domingo, 10 de março de 2013

Motorista que atropelou ciclista em SP teria jogado braço da vítima em córrego


J. Duran Machfee/Futura Press

Após acidente na avenida Paulista, a bicicleta ficou retorcida e o ciclista perdeu o braço

O motorista que atropelou um ciclista na avenida Paulista, região central de São Paulo, na manhã deste domingo (10), fugiu do local do acidente levando preso ao veículo o braço da vítima, segundo informações da Polícia Civil creditadas à Polícia Militar.

Posteriormente, ele teria jogado o membro no córrego da rua Ricardo Jafet, na zona sul da cidade. O acidente aconteceu na altura da estação brigadeiro do metrô, na faixa sentido Paraíso da avenida Paulista.

A Polícia Militar informou que o homem não prestou socorro à vítima. "A PM nos disse que o atropelador se apresentou na base do 3º batalhão da PM, na Saúde. Os policiais refizeram o caminho com ele para ver se achavam o braço, e aí ele teria dito que jogou no córrego", informou Eduardo Belmiro, investigador da Polícia Civil.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o ciclista foi levado ao pronto-socorro do HC (Hospital das Clínicas). A assessoria de imprensa do hospital identificou o ciclista como David Santos de Souza. Ele está consciente e seu estado é considerado "estável".

De acordo com o investigador Belmiro, os médicos do HC informaram que o braço da vítima poderia ter sido reimplantado caso fosse encontrado.

Ciclista perde um dos braços após ser atropelado na avenida Paulista, em SP18 fotos18 / 18
Ciclistas se reúnem para protesto na tarde deste domingo (10) em frente ao 78º Distrito Policial, no Jardins, em São Paulo, para onde o motorista responsável pelo atropelamento foi levado neste domingo (10). A vítima teve o braço amputado no acidente e foi encaminhada para o Hospital das Clínicas



Cris Faga/Fox Press Photo/Estadão Conteúdo
Ciclofaixa

O acidente ocorreu por volta das 5h30, horário em que a ciclofaixa de lazer da avenida ainda está desativada --o horário de funcionamento da faixa exclusiva para ciclistas é das 7h às 16h, aos domingos e feriados.
Protesto

Na noite de sábado (9), a avenida Paulista foi palco do protesto "Naked Bike Ride" (passeio de bicicleta pelado), no qual dezenas de manifestantes nus pedalaram pela via reivindicando mais respeito pelos direitos dos ciclistas.




Do UOL, em São Paulo
(Com Estadão Conteúdo)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário