quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Assaltante preso em flagrante é reconhecido por mulheres vítimas de estupros e espancado até sangrar

Assaltante foi espancado pela população



O assaltante Germano de Assis Silva, 27 anos, foi espancado por populares por volta das 23h desta terça-feira (26), após ser detido em flagrante dentro de uma residência que havia invadido no bairro de Bodocongó em Campina Grande.

Após a prisão, Germano foi reconhecido por várias mulheres do bairro, como suspeito de tê-las estuprado nos últimos 30 dias. Revoltados com o assaltante, moradores o espancaram até que dezenas de policiais militares integrantes do 2º Batalhão da Polícia Militar conseguiram intervir e salvá-lo da morte.

De acordo com informações confirmadas pelo tenente coronel Souza Neto – integrante do 2º BPM – o assaltante entrou na residência para roubar uma família, no entanto, após rápida ação da polícia, ele foi detido e teve sua arma apreendia.
“A notícia da prisão se espalhou pelo bairro e quando ele foi reconhecido pelas vítimas, começou o tumultuo na tentativa de tirá-lo da guarda policial”, ressaltou o comandante.

Para conter a revolta popular, foi necessário o uso de gás lacrimogêneo: “Se não tivéssemos contido as pessoas, ele poderia estar morto agora”, concluiu Souza Neto.

Sangrando e com hematomas por todo o corpo, Germano de Assis foi encaminhado à Central de Polícia. As mulheres que acusaram o assaltante de estupro seguem para a Delegacia onde devem prestar queixa.

Portal Correio
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário