sendo financiadas”, ponderou.

A novidade é que a Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap) agora voltou a ser agente financeiro. O órgão recebeu do Governo Federal R$ 36,6 milhões para construir 1.465 casas populares em 42 municípios do Brejo, Sertão, Cariri, Curimataú e Litoral. “É assumir a questão da política habitacional, ao mesmo tempo em que repassamos também. Essa política é essencial e nos enche de orgulho”, afirmou Ricardo Coutinho.

Parceria com projeto federal

Os recursos são do programa federal 'Minha Casa, Minha Vida', dentro da parceria com a política nacional de habitação. Os investimentos totais nessa área já chegam a R$ 845 milhões.

Já outros 61 municípios serão beneficiados com a assinatura de termo de cooperação técnica com os bancos Economisa, Bic Banco, Banco Paulista, Luso e Tricury, com investimentos de R$ 56 milhões, para construção de outras 2.240 casas. Conforme explicou a presidente da Cehap, Emília Correia Lima, a construção de cada casa terá um custo individual de R$ 25 mil. A construção das moradias dependerá de adesão das prefeituras municipais com a doação dos terrenos.

Emília Correia Lima disse que o processo de seleção para os beneficiados está sendo realizado através do 'Programa Minha Casa, Minha Vida', do Ministério das Cidades. “Já contamos com 26 mil unidades habitacionais em andamento, sendo que 12 mil já em fase de construção e outras 14 mil com ordens de serviços assinadas ou em processo de licitação. Nossa meta é construirmos um total de 40 mil casas até o final de 2014”, ressaltou.

O presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Rubens Germano, disse que esse esforço do governo do Estado em interiorizar as ações também na área habitacional facilita as gestões municipais no campo social.

O prefeito de Juru, Luiz Galvão, representou os gestores presentes e afirmou que a moradia é uma das grandes demandas nas cidades.
Compartilhe esta notícia :

Postar um comentário

ÚLTIMAS VISITAS

WHATSAPP CZAGORA

WHATSAPP CZAGORA

Seguidores

TV DIÁRIO DO SERTÃO

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Cz Agora - Todos os Direitos Reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger